Medjugorie e o Gospa dos mentirosos: dúvidas razoáveis ​​sobre as aparições e videntes auto-denominados

- notícias Church -

MEDJUGORJE E LA SENHORA DEI BUGIARDI: DÚVIDAS RAZOÁVEIS SOBRE AS APARIÇÕES E OS VIDROS SEEDICENTES

.

«Não é digno dos" videntes " fazer, como eles fizeram desde os primeiros dias das "aparições", pronunciamentos muito perturbadores, que não correspondem à verdade, mas enganam os fiéis " [do relatório de Ratko Perić, Vescovo di Mostar-Duvno, Maio 2017].

.

Autor
Ariel S. Levi Gualdo

.

.

.

CONFERÊNCIA DE VÍDEO LIGADA “MEDJUGORJE PHENOMENON”

Canal da ilha de Patmos

ÁUDIO MP3 SOMENTE SEM VÍDEO

 

.

Formato de imprensa em videoconferência em PDF
.

.

.

.

enquanto conhecimento que nada vale documentos e evidências para aqueles que escolheram entrar no fideísmo e rejeitar quaisquer dados reais; mesmo sabendo que o fideísta usa a arma de defesa dos sofismas e a falsificação de fatos, no final deste artigo, relatarei uma parte do relatório da S.E. Mons. Ratko Perić, Bispo da Diocese de Mostar-Duvno, sob cuja jurisdição está localizada a Paróquia de São Tiago de Medjugorje. Será o próprio bispo quem explicará como os videntes autodenominados mentiram desde o início da história, manipulou os textos e continuou a mentir ao longo do tempo.

.

Durante duas diferentes transmissões de Em linha reta e reverso transmitido na Rete4 e conduzido pelo amigo Paolo Del Debbio, o jornalista Paolo Brosio, que vagueia há anos programa de entrevista falar de sua conversão em minha opinião questionável - e digo questionável porque uma conversão produz fé, não lança o pseudo convertido em fideísmo emocional, em fanatismo e em o negócio [ver artigo anterior, Quem] ―, repetidamente pressionado por mim, ele chegou ao fim de declarar que o então bispo da diocese de Mostar-Duvno, S.E.. Mons. Pavao Žanić, ele era um homem conspirado com os serviços secretos do antigo regime comunista da antiga Iugoslávia [episódio de 5 Março Quem a cada minuto 02:09:45]. Essas calúnias pronunciadas naquele contexto televisivo por um sujeito que presume defender a autenticidade de supostas aparições da Madona de bispos e padres que ousam duvidar da autenticidade desse complexo e, às vezes, de um fenômeno perturbador, já foram publicados anteriormente por Paolo Brosio em um de seus livros por 2011, graças à cumplicidade mentirosa da pseudo-vidente Marija Pavlović. Logo após, o Brosio e o Pavlovic, foram prontamente negados pela diocese de Mostar-Duvno [ver texto em italiano, Quem].

.

Após a transmissão do 5 Março, Confrades da Bósnia que acompanham nossa revista há anos, dois dos quais padres consagrados pelo falecido bispo, famoso por Paolo Brosio, eles me pediram para defender a memória deste "homem autêntico e santo de Deus, profundamente dedicado à bem-aventurada Virgem Maria, fiel servo da Igreja e da verdade ". Então eles me enviaram documentos ricos sobre o caso agora incontrolável de Medjugorje, em que está provado como os videntes com estilo próprio mentiram imediata e várias vezes. Após esta introdução de natureza principalmente histórica, Vou deixar a palavra para S.E. Mons. Ratko Perić, dos quais relatei a parte final de um relatório recente que remonta a 2017.

.

Quem me lê e conhece meus escritos, você sabe o quanto eu tenho sido severa com as autoridades eclesiásticas, não hesite em acusá-los, se necessário, de um espírito desconhecido, em algumas circunstâncias, até covardia. Mas, à luz desta história, os fatos e eventos históricos trágicos me levam a dizer que a Igreja, com o caso de Medjugorje, encontrou-se gerenciando o incontrolável. Então não é só isso, tem alguma justificativa, por causa de justificativas razoáveis, tem muitos. No entanto, essas são justificativas de 2001 eles já expiraram, como agora tentaremos resumir com algumas "pílulas" da história dos Balcãs ...

.

... naquela região dos Balcãs sempre houve sérios problemas entre os Frades Menores Franciscanos, os bispos diocesanos e o clero secular do lugar; problemas que têm suas raízes na história. Sem entrar neste discurso, seria necessário um tratamento histórico separado, basta dizer que os Frades Franciscanos Menores dessa região, eles não apenas se rebelaram repetidamente contra os bispos e seus superiores religiosos, porque, quando a Santa Sé interveio em várias ocasiões, eles não hesitaram em reiterar sua rebelião. Tanto é assim que, em várias ocasiões, a Santa Sé foi forçada a impor excomunhões e a "reduzir ao estado laico" vários religiosos obstinados em sua desobediência. Por último, em série, para ser excomungado por heresia e cisma e depois descarregado do estado clerical em 2012, foi o frei franciscano menor Tomislav Vlašić, que a partir de 1981 ao 1984 foi vice-pároco da paróquia de São Tiago de Medjugorje, exercendo uma forte influência sobre os então jovens videntes autodenominados. Várias vezes o senhora, nas mensagens dadas durante as supostas aparições, teria apoiado e abençoado o trabalho deste religioso em oposição ao Bispo da Diocese, ampliando sua qualidade e dotando-a através da pseudo-vidente Marija Pavlović. Uma coisa é indubitável: hoje resta esclarecer como, a autêntica Virgem Maria, ele poderia ter apoiado e apoiado o trabalho de um padre franciscano culpado de vários crimes: da desobediência à manipulação de pessoas, da violação do voto de castidade ao tráfico econômico em violação do voto de pobreza.

.

Esta difícil situação de gestão faz parte de uma estrutura sócio-política que chamar de terrível é um eufemismo. De fato, as supostas aparições da Madonna, ligar no idioma local senhora, eles começam em junho 1981, sob o regime comunista da Jugoslávia, apenas um ano após a morte de Josif Broz, conhecido como marechal Tito. Qualquer tipo de intervenção da Santa Sé em uma questão interna naquele país, embora de natureza puramente religiosa, poderia ter criado tensões com possíveis implicações completamente imprevisíveis, que poderia ter sido usado como pretexto pelo regime, com quem sabe quais implicações e consequências. Nos anos que se seguiram, os diferentes grupos étnicos dessa área geográfica, mantido por longos anos à distância pelo punho de ferro do marechal Tito sob uma ditadura comunista, após sua morte, começaram a começar um fermento crescente, atingindo o clímax da tragédia entre o 1991 e 2001 com a sangrenta guerra dos Balcãs.

.

Lembramos aqueles que não tinham memória histórica que as atrocidades consumidas nesses territórios eram tão hediondas que, A imprensa e as televisões internacionais não conseguiram documentar imagens de violência tão inéditas quanto horríveis com fotos e vídeos. A da ex-Iugoslávia logo assumiu as características de uma guerra de "limpeza étnica" com o extermínio em massa de civis, independentemente das mulheres, Crianças e idosos. A violência quase sempre foi caracterizada por um ódio que levou os torturadores a torturar e torturar as vítimas com sadismo cruel. Primeiro sob um regime comunista rumo ao colapso gradual, depois com o início de uma guerra fratricida na década que se seguiu, como poderia a Igreja intervir no fenômeno Medjugorje?

.

... e assim foi começo do fenômeno quando a Igreja poderia começar a estudá-lo para tentar de alguma forma intervir, Vinte anos se passaram, enquanto os pseudo-videntes espalham as mensagens recebidas das aparições do senhora, que, desde o início do evento até hoje, estima-se que eles estejam por aí 40.000.

.

Em 2001, a guerra dos Balcãs terminou, a Santa Sé não se deu ao trabalho de intervir, enquanto o fenômeno assumia proporções cada vez maiores e agora envolvia milhões de fiéis espalhados pelo mundo. Isso também se deve ao trabalho muito questionável de rádio Maria que, na negligência omissiva da Autoridade Eclesiástica, há anos, já apresentava o fenômeno como autêntico através da voz do padre Livio Fanzaga, que não apenas espalham as mensagens de senhora, muito pior: ele os usou - e ainda os usa - como material para catequese. Assim, sem que a Igreja proferisse sequer um leve gemido, Padre Livio Fanzaga, dos microfones de uma estação católica seguida por milhões de ouvintes, espalhou o culto de uma religião totalmente nova: religião senhores-medjugoriana. Apenas em 2010, Passei quase trinta anos, um fenômeno agora fora de controle, o suave pontífice Bento XVI decidiu encomendar uma comissão de estudos, Confiando a Presidência ao Cardeal Camillo Ruini.

.

Após quatro anos de trabalho, em 2014 a Comissão entrega o seu relatório final escrito em estilo de compromisso newspeak a Congregação para a Doutrina da Fé, que em resposta quebra em pedaços, não deixar de reclamar que o texto é "aproximado e acolhedor", não livre de "imprecisões", mas, acima de tudo, ele não levou em conta a "história complexa desses territórios" e "a opinião dos bispos locais". Antes disso contra o relacionamento, o Sumo Pontífice está certamente em uma situação de evidente embaraço. E talvez não queira culpar a Comissão do Cardeal Camillo Ruini e raciocinar com a Congregação para a Doutrina da Fé ou vice-versa, instrui uma terceira comissão formada por teólogos de confiança a examinar o relatório da Comissão e o contra-relatório da Congregação para a Doutrina da Fé que literalmente a destruíram. Dessa maneira, o Sumo Pontífice tenta salvar o trabalho incompleto dirigido pelo cardeal Camillo Ruini e, ao mesmo tempo, salvar o da Congregação para a Doutrina da Fé, de seu prefeito e dos estudiosos que examinaram e depois rejeitaram o relatório desta Comissão. E assim, salvo como o ditado vai cabra e couve, Sumo Pontífice, dez anos se passaram desde a designação dada por seu predecessor supremo a uma comissão de estudos, teve o cuidado de não dar nenhuma resposta oficial sobre a autenticidade ou não do fenômeno Medjugorje. Estes são os fatos comprovados e documentados, todo o resto são apenas interpretações ou conversa livre.

.

Tendo ilustrado tudo, deixe-me passar agora um exemplo pertinente: se eu fosse o prefeito da congregação para a doutrina da fé, perante o Sumo Pontífice que, após a opinião do dicastério competente, presidiu por mim, havia nomeado um grupo de teólogos de sua confiança para verificar se, por acaso, ele não havia exagerado em dar uma opinião ao trabalho daquela Comissão de Estudo, em resposta, eu teria renunciado ao cargo, não deixando de dizer ao Sumo Pontífice: “Se Vossa Santidade acredita que as opiniões desta Congregação chamaram até recentemente o supremo, deve ser examinado e julgado por outros, Não tenho motivos para ficar no meu lugar, mas, acima de tudo, é esse mesmo dicastério que não tem mais razão para existir. Portanto, implorando sua Bênção Apostólica, Dou-lhe a minha carta de demissão”… Basta dizer,: a Igreja está agora em total abandono, precisamente porque não há mais homens em lugares de destaque que raciocinem e que ajam de maneira decisiva e viril dessa maneira.

.

O elemento "comprometer" e "acomodar" típico de um assunto navegado na política como o cardeal Camillo Ruini, era especular que as sete primeiras aparições poderiam ser verdadeiras, no entanto, nem todas as mensagens de dados subsequentes e relacionadas. Escusado será dizer que: uma escolha de compromisso político, numa questão de doutrina e fé que investe tão delicadamente a esfera da Mariologia, não só ele é infeliz, porque, acima de tudo, parece levar em consideração apenas 1981 a seguir, todos os bispos daquela região eclesiástica sempre se expressaram, decisivamente e por unanimidade, contra a sobrenaturalidade do evento, documentando que os videntes com estilo próprio mentiram repetidamente desde o início. E pelo cardeal Camillo Ruini, dos bispos que conheciam o regime comunista, que muitas vezes foram submetidos a horas de interrogatórios e ameaças humilhantes em postos policiais, que viveram a guerra, que arriscaram suas vidas e viram seu povo exterminado como matança, eles teriam merecido todo o respeito devido a testemunhas autênticas da fé.

.

Quando o processo da Comissão presidido pelo cardeal Camillo Ruini, foi publicado anos depois em 2019 por dois jornalistas, Saverio Gaeta e David Murgia, aqueles que de uma maneira completamente inadequada eu renomei como eu Medjugoriani fanático, eles começaram a extrapolar o que nunca foi escrito nesse texto, por exemplo, divulgando as falsas notícias de que a Igreja aprovou as sete primeiras aparições; notícias absolutamente falsas, mas considerado por eles absolutamente autêntico.

.

inutilmente, com meus escritos articulados publicados em mídia social Eu tentei negar tudo, esclarecendo que o relatório de uma comissão de estudos não é um ato oficial de reconhecimento e que a Igreja nunca se pronunciou sobre a autenticidade das aparições. Expliquei também que as numerosas e ampliadas conversões que ocorreram lá, considerado por muitos como uma prova irrefutável da autenticidade do fenômeno, eles não são prova de nada, porque tem sempre, A graça de Deus, para recuperar uma alma, ele pode usar as situações e lugares mais impensáveis, mesmo em lugares onde os piores pecados são cometidos. Então imagine se a graça de Deus, recuperar almas perdidas, ele não usa um lugar como Medjugorje, onde muitas pessoas vão sinceras e dedicadas a orar. De fato, não é necessário começar pela autenticidade de eventos específicos, porque a manifestação do divino através das aparições não é de forma alguma um requisito necessário, nem muito menos necessário, cultivar uma verdadeira e autêntica devoção mariana. E ainda, para fanatic medjugoriani, não se pode realmente entender esses dados elementares, que não estão relacionados a opiniões vagas de mim mesmo ou de outros padres e teólogos, mas que constituem os verdadeiros pilares fundamentais do depósito de nossa fé.

.

Minhas explicações razoáveis com base em critérios históricos, teológico e lógico, certamente não sobre aversões a Medjugorje, que eu não tenho, eles logo entraram em choque com um grande número de pessoas que responderam com agressões e insultos, cego a toda chamada e convite à razoabilidade. Tudo isso me levou a tocar outra realidade trágica: em torno do fenômeno de Medjugorje, há também uma forma de fideísmo fanático que envolve um grande número de pessoas, que não representam grupos pequenos e isolados, ou assim chamado “casos limítrofes”, mas infelizmente eles representam grandes grupos de pessoas. Muitas dessas pessoas não têm a percepção dos elementos básicos da fé católica, porque o fenômeno Medjugorje, neles não produz fé, mas fideísmo, não produz devoção, mas devoção fanática que se torna até insolente, insultuoso e agressivo com quem se atreve a questionar seu ídolo para certas pessoas. Isso sem prejudicar o fato de que, como foi especificado desde o início e repito novamente: muitas pessoas que visitam Medjugorje se converteram e mudaram suas vidas, tudo através da graça de Deus, não pela autenticidade das aparições e pelas mensagens banais e repetitivas dadas por três décadas por senhora. Mensagens definidas como "banais e repetitivas" pela própria Comissão presidida pelo cardeal Camillo Ruini que, além do "estilo de acomodação" adotado, não pôde deixar de subscrever três dados básicos: a banalidade das mensagens, a relação ambígua com dinheiro pelos supostos videntes, sua pobre formação espiritual e sua busca por protagonismo. A Comissão umele também adverte que alguns dos pseudo-videntes também mentiram várias vezes, em particular, ele indica um que ele define como "o menos confiável". Obviamente, nenhum desses conteúdos diminui o mínimo fanatic medjugoriani, para os quais há apenas um dado: "A Igreja reconheceu as sete primeiras aparições". Mas, como repito, é um fato absolutamente falso: primeiro, porque uma comissão consultiva não tem poder para reconhecer a sobrenaturalidade do evento de forma alguma; segundo, porque a Igreja nunca emitiu nenhum pronunciamento até o momento.

.

Eu fanatic medjugoriani eles vivem de boatos, boatos e lendas autênticas que, graças a mídias sociais são espalhados por muitos sites e blogs criados principalmente por pessoas que especulam sobre o fenômeno de Medjugorje também no nível financeiro. essas pessoas, de práticas que são sempre muito ignorantes de doutrina e fé, mas precisamente por esse motivo, eles são particularmente arrogantes e agressivos, para o crédulo para quem o raciocínio parece constituir um esforço desnecessário que pode ser feito sem, eles geralmente transmitem lendas sobre a devoção do Santo Pontífice João Paulo II, ou o fato de ele ter dito "aprovar o fenômeno" e "não ter dúvidas sobre a autenticidade das aparições" (!?). No entanto, essas são falsidades genuínas, embora infelizmente, tentar qualquer tipo de raciocínio ou convidar certas pessoas para o sentido crítico e analítico, sempre resultará em tempo perdido. Seria o suficiente perguntar: se como eles, eles se espalham falsamente, o Santo Pontífice havia acreditado e até aprovado esse fenômeno como autêntico, porque ele nunca o definiu oficialmente como tal em vinte e seis anos de pontificado? Mas também para isso eu fanatic medjugoriani eles fornecem uma resposta afirmando: "A Igreja nunca se pronunciou porque o fenômeno das aparições está sempre acontecendo". Que tal: feliz ignorância histórica! Pode apostar, se a Igreja pronunciou várias vezes e acima de tudo de forma negativa, diante de fenômenos sempre em progresso, esmagando-os se necessário desde o nascimento, impedindo-os de avançar e se desenvolver a ponto de causar sérios enganos e danos aos fiéis. De qualquer maneira, se, segundo a lenda, o Santo Pontífice João Paulo II estava "convencido da autenticidade das aparições", porque seu sucessor nunca encomendou uma comissão de estudos que não deu em nada, que vimos toda a obra desmantelada pela Congregação para a Doutrina da Fé, enquanto o Sucessor do Sucessor encomendou uma terceira comissão, terminou o trabalho de que a Igreja não se pronunciou sobre a autenticidade do fenômeno de Medjugorje?

.

Um pequeno exemplo para ilustrar a extensão do problema sério: por ousar falar sobre o fenômeno Medjugorje, Fiquei impressionado com centenas de mensagens ofensivas escritas por pessoas que também, na minha frente, Eu não digo que eles nunca realizariam um confronto teológico público, mas eles nem sequer conseguiram sair ilesos de um discurso baseado nos fundamentos do Catecismo da Igreja Católica. Quando, por um bom coração pastoral e para oferecer correções, tentei responder, as respostas recebidas eram de uma insolência inédita: emérito e profundamente ignorante sobre as bases mais básicas da doutrina católica, eles me convidaram para estudar e não dizer bobagem. Um ponto quel, tanto na minha qualidade de sacerdote como na minha qualidade de teólogo, Eu tive que tomar nota de que não era possível dialogar com pessoas pobres que falsificam dados históricos, que extrapolam dos documentos da Igreja ou dos discursos dos Sumos Pontífices uma frase que eles manipulam para fazer a Igreja e o Sumo Pontífice dizerem o que nunca disseram, afirmado e reconhecido. Mas, acima de tudo, não tenho nada para responder ao tipo de pessoa que ganha dinheiro organizando peregrinações a Medjugorje ou vendendo livretos devocionais desmedidos e não gramaticais que eles escreveram e publicaram.. Como discutir e responder a pessoas que, com base em calúnias gratuitas, não hesitam em manchar a memória de homens como o venerável bispo Pavao Žanić, para defender seu ídolo? E quantos eles são, entre eles, aqueles que possuem conversões incríveis e narram milagres extraordinários, eles construíram sua própria economia vendendo santini & sonhos na miragem de Medjugorje? [exemplo de: Quem].

.

Sempre naquele programa de televisão de 5 Março, para Paolo Brosio, lembrei-me da figura da tenra Maria Goretti, morreu apenas um adolescente no 1902 por uma tentativa de estupro, pronunciando com seu último anseio pela vida palavras de perdão por seu assassino, Alessandro Serenelli, qual sim, que depois se converteram seriamente! E com a mãe idosa, ela esteve presente na cerimônia em San Pietro quando a Beata Maria Goretti foi canonizada em 1950. Mas, Mamma Assunta, pobre camponesa da era Agro Pontino, de como ele viveu e como ele morreu, tanto que, em sua morte, ele providenciou a Igreja para seu enterro. E hoje, Mamma Assunta e Alessandro Serenelli, eles estão enterrados no prédio da mesma igreja: a mãe do santo e o assassino arrependido, convertido e resgatado. Pergunta: é possível que os videntes com estilo próprio de Medjugorje, que por quase quatro décadas teria aparições diárias da Virgem Maria, eles não acham nada melhor do que abrir hotéis e levar uma vida baseada no luxo? Admito com profundo pesar que, diante de tudo isso, seja verdadeiramente angustiante que a Santa Sé tenha seguido sem medo de não se pronunciar sobre a autenticidade ou não do fenômeno., quase como se nunca tivéssemos recebido um mandato de Cristo Deus para guardar e proteger seu rebanho, primeiro de tudo por falsos profetas e maus professores.

.

Exceto pessoas sinceras, dedicado e de boa fé que eu já mencionei várias vezes, incluindo aqueles que agradecem a Medjugorje todos os anos para orar, porque visitando um dia naquele lugar, eles retornaram à fé e dentro da Igreja, você quer saber de quem é formado o grande núcleo duro daqueles a quem eu não indiquei adequadamente como fiéis, mas como fanatic medjugoriani? A grande parte - e repito a grande parte, casos não esporádicos ou limítrofes - infelizmente, é formado por pessoas que procuram sensacionalismo tangível; é composto por pessoas que até ontem costumavam ir ao cartomante para ler seu tarô, ou que foram enganados por tele-barkers. E essas pessoas - que repito são muitas - mudaram apenas de objeto, passando com o mesmo espírito mágico supersticioso do cartomante para a Madonna de Medjugorj.

.

Tal fato, talvez alguém pretenda escondê-lo sob a lamentável cobertura do … crença popular do simples? Não vamos brincar. A fé popular do simples, é completamente diferente. A fé popular do simples, almas sempre amadas por Deus e criaturas privilegiadas pela bem-aventurada Virgem Maria, é o do índio mexicano Juan Diego que vai ao bispo com o tilma em que a imagem do Virgem de Guadalupe, é o de Santa Bernadete, o dos ternos filhos de pastor de Fátima, mas certamente não o dos hoteleiros videntes que se dividem entre vilas, carro de luxo e boa vida, exercendo como profissão a de fazer a Madona mais desgastada de toda a história da Igreja aparecer em todo o mundo.

.

Outra prova trazida como irrefutável: vocações sacerdotais. E neste discurso sim, que uma investigação séria e completa deve ser iniciada, porque é sabido e bem conhecido que numerosos chamados sacerdotes medjugorianos, eles também eram muito problemáticos em termos de fé e doutrina, porque chegamos ao sacerdócio após emoções frágeis. Poucos bispos mais tarde se viram tendo que lutar contra padres exaltados e incontroláveis ​​que apresentaram a Madona de Medjugorje e depois, em segundo plano, Santíssima Trindade, mas sempre em função total de senhora. Estatisticamente, o abandono do sacerdócio por esses "sacerdotes medjugorianos" sempre foi muito alto, alguns dos quais também acabaram em seitas carismáticas e grupos protestantes pentecostais. Sem mencionar as novas realidades da vida religiosa fundada em “carisma de Medjugorje”, porque os bispos das várias dioceses italianas que então se viram tendo que lutar com certos súditos e com poucos danos que trouxeram dentro de suas dioceses, eles poderiam ter muito a dizer e, acima de tudo, muito a documentar, a partir das de várias dioceses dos subúrbios de Roma.

.

Infelizmente triste realidade, é que após o trabalho de uma primeira comissão, após o contra-relatório da Congregação para a Doutrina da Fé, após o Sumo Pontífice contra qualquer forma de clericalismo encomendou um terceiro grupo de estudo, dando como acabado de explicar um tapa solene à Congregação para a Doutrina da Fé, a Igreja à prova, agora no limiar de 2021, data que marcará o quadragésimo ano desde o início das supostas aparições, nunca se pronunciou de maneira alguma. E nós, sacerdotes, do que o chamado hospital de campanha Igreja nós somos os trabalhadores das urgências, nós realmente não sabemos o que responder, toda vez que as pessoas nos perguntam sobre a autenticidade do fenômeno Medjugorje, enquanto ao mesmo tempo corremos o risco de sermos objeto dos piores defeitos dos fiéis que, convencido em vez de autenticidade absoluta, um prete “crítico” para esse fenômeno, bem que vai a guerra tentando se voltar contra ele o maior número de pessoas possível, depois de carimbá-lo: “inimigo da Madonna”.

.

Na minha humilde opinião, Eu acho que posso dizer que a Igreja hoje, neste momento de profunda crise e declínio que passa por ele, nunca pronunciará, deixando-nos em apuros, socorristas de emergência de hospital de campanha Igreja. Certain, o Sumo Pontífice, flagrante e grave flagrante de clericalismo, alguém perguntaria: a igreja clerical, é aquele que dá respostas claras e precisas, se necessário, sem medo de impopularidade e protestos em massa, ou aquilo que não assume suas responsabilidades e que permanece sempre suspenso entre dizer e não dizer, em vão tentativa, realmente impossível, para agradar a todos e não agradar a ninguém no final?

.

Somente o Sumo Pontífice Francisco I, com palavras claras e decisivas, poderia nos explicar o que ele quis dizer, quando ele reclama do flagelo do clericalismo, porque, infelizmente,, nós que não somos clericais, Talvez errado, ou talvez porque não sejam suficientemente sábios, do fedor do pior clericalismo das ondas, ambíguo, Tranquilo e medroso, às vezes nos sentimos realmente submersos. E certamente, Sumo Pontífice, por sua graça especial do estado, tendo recebido de Cristo Deus enviado como seu vigário à Terra, isso poderia explicar de uma maneira magistral para todos nós que o clericalismo nunca é sabedoria e prudência, menos do que nunca astúcia por políticos de baixo escalão. Clericalismo, é clericalismo e é isso, como tal, na total falta de pressupostos de responsabilidade que sempre deixam os outros com rigor, mas acima de tudo toda a Igreja, com problemas muito sérios. Eles nos deixam padres em apuros, para o qual as pessoas perguntam, na sala de emergência do hospital de campanha Igreja, das respostas que não podemos dar, porque apenas os sacerdotes maus, mal formado e especialmente egocêntrico, indiferente a todas as leis básicas que regulam a vida da Igreja, eles podem assumir a responsabilidade muito séria de emitir sua própria equipe Motu Proprio e declarar autêntico o fenômeno de Medjugorje; fenômeno que nunca a Igreja, até à data, declarou e definiu, saindo por esse motivo, todos nós, em sérios e profundos problemas.

.

Da ilha de Patmos, 20 Abril 2020

.

____________________________

.

Ratko Perić

Vescovo di Mostar-Duvno

.

.

[...] Il Vescovo Pavao Zanic [N.d.R 1918 - 2000, predecessor do bispo autor deste relatório] ele herdou o "caso Herzegoviniano", tanto como coadjutor quanto como ordinário de Mostar-Duvno. Confiança máxima nas decisões e decretos da Santa Sé, ele tentou resolver o caso emaranhado para se consagrar a outros empreendimentos na vida pastoral. Portanto, assumindo o governo da diocese, fiel ao sucessor de Pedro, ele insistiu na Sé Apostólica de que os ditos decretos foram realmente implementados na Herzegovina. São João Paulo II mostrou esse entendimento da situação apresentada pelo bispo Žanić, que pôs em prática sua autoridade, autorizando a Congregação para os Religiosos a demitir da Ordem dos Frades Menores aqueles que não obedeciam às disposições dos superiores religiosos e da Santa Sé, sem conceder-lhe a possibilidade de recorrer ao tribunal eclesiástico.

.

Nas fileiras dos pais franciscanos, em particular os dois capelães de Mostar acima mencionados, eles foram desobedientes às decisões eclesiásticas. Desde o início, eles impediram a vida pastoral da nova paróquia da Catedral de Mostar. É aqui que a voz da "aparência" de Medjugorje se intrometeu de maneira incomum, atacando o bispo Žanić, fiel servo da Santa Sé, e protegendo a desobediência dos dois capelães de Mostar.

.

O 24 Junho 1981 a história do fenômeno Medjugorje começa, na vila de Bijakovići, freguesia de Medjugorje, onde um grupo de quatro meninas foi formado: Vicka e Ivanka Ivankovic, Mirjana Dragicevic e Marija Pavlovic - e due ragazzi: Ivan Dragicevic e Jakov Colo, entre o 10 e I 16 anos - que alegavam ter aparições de Nossa Senhora todos os dias. O pároco de Medjugorje foi frei Jozo Zovko, O.F.M, o vigário paroquial Frei Zrinko Čuvalo, O.F.M. Então começou o “Fenômeno de Medjugorje”.[17]

.

Entre as primeiras "mensagens" das aparições houve também o que imediatamente provou a desobediência dos envolvidos, e a partir de dezembro daquele ano, o “apareceu” abertamente do lado dos desobedientes e contra Mons.. Žanić, bispo diocesano, autoridade competente da Igreja.

.

1ou – Imediatamente no início das "aparições" - escreveu Mons.. Žanić ao vice-presidente da Conferência Episcopal da Jugoslávia - «Fra Nikola Radić, Delegado Geral da Ordem dos Frades Menores da Herzegovina, ele me disse alguns dias após o início das aparições em Medjugorje: “Um frade veio a Široki Brijeg, e diz que Nossa Senhora apareceu em Medjugorje, e disse que os frades estão certos!"Os frades que defendem Medjugorje a transformaram em defesa de sua desobediência contra o bispo e contra a Santa Sé, e em defesa de seus interesses materiais ". [18]

.

No entanto, e apesar de várias outras esquisitices, engano e manipulação, Bispo Žanić foi aberto, nos primeiros meses, às supostas "aparições", sempre cauteloso com a subjetividade ou sobrenaturalidade das "aparições". mas quando, o "apareceu", chamado "Nossa Senhora de Medjugorje", ele começou a culpar o próprio bispo, quem era mariano não é mais mais,, ele assumiu a posição de flagrante negador da autenticidade das "aparições". Seguimos o processo cronológico dos ataques da "aparição" de Medjugorje contra o bispo:

.

2ou – o 19 Dezembro 1981 o "vidente" Vicka em sua Agenda [19] ele observou:

«Perguntei sobre o problema da Herzegovina, em particular no que diz respeito a Fra Ivica Vego. Gospa disse que o mais culpado por esses distúrbios é o bispo Žanić, de Ivica Vego disse que não é culpado, mas o bispo tem todo o poder. Ele disse pra ele [N.d.R. Madonna] ficar em Mostar e não sair ». E, sempre na mesma data, Tomislav Vlasic, em Crônica da paróquia de Medjugorje,[20] ele perguntou “clarividente” Vicka e observou:

«Literalmente o que Nossa Senhora disse? Ele disse que o bispo é culpado dos distúrbios na diocese, ou que nos últimos casos (deitar uma Ivica [Vego] e Ivan [Prusina]) faz movimentos ruins? Vicka respondeu que Nossa Senhora disse que o bispo fez os movimentos errados, mas isso não pode literalmente repeti-lo ". Vicka, atento à distinção do padre Vlašić, adapta-se à frase como o padre Vlašić sugere. Ele ouve da "Madonna", embora eu não possa "repetir literalmente"!

.

3ou - o 3 Janeiro 1982, nell’Agenda de Vicka lemos: «O bispo não coloca ordem e, portanto, é culpado. Ele não será um bispo para sempre. Mostrarei justiça no reino ". A "Madonna", assim, ameaça o bispo diocesano através de seu "vidente". Sob a mesma data, em crônica di Padre Vlasic, O.F.M, está escrito: «Os jovens tiveram a visão. O mais importante é o que despertou o interesse do bispo. De fato, por minha sugestão, verificar a autenticidade da resposta da Madonna del 19 Dezembro 1981 sobre o capelão, Pedi aos visionários que perguntassem novamente sobre isso ".

Respostas dos visionários:

  1. «Nossa Mãe enviou uma mensagem ao querido bispo dizendo que ele já faz um tempo’ precipitado em sua decisão e que devemos reconsiderar e ouvir novamente os dois lados. […]. O bispo faz desordem e, portanto, ele é culpado. Ele nem sempre será o bispo, Mostrarei justiça no reino ".

.

4ou – 11 de janeiro 1982 nós lemos Crônica da paróquia: “Eles perguntaram novamente sobre os dois capelães de Mostar., e Nossa Senhora repetiu duas vezes o que ela havia dito antes ". E, portanto, também o que ele disse sobre o bispo.

.

5ou - 14 Janeiro 1982 o “clarividente” Vicka mente expressamente ao bispo Žanić. Em Suplemento a “informação” do Boletim Oficial das Dioceses, Bishop Žanić, após a entrevista com i “videntes”, gravado em fita, escreve: «O dia 14 Janeiro 1982 os meninos vieram até mim, eles disseram que Nossa Senhora os enviou (Vicka I., Marija P., e Jakov Br.). (...) Nossa Senhora disse que você foi precipitado em certas coisas. Isso disse. (...)

.

Diz o Bispo:

"Alguém me disse que você tinha alguma mensagem para os capelães de Mostar".

Os "videntes" respondem:

«Não tínhamos nenhum».

exclamar:

«Não?»

Então eu pergunto:

«O que os capelães?»

Os "videntes" respondem:

«Os de Mostar».

acrescento:

"Não havia nada".

resposta:

"Alguém terá me dito errado".

Eles argumentam,:

"Alguém envia errado para você e você ouve errado".

.

O Bispo Žanić continua a documentar em sua memória: “No decorrer da conversa, perguntei aos meninos mais algumas vezes: "Ainda há algo para o bispo?… Lembre-se de algo sobre mim novamente "... A resposta deles foi negativa».[21]

.

6ou - 20 Janeiro 1982, por 'Agenduma em Vicka: «Madonna, o que vai acontecer com o bispo? De, vai mudar sua atitude? Nossa Senhora respondeu: "Eu não quero me apressar. Espero para ver se ele cederá depois das minhas mensagens enviadas a ele através de você "». de acordo com o crônica, na mesma data, a "Madonna" no entanto declara que: «O bispo foi apressado na decisão».

.

7ou - 3 Abril 1982, Bispo Žanić publica o que foi gravado em fita: «O dia 3 Abril 1982 Vicka eu vim para mim. e Jakov Br., enviado pela Madonna. Viking Afferma:

"Nossa Senhora nos repreendeu porque não dissemos tudo da última vez ... Ela falou sobre esse caso e sorriu dizendo que teria pacificado tudo sozinha ... Não tenho idéia do que é ... e ela sorriu.. (...)».

Me pergunto:

«Porque você não disse o nome daqueles frades que querem caçar?».

Réplica Vicka:

«Disse aos frades que eles também gostam de trabalhar na Igreja como todos os outros., celebrar missa, sacerdotes não são de todo culpados, ela também disse seus nomes, e eu não os conhecia e os vi depois ... Prusina e Vego. Ela diz que eles não são de todo culpados, duas vezes ele repetiu. Jakov também ouviu, Marija estava lá também ".

Me pergunto:

- Ele contou isso sobre eles antes de você me procurar da última vez (o 14 Janeiro 1982), e repreendeu você por não me dizer?».

Vicka responde:

"Sim. Então ela me repreendeu três vezes porque eu não vim e não disse ... ".

digo:

"Novamente nós não nos entendemos (Insisto em que a contradição com a resposta seja percebida bem 14 Janeiro 1982). Nossa Senhora disse-lhe para me dizer antes de você vir a mim da última vez?»

Vicka responde:

"Sim. Mas eu não disse isso, e ela me repreendeu por não fazer o que eu tinha que fazer, e eu conversei muito, mas eu não conseguia lembrar ... Então ela [Madonna] Ele disse: Eu acho que é uma grande pena esquecer, essa briga entre os frades e os padres. As pessoas se acalmam, mas não há nada para eles fazerem…»

Afferma Jacob:

«Ela disse que este é um grande golpe para a Igreja».

Afferma Vicka:

"Todos os dias ela nos diz algo ... até ela diz que não seguiu corretamente".

Afferma Jacob:

«Que você também estava errado, desde que ele fez isso ".

Afferma Vicka:

«Que existem certos erros, e o que eu sei ... »

Pergunte ao bispo:

"Em que?».

Vicka responde:

«Neste caso franciscano».

O bispo pergunta:

"Que erro você acha que eu cometi?».

Risponde Jacob:

«Ela se refere a algo no caso franciscano entre frades e sacerdotes».

O bispo pergunta:

«E você sabe o que é?

Risponde Jacob:

"Eu não sei".

O Bispo responde:

«Gostaria de me corrigir se soubesse o que fiz de errado, mas eu obedeço ao papa, e o que o Papa ordena que eu faça ".

Vicka responde:

«Você também deve obedecer a alguém, mas eu iria obedecer a Madonna mais do que minha mãe ... é claro que eu preferiria obedecer a Madonna do que o Papa, certamente!»

O bispo responde:

«Nossa Senhora não pode falar contra o Papa ... Você também deve ter cuidado e ter dúvidas se ela disser algo contra o Bispo».

Vicka responde:

"Não há dúvida. Eu sinto isso como agora (gravado em um gravador)».

.

***

.

Então o bispo Žanić continua: "Quando comuniquei a Fra Tomislav Vlašić, que trabalha pastoralmente em Medjugorje, ele me disse que Vicka é bastante impulsivo, precipitada ... [e adicionado]: “Entre o Natal e o Ano Novo, ela me disse que Nossa Senhora havia lhe dito que o Bispo é culpado de tudo na Herzegovina.. Eu disse a ela que não pode ser assim ... "Eu disse a ele: “Você não precisava dizer nada, mas apenas envie para o bispo. Esta é uma manipulação dos meninos ... ".[22] [o bispo disse ao padre Vlašić].

.

Tais mentiras dos "videntes" e essas manipulações do manipulador Vlašić foram uma evidência clara do bispo Žanić, de modo a induzi-lo a tomar uma posição resoluta sobre a não autenticidade e as mentiras do fenômeno Medjugorje.

.

8ou - 15 Abril 1982, na agenda de 1983 encontramos as expressões da "Madonna", escrito por Vicka com seu próprio punho: «O bispo é culpado aqui e há muitos que o apóiam».[23] Em crônica faltando a data de 15 Abril 1982, não foi entregue à Cúria.

.

9ou - 26 Abril 1982, em’Agenda de Vicka lemos: "O bispo - ele diz [a "Madonna"] - ele não tem verdadeiro amor de Deus pelos dois ", «O que o bispo faz não está de acordo com a vontade de Deus», «O bispo não faz segundo a graça de Deus». Em crônica faltando a data de 26 Abril 1982.

.

10ou - 27 Junho 1982, luma crônica relatórios: «À pergunta: O Bispo objeta que você disse que Fra Ivica Vego e Fra Ivan Prusina não são culpadas. Ele sente como se você não fosse a verdadeira Madonna, porque você não respeita as disposições dos superiores.. Você quer explicar sua atitude para conosco? Ele respondeu: “Devemos respeitar e obedecer aos superiores. Mas eles também cometem erros; eles devem se arrepender e corrigi-los. Bispo, e ainda mais quem lhe der sugestões, com sua atitude eles prejudicam a fé ... "».

.

Um papel pouco claro em todo esse caso era a do pai jesuíta esloveno Radogost Grafenauer,[24] mencionado pelo bispo Žanić em seu relatório: «No final de janeiro 1983 venne que Padre Joy Joy Grafenauer, S.J., com a intenção de investigar o fenômeno Medjugorje. Ele ouviu cerca de vinte fitas gravadas e decidiu não ir a Medjugorje dizendo "já que não há Madonna lá".. Por minha sugestão, ele foi para lá e, depois de alguns dias, voltou como "convertido" do Padre Vlašić. Ele me trouxe algumas páginas do texto, ele jogou-os sobre a mesa e disse:

"Aqui, bispo, o que Nossa Senhora lhe diz ».[25]

.

Agora relatamos a partir desse relatório a conversa entre o padre Grafenauer e o "vidente" Vicka Ivanković.

Padre Grafenaur:

«Você disse ao bispo que ele é o culpado e que esses dois [Vego e Prusina] eles são inocentes e podem exercer seus deveres sacerdotais?

Vicka:

"Sim",.
Padre Grafenaur:

«Eles podem ouvir confissões? Nossa Senhora falou sobre isso?»

Vicka:

"Sim",.

Padre Grafenaur:

«Se Nossa Senhora diz isso e o Papa diz que eles não podem ...»

Vicka:

«O Papa pode dizer o que quer: Eu digo as coisas como elas são ".[26]

.

Agora relatamos a partir desse relatório a conversa entre o padre Grafenauer e o "vidente" Vicka Ivanković:

Padre Grafenaur:

«Nossa Senhora disse que o bispo é culpado?»

Mary:

"Sim",.

Padre Grafenaur:

«Assim que Nossa Senhora disser que o Bispo é culpado, Imediatamente começa-se a duvidar que seja a Madona ... Ou seja, o fato de os visionários estarem dizendo que o Bispo é culpado ... »

Mary:

«Isto nos foi dito por Nossa Senhora».

Padre Grafenaur:

«Isso provoca revolta em Hercegovina e estes não são bons frutos. As pessoas ficam bravas com o bispo e o difamam; como Nossa Senhora pode fazer uma coisa dessas? A Igreja sabe que Nossa Senhora é boa e que ela não faria isso ».

Mary:

«Nossa Senhora disse-nos».[27]

.

***

.

Conclusão. A partir desses pontos, elaborados com base nas palavras literais dos jovens que se apresentam até agora como "videntes" da mesma "Madonna", e daqueles do seu "guia espiritual", parece que a "aparência" de Medjugorje atacou um extenuante anunciador da verdade sobre a Mãe de Deus e, em vez, ele defendeu várias formas de desobediência e imoralidade. Na verdade, ele continuou a fazê-lo até 1985 (final de agosto 1982, o 29 Setembro 1982, o 17 Janeiro 1984, o 14 Novembro 1984, o 5 Janeiro 1985).

.

Bishop Žanić apareceu para o seu 23 anos de episcopado como um homem de plena integridade moral, ouviu pregador da verdade, incansável administrador dos santos sacramentos e corajoso pastor, pronto para morrer pela verdade e por seu rebanho.

.

Não é digno da Madonna para ser usado como “gerente de correios” para responder a uma série de perguntas inadequadas e manipuladas de “videntes” e seu "guia espiritual" com relação a “Caso Herzegoviniano” de duração centenária.

.

Não honra Nossa Senhora apresentá-lo como um manipulador, com sua pessoa santa, visava interferir no governo comum da Santa Sé e no bispo diocesano de Mostar-Duvno, sobre a jurisdição da atividade pastoral dos padres.

.

Não é digno de Vicka reorganizar seu diário, escrevendo suas experiências fantasiosas de 1981 e a primeira metade de 1982 nell’Agenda de 1983.

.

Não é digno dos "videntes" fazer, como eles fizeram desde os primeiros dias das "aparições", pronunciamentos muito perturbadores, que não correspondem à verdade, mas enganam os fiéis.

Mostar, 2 Maio 2017

+ Ratko Perić, bispo

.

.

.

FONTES E DOCUMENTOS OFICIAIS:

[1] Pavao Žanić, desenho livre, 1959-1982: a nomeação papal foi a 9 Dezembro, comunicação a Don Pavao Žanić em 28 Dezembro 1970, a publicação em 4 Janeiro 1971.

[2] Tomo Vukšić (editado), A verdade é libertadora. Anais do Bispo Pavel Zanic [A verdade nos liberta. Miscelânea do Bispo Pavao Žanić], Mostar, 1992.

[3] Ilija Drmić, "Bispo Jubileu de Prata" (O Bispo do Jubileu de Prata), em: Igreja em pedra, Não.. 5/1996, PP. 5 e 12.

[4] T . Vuksic, em. CIT., PP. 35-40. Tradução do texto latino do Sumo Pontífice: «Como sabemos, a angústia das situações e as dificuldades do seu ministério pastoral tornaram o fardo ainda mais imaturo, mas você nunca teve falta de fé intrépida, pelo contrário, seu amor por todos cresceu muito, uma devoção exemplar e sua diligência na escolha e educação dos chamados ao serviço do Senhor ».

[5] Igreja crucificada na Bósnia e Herzegovina. Destruição de objetos sagrados católicos na Bósnia e Herzegovina [A Igreja crucificada na Bósnia e Herzegovina. A destruição de edifícios religiosos católicos na Bósnia e Herzegovina], Banja Luka, Sarajevo, Mostar, Zagreb, 1997, p. 208.

[6] Ver. http://md-tm.ba/clanci/le-apparizioni-dei-primi-sette-giorni-medugorje

[7] Ver. http://www.md-tm.ba/clanci/il-dodicesimo-anniversario-della-morte-del-ve…

[8] De acordo com o diário de Vicka (III), em dados 28 Fevereiro 1982, a "Madonna" disse aos "videntes": "Você pode agradecer muito a Tomislav por guiá-lo tão bem", a cópia na Cúria diocesana de Mostar.

[9] P. Žanić, A posição atual (não oficial) da Cúria Episcopal de Mostar sobre os eventos de Medjugorje, 30 Outubro 1984, Não.. 22.

[10] Em 2012 Tomislav Vlasic, após a redução ao estado laico, anunciado para fazer parte de um grupo, chamado "núcleo central", de 49 seres escolhidos por Deus no universo, junto com sua colaboradora Stefania Caterina.

[11] http://www.versolanuovacreazione.it/

e também:

http://www.fortezzadellimmacolata.org/appuntamenti

[12] Marko Perić, Caso Herzegovina [O caso Herzegoviniano], Mostar, 2002. O elo diocesano, em croata:

http://www.md-tm.ba/sites/default/files/hercegovacka_afera.pdf.

[13] Voz do Conselho (quinzenalmente de Zagreb), 14/1975, p. 4.

[14] O original latino de Papa Bonifácio publicado em Jornal dos Menores, Roma, II / 1989, PP. 85-89.

[15] O decreto pontifício Papa Bonifácio, Versão em inglês:

https://cbismo.com/index.php?mod=vijest&vijest=648.

[16] Arquivo da Província Franciscana Herzegoviniana, prot. 160/76, de 10 Maio 1976.

[17] Drazen Kutleša (editado), Espelho da Justiça [espelho justiça], A Cúria diocesana de Mostar sobre as supostas aparições e mensagens de Medjugorje, Mostar, 2001, aleatoriamente.

http://www.md-tm.ba/sites/default/files/ogledalo_pravde.pdf

Ver. até mesmo:

http://md-tm.ba/clanci/le-apparizioni-dei-primi-sette-giorni-medugorje

[18] S.E.. Žanić a S.E. Alojzij Šuštar, Vice-presidente da Conferência Episcopal da Iugoslávia, a carta de 24. XI. 1983, prot. 1172/1983.

[19] O. Ivankovic, Agenda 1983. É um calendário fotocopiado de 11 páginas com avisos escritos por Vicka, na sua própria mão, nas "mensagens" da "aparência" aos religiosos desobedientes, Ivan Prusina e Ivica Vego, capelães de Mostar, com essas sete datas bagunçadas: 19-XII-1981; em 3-I-1982; 11-I-1982; em 20-I-1982; il 26-IV-1982; 29-IX-1982; final de agosto 1982; 15-IV-1982; il 16-IV-1982. A cópia foi entregue por Vicka à Cúria de Mostar em 17 Maio 1983, e é mantido no Arquivo Diocesano de Mostar. Entende: Nikola Bulat, A verdade o libertará [A verdade vos libertará], Mostar, 2006, PP. 52-56 e 99. Todo o texto em croata, comparado com os extratos de p. As alegrias da Grafenauer, aí, PP. 100-114.

[20] Tomislav Vlasic, Crônica de Aparições na Paróquia de Medjugorje, 1981 -1983 [A Crônica das aparições na paróquia de Medjugorje]. É sobre o crônica, conduzido e manuscrito pelo irmão Tomislav Vlašić desde 11 de agosto 1981 ao 15 Outubro 1983; o original na paróquia de Medjugorje, a cópia foi entregue pelo autor ao bispo Žanić il 16 Novembro 1983, preservada na Cúria diocesana de Mostar. Sobre a autenticidade da Crônica, veja o artigo de N. Rodada, em. CIT., PP. 23-33.

[21] “Suplemento a 'Informações'” [Suplemento a “informação”], em: Diário Oficial [Boletim oficial], 2/1982, p. 2. Publicado como um folheto em: croata, Francesca, Inglês, italiano, alemão, Não.. 7; P. Žanić, Medjugorje, em italiano, Mostar, 1990, Não.. 7.

[22] Suplemento a “informação” do Boletim Oficial das Dioceses, 2/1982, PP. 2-3; P. Žanić, Medjugorje, 1990, Não.. 8.

[23] Nell 'Agenda por Vicka Ivankovic, 15. IV. 1982; N. Rodada, em. Cit., Mostar, 2006, PP. 105-106; O elo diocesano do livro, em croata:

http://www.md-tm.ba/sites/default/files/istina_ce_vas_osloboditi.pdf.

[24] Radogost Grafenauer veio de Medjugorje para Mostar na 2 Fevereiro 1983 e entregou vários trechos dos documentos disponíveis em Medjugorje ao Bispo Žanić, referindo-se ao "caso Herzegovino" e aos dois capelães de Mostar, veja o texto croata N. Rodada, em. Cit., PP. 57-59.

[25] P. Žanić, Medjugorje, em italiano, Mostar, 1990, Não.. 9, p. 5.

[26] P. Žanić, Medjugorje, em italiano, Mostar, 1990, Não.. 10, p. 6.

[27] P. Žanić, Medjugorje, em italiano, Mostar, 1990, Não.. 12, p. 7.

.

.

.

.

AVISO AOS LEITORES

As Edições A Ilha de Patmos eles usam para impressão e distribuição de seus livros do grande empresa Amazon, que neste momento suspensa a expedição e distribuição de todos os tipos não urgente e não estritamente necessário para os problemas associados com os coronavírus emergência. No momento em que, portanto, não é possível solicitar e receber nossos livros, Mas isso pode ser encomendado após 3 Abril.

 

 

 

 

 

 

.

«Você saberá a verdade, ea verdade vos libertará» [GV 8,32],
mas trazer, difundir e defender a verdade não só de
riscos, mas também os custos. Ajude-nos a apoiar esta ilha
com as suas ofertas através do sistema Paypal seguro:



ou você pode usar a conta bancária:
Eram TI 08 (J) 02008 32974 001436620930
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ isoladipatmos@gmail.com ]

.1

ou você pode usar a conta bancária:

a pagar a Editions A ilha de Patmos

IBAN TI 74R0503403259000000301118
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ isoladipatmos@gmail.com ]

.

 

.

.

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

O que você quer fazer ?

novo e-mail

Avatar

Acerca de isoladipatmos

62 thoughts on "Medjugorie e o Gospa dos mentirosos: dúvidas razoáveis ​​sobre as aparições e videntes auto-denominados

  1. Outro caso em que a Madonna chama um bispo: “Nossa Senhora me disse que você tem um coração de pedra”.

    Um dia, nós estávamos em setembro 1995, Nossa Senhora pediu à minha filha para informar o bispo sobre as aparições.
    obedecemos, Mas mons. Grillo perseguiu Jessica por acusação de mentir. Então ela me repreendeu e Anna Maria dizendo que estávamos condicionando-a. Mas no dia seguinte Jessica voltou ao escritório: «Nossa Senhora quer que eu fale com o bispo».
    Eu fui brigado - me senti magoado, mesmo com raiva, como fomos tratados - mas depois capitulei a resolução da minha filha que na época estava sozinha 6 e anos 5 meses. A cena do dia anterior foi repetida na casa do bispo, mas ele ficou chocado com a licença de Jessica: «Nossa Senhora me disse que você tem um coração de pedra». Então Mons.. Grillo testou a Virgem, pedindo-lhe para revelar à minha filha um segredo conhecido apenas por ele.
    E como terminou?
    Que Jessica mais tarde relatou a ele em nome de Nossa Senhora não um, mas vários fatos a respeito de sua pessoa. Mons. Grillo ficou tão chateado que foi apanhado com uma doença, como já havia acontecido após o rasgo em suas mãos.
    Mas a partir daquele momento ele também acreditou nas aparições, como ele revelou em seu memorial publicado em 2011, e pediu uma audiência com João Paulo II para relatar tudo.

    Lembro-me de que a Madona de Civitavecchia foi comprada na Medjugorie.
    Fonte: https://gloria.tv/post/HEwfSPWD2cwM1pgV9G8zg71D

    1. … e ela não tem ideia,com que respeito e devoção, a família De Gregori de Civitavecchia, ele se comportou em relação ao bispo?
      Perguntou o bispo Girolamo Grillo “um sinal” da mesma maneira que o pároco de Lourdes pede a Bernadette e o bispo aos pastores de Fátima.
      Para além disto: ela extrapola um fato da minha palestra e tenta usar episódios totalmente irrelevantes, voando sobre o que eu trato de falar sobre outra coisa.

      Então responda a ela uma pergunta: como é possível para Nossa Senhora ampliar, louvar e apoiar um frade franciscano que foi desobediente à autoridade da Igreja e seus superiores contra o bispo, que tiveram relações sexuais em particular com uma freira, que falhou em todos os aspectos dos votos religiosos professados?
      resposta: como é possível que Nossa Senhora da Medjugoria vá contra o bispo, fale bem e apoie um homem como aquele padre franciscano, finalmente saiu da Igreja Católica para fundar uma seita milenar nova era?
      Para isso, ele deve responder, não panegírico sobre outros fatos ou narrando que a Madonnina de Civitavecchia vem da Medjugorie.
      Responda possível, que Nossa Senhora da Medjugoria, discutiu com uma espada como um sujeito.

      1. Anos atrás, olhei para a história do padre Tomislav que inicialmente era, como você diz em sua reconstrução precisa , muito envolvido no caso das aparições.
        Então ele veio para a Itália e fundou um tipo de comunidade com essa pessoa em mente, ao qual talvez você esteja aludindo , que ainda continua a ter mensagens ( para quem, Eu quero enfatizar, Não acredito em nada). Eu entendo isso até 2007 estava em plena comunhão com a Igreja.
        Os problemas surgem mais tarde devido à dificuldade de aceitar, do Bispo Bruno Forte, os carismas muito particulares do vidente e da comunidade dissolveram-se.
        Entendo que o próprio padre Tomislav pediu uma dispensa do estado laico.
        Como você sempre testemunhou, nos falando sobre alguns dos males sombrios da Igreja, onde a graça abunda, o pecado abunda, por que não pensar (como eu fiz) que simplesmente o padre Tomislav foi tentado e desistiu? E’ um apóstolo que traiu, infelizmente um dos muitos.

        Aguardo com expectativa a continuação do seu trabalho.

    2. Muito obrigado, porque você me esclareceu muitas coisas, porque eu não acreditava muito. Mas desde que a pandemia de coronavírus, as mensagens se foram e eles disseram que quando os segredos se tornassem realidade, eles teriam avisado dias antes, a partir daqui, ficou claro para mim que não era verdade e eu tinha dúvidas. E ela deixou tudo claro para mim: muito obrigado.
      Para ser sincero, eu disse a Maria Santissima que tinha dúvidas de que ela veio me encontrar através deste vídeo, obrigado novamente.

    3. Bispo ingênuo: estas não são as provas para pedir, porque o diabo também os conhece. De fato, se Civitavecchia tivesse sido o trabalho da Madonna, não teria parado.

  2. Pai Ariel estimado,

    obrigado por este resumo preciso e impiedoso de um fenômeno sobre o qual agora eu tenho grandes dúvidas. A conferência do Dr.. D'amico disponível no YouTube abriu meus olhos.

    Permita-me propor uma pergunta que eu expus em outro post.
    Toda a minha infância foi marcada pela devoção à Medjugorie, onde minha mãe foi’ em 1982, e onde ele disse que participou do “milagre do sol”. Minha mãe é um espírito prático e não tenho motivos para pensar que ela mentiu ou foi alucinada. Seu testemunho é o único elemento que ainda me impede de marcar tudo como charlatanismo, ou pior.

    E’ É possível imaginar que Satanás poderia realizar tal prodígio? E’ imaginável que Deus pudesse permitir que ele enganasse os fiéis dessa maneira? Existem precedentes para fenômenos de massa prodigiosos, de natureza diabólica?

    Obrigado pela atenção

  3. O mais caro pai Ariel, o que ele escreveu talvez signifique que os supostos videntes corromperam a comissão Ruini para fazê-los declarar que ele acreditava nas sete primeiras aparições marianas que ocorreram desde 24 Junho a 3 Julho 1981?

    1. Ela é especialista em trazer à tona o que não está contido nos escritos e fazer as pessoas dizerem o que não disseram..
      Eu digo o que eu disse claramente, Eu nem sequer remotamente toquei no que você pergunta.

  4. Monsenhor Andrea Gemma estava certo quando disse que Medjùgorie era uma farsa para ganhar dinheiro e é isso… …….Você Padre Ariel,no que você pensa “carismático ” venha Ironi Spuldaro,que Paolo Brosio em seus livros o venera e em algumas fotos ele tem as mãos, apesar de ser um leigo? ……Nestes anos, Medjugòrìe tem sido o trampolim para leigos ou freiras que fingem ser curadoras,com um estilo idênico para pastores protestantes,Também por esse motivo, nunca confiei em Medjùgorìe…… ……

  5. “Pode apostar, se a Igreja pronunciou várias vezes e acima de tudo de forma negativa, diante de fenômenos sempre em progresso, esmagando-os se necessário desde o nascimento”.
    De fato, não parece que o Sixtus V, é o Papa tosto, esperou o fim do suposto sangramento para desafiar o machado e pronunciar o famoso “como Cristo eu te adoro, como madeira eu te parti” …

  6. Querida, eu sempre segui suas seções e ele nem sempre me encontra completamente de acordo, mas no que é sobrescrito, como nos artigos anteriores sobre o assunto, ele me encontra igualmente alinhado com seu tema. Mas acho que ele sempre se abstém de comentar sobre assuntos atuais (aquele que merece atenção) como a última transmissão de relatórios e o comentário da Avvenire, Eu ficaria curioso para saber o seu pensamento.
    Obrigado,
    Giuseppe

  7. De fato, seria hora da Igreja pronunciar-se definitivamente sobre essa brincadeira. Sem mencionar o fenômeno ainda pior de Pedro Regis.

  8. Vamos validar que é tudo um blefe.
    Resta esclarecer os fenômenos inexplicáveis ​​ocorridos racionalmente, especialmente nos primeiros anos, mas mesmo com menos intensidade ainda hoje.

    Excluindo o sobrenatural de origem divina e o sobrenatural / mediúnico diabólico e deixar bluff humano puro como uma hipótese válida ( irmãos; videntes falsos). E eles não são 4 curas e algumas luzes no céu, mas centenas de tipos diferentes, de curas documentadas que os médicos não conseguem explicar, para os sinais no céu, especialmente no período inicial (por exemplo, o MIR escrito luminoso que é "paz" no céu testemunhado pelos habitantes locais, por peregrinos de diferentes nacionalidades, mesmo pelas agências comunistas de aplicação da lei, ao fogo na colina de Krizevac para não encontrar nada após a chegada dos bombeiros, mesmo com um helicóptero que não encontra nada e não há marcas de queimadura , na cruz krizevac que desaparece e mais magro de uma mulher é visível (testemunho de milhares de pessoas presentes) , para o piloto que tenta e tenta jogar bombas na igreja e é batido e capturado e diz que tentou novamente várias vezes, mas o monitor escureceu estranhamente, impedindo-o de mirar (ele diz isso), para o cara da BBC paralisado mencionou quem desceu a montanha (mas suas costas ainda estão quebradas e os médicos não conseguem explicar como ele pode andar) etc etc

    Como mais do que as crianças fizeram (9/ 15 anos) para organizar e continuar tal coisa?? Quando crianças, eles treinaram para produzir tudo…

    1. Desculpe o corretor me mudou algumas palavras:

      "Silhuetas" de uma mulher ( em vez da cruz)

      e avião abatutto em vez de sbatutto .

    2. Não acredito porque, como você diz “um homem paralisado desceu da montanha”, Eu acredito porque Cristo era Deus encarnado, Ele está morto, ressuscitou e ascendeu ao céu. É por isso que acredito, e em que, Acredito.

      Saiba portanto, se não estivesse claro para ela, que a Igreja pede aos crentes, como pré-requisito para ser católico-cristão, acreditar com certa fé:

      1. em Deus Pai Todo-Poderoso criador do céu e da terra e de todas as coisas visíveis e invisíveis;
      2. À encarnação da Palavra de Deus nascida da sempre Virgem Maria;
      3. morte, ressurreição e ascensão ao céu de Cristo;
      4. ao Espírito Santo que procede do Pai e do Filho;
      5. para a igreja um, Santa, Católica e Apostólica;
      6. a profissão de um único batismo para remissão de pecados;
      7. para a ressurreição dos mortos e vida eterna.

      Ele encontra todas essas coisas escritas no Símbolo da Fé: o Acredito, que eu suponho que você aja, mas que eu temo não ter entendido completamente, ou talvez nem um pouco, considere as razões e “provar” que leva na forma de uma pergunta.
      Esta é a fé da Igreja e é isso que a Igreja exige para se professar crente: os sete pontos que enunciei.

      Todas as coisas que ela caiu, Me conta: o que eles acrescentam à nossa fé?
      Mesmo se fossem verdadeiras, eles acrescentam algo à nossa fé? Ou, por acaso, eles servem de alguma forma, mesmo e apenas vagamente, para apoiá-lo?
      Em conclusão: crer na ressurreição de Cristo Deus dentre os mortos, talvez seja necessário acreditar nessas supostas maravilhas que você listou e ocorreu no “nova Jerusalém” de “Medjugorje”?

      conclusiva: tudo o que você listou, goste ou não, é completamente irrelevante manter os fundamentos da Igreja Católica e nossa Santa Fé em pé.
      E lembre-se, eu não estou dizendo isso: a igreja ensina. Assim, o que eu te disse como padre, teólogo e fiel servo da verdade na Igreja e para a Igreja, não são minhas opiniões, mas o que a Igreja ensina há dois mil anos.

      e ela, para mim que acredito com fé firme e sólida em todos os artigos de fé que enunciei, talvez ele queira me convencer de coisas completamente irrelevantes para a existência da fé católica apostólica?

      Em conclusão … um pó’ estudo do Catecismo da Igreja Católica não faria mal algum. Também porque se permite, quem lê seu comentário, oculto por trás das perguntas da série “ou tente negar esses fatos surpreendentes?”, então lendo minha resposta abaixo … bem, qualquer pessoa com verdadeiro sentido e fé católica, ela imediatamente percebe que precisa ser catequizada em catolicismo por mim, não sou eu quem precisa ser catequizado para o medjugorianismo por você através de testes que não são testes, porque eles não servem a autenticidade da fé, portanto, são e permanecem irrelevantes. E que eu não diga isso, o depósito da fé e o perene Magistério da Igreja ensina.

      1. Pai Ariel Caro

        Estou "quase" ofendido por sua resposta (dos quais não compartilho 100% mas o 360%) . Eu estava falando sobre outra coisa ( e não de "fé em Deus" em relação às maravilhas, para o sensacional : que a fé é uma fé infantil imatura / fogo de palha , nos evangelhos, muitas pessoas que se aglomeravam "animadas" por meio de um show de rock , dos milagres de Jesus e que o elogiaram na palma da mão dia uma semana depois, ele gritou crucificado diante de Pilatos e zombou dele enquanto agonizava na cruz, aquela "parte" de crentes falsos é idêntica a certa coceira causada pela fé em palha, excitada pelo sensacional que pontualmente se apressa com uma coceira que pouco tem a ver com a fé verdadeira : exemplos são vistos em reuniões carismáticas ou mesmo em medjugorje ou em outros lugares onde ocorrem certos fenômenos (pela obra de Deus ou Diabolica) , que "porção" de crentes de palha, como ontem, crucificou a Deus depois de tê-lo aclamado hoje, o reencenou após a peregrinação ou o encontro "carismático" com curas e exorcismos espetaculares , na vida diária "normal" ( onde conquistamos o paraíso na vida normal, onde o extraordinário está ausente) vivendo uma vida cotidiana pseudo-cristã "de fato" .

        Concordo com você, rede que me fez dizer coisas que eu não disse .

        Eu estava falando sobre outra coisa !!!

        Se você me permitir, farei outro post amanhã sem parecer intrusivo.

        esqueceu : A intervenção "sobrenatural" faz parte da "pedagogia de Deus" ( Docet do Antigo e do Novo Testamento) mas deve ser lido corretamente através do discernimento da Igreja que, no final, enquanto se processa de maneira aparentemente contraditória no final, dá a sentença correta .

        1. Antonio Caro,

          não se ele deve pegá-lo e escrever todas as mensagens que ele quer, porque ela sempre será uma convidada bem-vinda.
          Deixe-me explicar: no meu perfil do Facebook, existem mais de mil mensagens, no total, eles estavam além 1500, no entanto, algumas centenas foram canceladas porque continham insultos gratuitos e pesados ​​para dizer o menos prejudicial às pessoas que os escreveram., certamente não a quem eles foram endereçados.

          Dezenas de mensagens foram escritas nas quais muitas pessoas afirmam a veracidade do fenômeno com base em milagres extraordinários, nunca verificado pela Igreja, coloque isso em 39 anos a Igreja nunca reconheceu um único milagre.
          Só isso foi o motivo da minha resposta depois de receber inúmeras mensagens desse tipo.

          1. Eu entendo
            Eu não sabia disso , no sentido de que não sigo o Facebook, por minha escolha, nunca fui membro do Facebook ou
            Tweeter ao qual não tenho acesso .
            Dito isto, tenho a tendência de acreditar que, pelo menos inicialmente, as aparições eram autênticas, onde, inicialmente, quero dizer muito mais do que a primeira 7 . Obviamente, todos com "reserva" estão sujeitos ao julgamento da Igreja ( a questão está completamente aberta : "De fato" não há endosso ou condenação dos sete primeiros ou dos subsequentes , a comissão disse mais ou menos que o antigo 7 eles podem ser autênticos e os outros deixam o tempo que encontram , isto é, é equivalente a dizer que a pergunta está aberta…) enquanto, em vez disso, estou muito, muito perplexo com a Medjugoria dos últimos anos, onde vejo uma espécie de degeneração até dos visionários ou, melhor, algumas coisas que me deixam perplexo ( que estão muito bem expostos por você: vedasi L Ivan, a estrutura hoteleira de Marija , e três outras coisas que se chocam com o status de videntes, etc.).
            De resto, excluo blefes puramente humanos dos visionários desde muito cedo ( 9 / 15) por toda uma série de razões que expliquei em um post ontem que não apareceu . Em resumo, mesmo com a manobra hipotética dos frades manipuladores, eles não teriam suportado a pressão a que foram submetidos pelas autoridades e pela polícia familiar comunista, incluindo. E o problema é que artificialmente não podemos construir fenômenos que não possam ser explicados cientificamente e documentados .
            Saudações

  9. Eu quero acreditar na boa fé dos supostos videntes, embora eu deva admitir que o artigo de pe.. Ariel, muito bem feito, me empurra em outras direções. peço, como eu perguntei a alguns “medjugoriani” : pode-se excluir que são aparições demoníacas que podem ter enganado aqueles meninos?

    1. Aqui você aborda o que eu queria dizer no post anterior ( mas também no meu post no artigo anterior sobre Medjugorie pelo Padre Ariel).

      Meu parceiro é local ( de Mostar ) os pais experimentaram toda a história desde o início ( como todos os locais) , e experimentou a tragédia da guerra . Com absoluta certeza, posso garantir que houve fenômenos de natureza não racional que transcendem o raciocínio científico e, de fato, não podem ser totalmente explicados. : tanto em termos do status físico dos supostos videntes no momento do chamado êxtase , ambos externos , ambos com curas documentadas ( centenas) .

      É por isso que, com absoluta certeza, excluo o blefe dos meninos quase crianças ( 9 / 15 anos ) . Crianças e adolescentes normais de famílias normais ( pobre e mal educado) . Os primeiros anos foram perseguidos pela polícia comunista, eles e suas famílias, de todas as maneiras possíveis e imagináveis, mas eles não sucumbiram ( pode ter havido momentos de contradição ou confusão sob pressão de todos os lados loucos , mas eles continuaram ) . Mas você realmente acredita que é possível que uma criança 9 anos como Jakov poderia ter sido um co-defensor de um blefe mortal como esse? Mas não vamos brincar …

      O blefe "puramente" humano deve ser excluído .

      Fique por exclusão:
      – Intervenção sobrenatural divina
      -intervenção sobrenatural diabólica

      – intervenção sobrenatural divina inicial com deslizar para a falsidade diabólica ( por várias razões: traição da fé , enriquecimento…

  10. P estimado. Ariel,
    Não estou claro sobre essa fúria contra Nossa Senhora de Medjugorje, que fala há muitos anos, talvez porque ela é a única que ainda diz coisas católicas (como o chamado à oração e ao jejum); se a hostilidade é baseada no estilo de vida dos visionários, não é uma prova xchè, mesmo o Cristo não teve horror de deixar seu corpo para o enterro em 2 homens ricos e não é culpa de ser.
    Não sei se esse fenômeno é verdadeiro, mas não me parece importante, Estou quase 40 anos que dura (como a travessia do povo judeu no deserto), por que não esperar pelos outros 2 ou 3 anos para atacá-lo quando, faltando os sinais prometidos, nem será necessário fazê-lo, pois já foi dissolvido?
    Eu não entendo esse ódio e insistência quando me parece que há muitos outros + problemas sérios para lidar

    1. Como Claudia,

      Eu respondo dizendo que “aparências” eles começaram mal imediatamente, de fato, Quinta-feira 1 de outubro 1981 o Gospa começou dizendo aos visionários que essas heresias colossais colocavam preto e branco na frente de várias testemunhas como uma autêntica mensagem dada a “videntes” da Virgem Maria:

      «Todas as religiões são iguais diante de Deus. Deus reina sobre eles como o governante em seu reino. No mundo, nem todas as religiões são iguais, porque as pessoas não se submetem aos mandamentos de Deus. Eles os rejeitam e os denegrem ».

      Tal afirmação anula todo o mistério da salvação e o fato de que Cristo fundou um, Igreja única e verdadeira. Com uma afirmação semelhante, mergulha-se entre o relativismo religioso e as tendências espiritualistas de nova era.
      Mas, acima de tudo, é uma negação de nossa profissão de fé, na qual professamos "Creio na Igreja., Santa, católica e apostólica ".

      Dizer, portanto, que Nossa Senhora de Medjugorje "é a única que ainda diz coisas católicas", é uma coisa arriscada para dizer o mínimo, como é arriscado dizer que "existem muitos outros problemas mais sérios para tratar", enquanto muitos de nossos fiéis bons e ingênuos tomam palavras desse tipo como declarações autênticas da Santíssima Virgem.

      Não se trata de ódio, mas para defender a verdade do erro, especialmente antes do simples.

      1. Uma curiosidade: onde você pode encontrar a mensagem de 1º de outubro 1981?
        Eu procurei e encontrei o 10 Outubro 1981 (“A fé não pode estar viva sem a oração. Ore mais. " ) e o de 19 setembro 1981 ("Por que você faz tantas perguntas? Toda resposta está no evangelho. "), mas não consigo encontrar o dia 1º de outubro em nenhum lugar 1981.

        1. E’ coletados neste livro pelo Padre René Laurentin

          http://www.temponuovo.net/ar3/laurentin-mess-1981/raccolta-messaggi.jpg

          De qualquer maneira, essa mensagem, como outro, depois eles os cancelaram, da mesma forma em que, dois de “videntes” em particular, eles correram seus diários anos depois, esquecendo que as folhas originais das mensagens manuscritas ainda estão preservadas nos arquivos da Cúria Episcopal de Mostar-Duvno

          etc.… etc. …

          1. Eu não li L
            Todo o conteúdo do relatório Ruini, mas algumas extrações ( e onde? Na internet é claro….-;), Acredito e suponho que examinamos tudo cuidadosamente ,tanto mais a correspondência original da Cúria . Porque eu acho que li ,nos extratos do relatório Ruini , que não há "manipulação" e, se bem me lembro, também é afirmado que não há influência diabólica . Repito : Li trechos do relacionamento e posso ter entendido mal .
            Não existem tais declarações nas mensagens oficiais.
            Porque , como leigo da teologia, se nas mensagens atribuídas a Nossa Senhora parecia haver um único erro teológico , ou uma manipulação óbvia , Eu parecia entender que pula automaticamente tudo . Possível esse esquadrão de ,parece, teólogos hábeis não notaram?

            Lembro-me dos comentários em que foi dito que Nossa Senhora pediu para respeitar aqueles que seguiram outro credo religioso porque eles também são filhos dela e talvez também que em outras religiões possa haver fragmentos da verdade Divina que refletem o "desejo de Deus" que o próprio Deus colocou em toda criatura humana . Mas não colocando outras religiões no mesmo nível que o credo cristão .

          2. (Começa o comentário 1)
            Obrigado pelo link porque, não estar particularmente interessado em Medjgorje, Eu nem vou procurar muitas coisas.
            A questão é: “Todas as religiões são boas?”
            Eu não crio criar problemas teológicos particulares, a segunda parte da resposta que diz que “No mundo, nem todas as religiões são iguais, porque as pessoas não se submetem aos mandamentos de Deus. Eles os rejeitam e os denegrem.”
            Em vez disso, acredito que problemas teológicos podem ser encontrados, por alguns, na primeira parte: “Todas as religiões são iguais diante de Deus. Deus reina sobre eles como o governante em seu reino. “

          3. (Começa o comentário 2)
            O CCC escreve no número 28:
            “Ao longo de sua história, e até os dias atuais, a busca do homem por Deus tem sido expressa de várias maneiras, através de suas crenças e comportamentos religiosos (orações, sacrifícios, cultos, meditações, etc.). Apesar das ambiguidades que eles podem apresentar, essas formas de expressão são tão universais que o homem pode ser chamado de ser religioso: Deus "criou de um homem todas as nações dos homens, porque eles viviam em toda a face da terra. Para eles, ele estabeleceu a ordem dos tempos e as fronteiras de seu espaço, buscar a Deus, se eles vierem a encontrá-lo tateando, embora não esteja longe de cada um de nós. De fato, vivemos nele, nós nos movemos e existimos » (Em 17,26-28).”
            Se ainda não estava claro por que, quando perguntado se “todas as religiões”, a saber “a busca de Deus pelos homens… expresso de várias maneiras, através de suas crenças e comportamentos religiosos”, “ELES SÃO BONS?”
            é respondido que “Todas as religiões são iguais diante de Deus. Deus reina sobre eles como o governante em seu reino.”,
            especificando, no entanto, que na realidade terrena, na implementação prática concreta do “procurar Deus pelos homens” “Nem todas as religiões são iguais”,
            conselheiro para abrir o CCC para procurar pelo menos mais uma dúzia de artigos que tratam de religiões.

          4. Redação, (Começa o comentário 1) e (Começa o comentário 2) eles fazem parte de um único comentário que eu divido em dois por causa dos caracteres disponíveis.
            Se você os publicasse como um único comentário, o significado do que eu queria expressar seria melhor compreendido.
            Obrigado.

          5. Onde é que o “Começa o comentário 2!?
            Não passou no escrutínio da censura porque contradiz o que o chefe disse?

          6. Eu abri e aqui está o comentário pendente: Copio e colo e envio de volta:
            (Começa o comentário 2)
            O CCC escreve no número 28:
            “Ao longo de sua história, e até os dias atuais, a busca do homem por Deus tem sido expressa de várias maneiras, através de suas crenças e comportamentos religiosos (orações, sacrifícios, cultos, meditações, etc.). Apesar das ambiguidades que eles podem apresentar, essas formas de expressão são tão universais que o homem pode ser chamado de ser religioso: Deus "criou de um homem todas as nações dos homens, porque eles viviam em toda a face da terra. Para eles, ele estabeleceu a ordem dos tempos e as fronteiras de seu espaço, buscar a Deus, se eles vierem a encontrá-lo tateando, embora não esteja longe de cada um de nós. De fato, vivemos nele, nós nos movemos e existimos » (Em 17,26-28)."
            Se ainda não estava claro por que, quando perguntado se "Todas as religiões", isto é, "a busca por Deus pelos homens ... expressa de várias maneiras, através de suas crenças e comportamentos religiosos ", "ELES SÃO BONS?"
            é respondido que “todas as religiões são iguais diante de Deus. Deus reina sobre eles como o governante em seu reino. ",
            especificando, no entanto, que na realidade terrena, na implementação prática concreta da "busca de Deus pelos homens" "Nem todas as religiões são iguais",
            conselheiro para abrir o CCC para procurar pelo menos mais uma dúzia de artigos que tratam de religiões.

        2. E, Tenho certeza que enviei, tanto que quando enviei o 1 Maio, esse comentário, junto com outro, ainda parecia aguardar aprovação.
          .

      2. Suponha que Nossa Senhora sempre se expresse (ou espera que ele se expresse) para definições dogmáticas, parece-me uma maneira ilusória de proceder e não isenta de preconceitos (como exigir que o Papa nunca fale fora de controle). De fato, dizer que todas as religiões são iguais diante de Deus pode muito bem ser entendido no sentido de que todos os homens são iguais diante de Deus, independentemente de sua religião, você nem precisa aplicar o princípio da caridade ao ouvir. A segunda frase não deixa dúvidas: “No mundo, nem todas as religiões são iguais”, e também explica por que, “porque as pessoas não se submetem aos mandamentos de Deus”. Os mandamentos de Deus são universais, isto é, católicos, isto é, eles dizem respeito a todos os homens de todas as religiões. O que seria a heresia? E onde e quando, nos seguintes 40 anos Nossa Senhora professou ou espalhou uma fé da Nova Era? Quem já foi a Medjugorje como católico praticante mais tarde se tornou seu filho de flores? por favor, vamos ser fatos!

    2. Como Claudia,

      a Madona Católica nunca teria permitido que leigos desobedecessem a seu bispo!
      Ser rico não é pecado,mas ganhando dinheiro apenas com o turismo de pseudo aparições, a questão cheira mal.
      Jejum e oração também praticam ortodoxos,Judeus e muçulmanos, mas obediência ao seu bispo em comunhão com o papa, é o emblema dos verdadeiros católicos.

      1. Olhar, a Madona Católica não pode impedir que um bispo desobedeça a Deus (Eu falo em geral), e, portanto, nem sequer pode impedir que um leigo desobedeça a um bispo. Além disso, no entanto, não é possível considerar seu argumento conclusivo devido ao fato de que, de qualquer maneira, é mais correto obedecer a Deus do que aos homens; por esse motivo, será possível dizer se houve desobediência real apenas se e quando saberemos se a Madonna falou ou não. Até então, em princípio, a possibilidade de um visionário desobedecer a seu bispo deve ser aceita.

    1. Com todo o respeito : realmente doloroso, enfatizo e sublinho: P-E-N-O-S-A.

      Para um campo de jogo nivelado, a fim de não parecer "tendencioso" ( Tendo a acreditar na veracidade da Medjugoria, mas com muitas "reservas" e todas subordinadas à opinião da Igreja ) Eu digo que existem testemunhos igualmente dolorosos a favor de Medjugorje.

      Mas isso do D Amico é realmente doloroso …..

      1. @Father Ariel

        Caro Don Ariel, isso foi escrito por você :

        "Caro Antonio,

        ela não precisa pegar e escrever todas as postagens que deseja, porque sempre será uma convidada bem-vinda ".

        ——-
        Enviei uma postagem, mas outro idem não apareceu e, pensando que talvez haja um problema técnico, enviei outra me repetindo nos conceitos .
        O único que apareceu é este.
        Se houver um problema técnico, pergunto o contrário, posso perguntar o que há de errado com essas quatro coisas que escrevi. , dado que não há tom arrogante , nem insultos , nem saccenteria ( eles também são mal escritos desde que eu escrevo de I Phone) , nem arrogância nem mais nada.

        Obrigado

        Saudações

        1. Antonio Caro,

          mas ele está convencido de que enviou mensagens?
          Recebemos apenas isso ao qual estamos respondendo.
          Pode ser que ele tenha escrito o texto sem dar “transmissão”?
          Porque eles não vieram até nós.

          Se você os enviar, nós os inserimos.

      2. Obrigado Pai Ariel,
        Concordo 100% com o que você disse em sua análise impecável.
        Se posso, Tenho duas perguntas pelas quais ficaria honrado em receber sua resposta, se você acha que pode me ajudar.
        1) porque o padre Amorth com suas declarações, deu credibilidade ao fenômeno Medjugorje (ao contrário de outros exorcistas), fortalecer a credibilidade dos visionários antes da igreja dar uma opinião (contrariando assim as opiniões dos bispos)?
        2) o que você acha das supostas aparições da Virgem em Anguera (considerando também que os medjugorianos se tornam intratáveis ​​quando Anguera é nomeado)?
        Obrigado Pai, se puder e responderá,
        Caros cumprimentos
        Aqui, l

  11. O que eu não gosto neste artigo é que, enquanto o Magisterium ensina que acreditar ou não em Medjugorje absolutamente não põe em causa a fé católica, sem fôlego para todos aqueles duros e puros que gostariam de todos os excomungados “fanáticos supersticiosos” que olham medjgorje pensativamente e sem fanatismo.

    1. … como prova de que você não viu o vídeo, ou se ele viu, não ouviu, porque isso imputa o que eu não disse, visto que quatro vezes em 45 minutos eu repeti, explicou e esclareceu que muitas pessoas, visitando aquele lugar e indo para orar, recuperou a fé, eles voltaram para a igreja e mudaram suas vidas. E eu expressei tudo dizendo e repetindo que "tudo é indubitável".

      1. Devo notar que existe uma antecâmara mental projetada para filtrar os escritos de outras pessoas. “o uso de golfinhos”: Eu desisto!!!

    2. Não!

      Orenzo,

      a Igreja e seu Magistério não dizem nada além de acreditar em aparições não aprovadas (e, portanto, em Medjugorje) é a mesma coisa, mas ensina que não acreditar nos aprovados não implica nenhuma excomunhão, desde que não sejam denegridos ou negados … dogmas marianos!

      Como você diz, em vez, parece que Medjugorje é aprovado, mas não é esse o caso, e há muitos medjugorianos que também falam de um santuário quando a igreja de San Giacomo é apenas uma paróquia, e é tudo o que o padre Ariel está tentando explicar, sem entrar no mérito pessoal das pessoas que lotam esse lugar.

      1. Cartão. Kuharico ', Presidente da Conferência Episcopal Iugoslava, no final da reunião realizada em Zadar desde 9 em 11 de abril 1991 ele declarou: «Nós Bispos, Após três anos de estudos realizados pela Comissão competente, acolhemos Medjugorje como um local de oração, como um santuário… Quanto à sobrenaturalidade das aparições, dissemos que por enquanto não podemos dizer que existe; ainda temos reservas importantes. Portanto, deixamos esse aspecto para uma investigação mais aprofundada. A Igreja não tem pressa »… então a Iugoslávia entrou em colapso e, talvez, não parecia verdadeiro alguém tirar algumas pedras dos sapatos depois de ser pego na cara…

  12. Pai Ariel Caro,
    Vi o vídeo dele e concordo plenamente com sua reflexão feita por um bom pastor que tenta recordar com autoridade os pobres fiéis da razoabilidade. Entre outras coisas, falo como um ex-medjugoriano convencido, alimentado por anos de Rádio Maria e peregrinações. Então de 2015 Comecei a ter alegações suspeitas e, por uma questão de consistência, investiguei até chegar a suas próprias conclusões com perplexidade e sofrimento.. A verdadeira fé é realmente outra coisa e até a mesma devoção a Maria Santíssima implica um respeito muito diferente, como os santos sempre nos ensinaram.. Eu acredito que o bom Deus realmente me exorcizou dessa falsa devoção, com todo o respeito para aqueles que acreditam em boa fé.

    Concluindo, acredito que estamos na era em que “poder do engano”, como São Paulo chama (2Ts 2,11), está no auge; somente aqueles que permanecem firmes na verdadeira fé em Jesus Cristo, em verdadeira devoção à Mãe Celestial e nos ensinamentos dos pais e santos, ela pode seguir imune e segura.

    cumprimentos

    1. Dear Daniele…Lendo seu comentário, não encontrei tudo “aparência ” nada ilógico até que me lembrei de ativar minha fé e relê-la, senti o cheiro de queima…Afirmo que fiz várias peregrinações, mas não sou uma “Medjugorjano” como neste termo, você só pode definir um assunto retirado de um romance de ficção científica ambientado em Medjugorje. “convencido” Nossa Senhora em Medjugorje não vem para nos ensinar a fé, mas antes, ele volta a despertar a fé em Cristo e sua igreja apostólica vem por si mesmo, como você diz,agora você entende que a verdadeira fé é outra coisa,isso significa que antes de sua fé estar morta ou morta…E então esta é a graça de Medjugorje e este é o grande milagre…Agora você está de volta à verdadeira fé, Viva, ensinado pela Igreja de Cristo. Leia:Lucas 17: 11-19. Dou-lhe alguns conselhos:faça uma última peregrinação a Medjugorje,ajoelhe-se e agradeça a Nossa Senhora por fazer você seguir esse caminho de fé na graça de Deus. agradecê-la, porque é o mínimo que merece…NÃO FAÇA COMO VOCÊ GOSTA 10 LEBBROSE CURADA Retorne para agradecer,então sinta-se livre para abandonar,avaliar e julgar as aparições. Quanto ao bom Deus, eu não acho que foi um exorcismo como a devoção que você teve antes de tê-lo agora, isto é, você sempre professa a APOSTÓLICA ACREDITA. Cuidado com exorcismos,eles nem sempre liberam na primeira tentativa,Eu vi pessoas libertadas,outras mulheres não-católicas não-marianas não libertadas…

  13. Apenas Dorotea e obrigado pai Ariel. Eu a acompanho há algum tempo e isso é uma surpresa muito gratificante para mim. eu também, pelo secular, Eu tento esclarecer os fatos de Medjugorje e muitas vezes fico surpreso com as pessoas com quem falo. Infelizmente, muitas pessoas tomam como certo que as aparições são verdadeiras, mas que a Igreja não pode pronunciar porque os fenômenos ainda estão em andamento.. E é aqui que aproveito a declaração de Zara de 1991 ( que eu esperava que ela mencionasse ). Isso marcou uma postura, embora temporário, quando ele disse que, com base nas investigações realizadas, não era possível dizer que esses eram fenômenos sobrenaturais. Até a questão das peregrinações já havia sido resolvida por cartão. Bertone quando ele disse que eles foram admitidos com a condição de que eles não eram um’ autenticação dos fenômenos. Eu percebi que a refutação ( pelos dois grandes bispos que sucederam Mostar nas supostas aparições) também é apoiado por publicações on-line documentadas de alguns estudiosos sérios do fenômeno . e isso é útil porque alguém pensa que se a igreja não aprovar, é a igreja que está errada ! Como se fosse a aparição que autenticou o’ autoridade, e não vice-versa ! Estou com voce ( e com ela há muitos padres ). graças pai.

  14. Desculpe Pe. Ariel,

    aqui você critica de uma maneira muito aberta p. Livio Fanzaga como um apoiador das aparições de Medjugorie na ausência de um pronunciamento oficial da Igreja; mas então ele faz um artigo como este em que ele emite seu pronunciamento definitivo pessoal, sempre na ausência de um pronunciamento formal da Igreja.
    Penso que, na ausência de um pronunciamento da Igreja, ambas as posições devem permanecer legítimas, mas, em vez, parece que para ela os apoiadores da veracidade das aparições são “fanáticos” de uma nova religião que apóstrofe desdenhosamente “senhora medjugorian”, exceto então reclamando dos insultos que recebe em troca.

    Então eu te pergunto: se então, para hipóteses escolares, A Igreja, dos quais você ainda deseja um pronunciamento (mas, Eu suponho, só porque ele acha que já o conhece) deveria reconhecer a autenticidade das aparições, não há nada que mudaria tudo o que ele escreveu? São, como eu penso, a resposta é não, porque ela só depende de certos fatos, não corre o risco de se encontrar em um conflito lógico-racional insolúvel com a Igreja? Obrigado

    1. Antes de um comentário como o seu, alguém faria a coisa mais simples: excluí-lo sem sequer terminar de lê-lo. E’ o mínimo que alguém faria com alguém que reivindica o direito de não raciocinar, distorcendo todo discurso e toda explicação que eu dei 45 minutos de explicações reconhecidas como precisas e claras, mesmo pelas pessoas – intelectualmente honesto – que pensam bem diferente de mim.
      Mas ela não sabe qual é o raciocínio, senso crítico e acima de tudo honestidade intelectual. Portanto, como os sofistas da liga inferior, leva conceitos que eu expressei claramente, distorce-os, tornando-os obscuros e depois tenta colocá-los contra mim.

      Eu disse a ela que alguém simplesmente cancelaria, mas eu não, do que para o povo de Deus, mesmo para as ovelhas mais teimosas e irracionais, Tenho obrigações morais e pastorais.

      De uma maneira estranhamente sofisticada, você coloca em primeiro lugar o mesmo plano idêntico “autenticidade” e “não autenticidade” definindo ambos “opiniões pessoais”, agarrando grotesco que, desde que a Igreja não foi pronunciada, todos podem pensar nisso como bem entenderem e de uma maneira completamente legítima.

      A tudo isso, ela acrescenta a pior coisa de sempre, que é: o julgamento para minhas intenções, presumindo e imaginando que eu sei o que penso !? Aqui está o que ele escreve …

      "Então eu pergunto a você: se então, para hipóteses escolares, A Igreja, dos quais você ainda deseja um pronunciamento (mas, Eu suponho, só porque ele acha que já o conhece) deveria reconhecer a autenticidade das aparições, não há nada que mudaria tudo o que ele escreveu?»

      Tudo expresso, no final, ele me pergunta se, em caso de possível reconhecimento, Eu não poderia correr o risco de me encontrar "Em um conflito lógico-racional insolúvel com a Igreja".

      Bem eu te pergunto: mas ela, expôs tudo e da maneira que ele expôs, ele realmente acha que pode até recorrer a critérios lógicos e racionais?
      Agora, Eu não espero muito da vida, mas, um mínimo de respeito pela minha inteligência humana, apenas a união mínima necessária, isso sim, Eu finjo, porque acredito que eu devia.

      1. … porque não cita o artigo inteiro na íntegra?
        Porque a primeira parte diz mais, em comparação com o que ela gostaria que ele dissesse com este pedaço.

  15. Na minha opinião, todos os argumentos de dedução relatados no artigo não são diretrizes para demonstrar que “apareceu a” não é a Madonna. Eu gostaria de me limitar ao mais abusado:
    – o luxo em que os visionários viveriam. Madonna – contanto que seja você, É claro – escolheu esses caras como “Apóstolos do meu amor” e disse que eles eram livres para fazer as escolhas de estilo de vida que desejavam (religiosa ou dupla) seguindo a vocação moralmente legítima. Ter essas crianças dedicadas suas vidas ao apostolado do Gospa, e dado que o Senhor disse que o obreiro tem direito à sua recompensa, Eu não acho nada impróprio se, como pais e mães da família, continuaram a fazer o que têm feito desde os primeiros anos (isto é, hospedar peregrinos em sua casa), construindo ao longo do tempo também um hotel para desenhar uma fonte de subsistência, assim como todos os habitantes de Medjugorie. Esta circunstância não pode ser usada para falar de mercadorias sem fazer o mesmo com as lojas religiosas de paccottiglia na Piazza S. Pietro e com todas as instalações religiosas de recepção de peregrinos em Roma ou em qualquer outro lugar.. E ela também, Ariel, fala de Deus neste site para ganhar a vida sem que eu tenha que reclamar., pelo contrário, que Deus merece.
    – os abusos cometidos por alguns frades. Se alguma coisa, isso seria uma prova a favor: O padre Amorth disse que onde a Madona aparece, há sempre o diabo. Pecados e abusos na Igreja nunca arranharam minha fé nela, por que devo usar esse argumento contra a Medjugorie agora?

    1. «E você também, Ariel, fala sobre Deus neste site para ganhar a vida sem que eu tenha nada a reclamar, pelo contrário, Deus lhe dê crédito ".

      Se eu esperasse viver, ou poder fazer apenas as compras de alimentos do estritamente necessário, como pão e leite, com o produto do site desta revista, à qual meus irmãos e eu dedicamos tempo e energia para a edificação do Povo de Deus, Eu poderia facilmente passar fome.
      Os leitores são muito numerosos, as visitas chegam a cerca de / mais de dez milhões por ano, mas as ofertas que nos chegam muito poucos e nós, contrário ao padre Livio Fanzaga, não pedimos dinheiro a cada duas horas de transmissão. Existem detalhes da conta na página inicial, se alguém quiser nos ajudar, ajude-nos.

      Eu 4.000 euros anuais para o domínio, ou os chamados provedor de servidor, minha mãe pagou novamente este ano, porque através dos nossos muitos leitores não os coletamos.

      Mas, se eu, afinal, não escrevo mal e nem deixo de convencer, se necessário, Eu declarei ver a Madonna um dia e ninguém, quem é o guardião dos tremores secretos sobre o futuro da humanidade e assim por diante, Eu já teria levantado várias centenas de milhares de euros.
      Infelizmente, quando as pessoas recebem a verdade, o que também costuma ser bastante amargo, dinheiro nunca vem.

      Stefano, ele pretende continuar com esses discursos e com esses exemplos, um mais infeliz que outro?

      1. Peter gentio, obrigado pela sua resposta. Enquanto isso, gostaria de lhe dizer que a fé não tem nada a ver aqui, nem há nenhum ato de fé nas aparições devido. Aqui apenas são discutidas as razões de credibilidade dos fenômenos que ocorrem em Medjugorje.
        E eu não entendo como, depois 40 anos e após a autorização de peregrinações pela Igreja, ainda pode ser dito com base em uma mensagem ambígua, que em Medjugorje a Madonna apóia o diabo, isto é, o diabo parece aparecer. Se é ele, deve ser convertido, desde que convida à oração, jejum, confessar, ao retornar à igreja, ao Rosário na família, orar pelos pecadores, para os doentes, para o distante, para os sacerdotes, para o Papa, etc., etc., e que a esses convites as pessoas respondem com um fluxo de conversões que não deixam de lembrar o que flui do lado do templo na profecia de Ezequiel.
        Se os tempos em que vivemos não possuem todas as características dos últimos tempos, se não for exatamente o fim dos tempos, talvez Medjugorje perca muito de sua credibilidade e atração espiritual, mas, nas atuais circunstâncias, estes se destacam contra a luz. A Madonna está aqui desde 40 anos não para mensagens, mas orar conosco para que possamos nos preparar para uma prova de que os espíritos mais vigilantes se sentem iminentes e que não podem ser vencidos sem o despertar da fé.
        Sobre o presumido conflito de interesses dos visionários, eu já disse que é um argumento claudicante, e, de qualquer maneira, não existia no início e por muitos anos a seguir.

    2. Sr. Stefano, você realmente não pode ver um conflito de interesses em fazer o “clarividente” e o hoteleiro de peregrinos dedicado à aparição que ele próprio receberia? Você acredita que isso é moralmente legítimo? Deixe que eu, mas eu teria pelo menos reservas sobre isso. E, em seguida, com licença, Entendo que onde a Madona aparece, sempre existe o diabo ... o problema é que, segundo seu raciocínio, a suposta aparição apoiaria o diabo em vez de se opor a ele, desde, em vez de repreender os frades dissidentes, iria apoiá-los. Se isso fosse uma evidência a favor da veracidade das aparições da Medjugorie, então duvido que a Santíssima Virgem apareça.
      Realmente, com franqueza fraterna, Eu digo a ela que, para acreditar neste assunto, a razão deve ser completamente desligada. E você conhece essa fé, não é suportado pelo motivo, não é realmente fé.

  16. “… Portanto, nem os bispos, nem o próprio Papa tem autoridade para chegar à conclusão de que a Virgem realmente apareceu aqui, mas eles nem têm autoridade para impedir que os fiéis acreditem nisso. O Magistério da Igreja é absolutamente irrefutável somente quando afirma que algo está ou não no âmbito daquela Revelação que a Igreja recebeu até o final da era dos apóstolos., encontrado na Bíblia e transmitido. O que não está incluído na Bíblia e nos ensinamentos não pode ser proclamado pelo magistério da doutrina da fé da Igreja., nem conteúdo de uma fé obrigatória. Portanto, somente pessoas ingênuas podem esperar que os bispos resolvam a questão de Medjugorje, para que saibamos exatamente no que devemos ou não acreditar.…” (Artigo de referência publicado na Glas Koncila, Zagreb, 5 Maio 1996)

  17. Não, não, Agora: se o bispo Forte (que bem ..) não reconheceu os dons de pe.. Tomislav fez bem: no antigo p. Vlašić leu este texto de 2009 do bispo de Mostar no site da diocese: https://www.md-tm.ba/clanci/il-contesto-del-fenomeno-di-medjugorje-i
    e em 2009 o ex-frade era apenas um pecador contra sextum, desobediente, capita.. mas agora é cismático: seria um dos 49 membros de um núcleo central (?) carga (com outros núcleos em vários planetas!) converter o universo, com uma garota
    Está bem, NÃO ACREDITO NO BISPO: neste vídeo de 49 O FRIAR FALA: https://www.youtube.com/watch?time_continue=7&v=2W45cIHfja0&feature=emb_logo
    E ele é quem dá 1981 ao 1984 ele conseguiu visões como o pai espiritual dos visionários e que o Gospa recomendaria.
    Não é um ponto de virada: ANTES das aparições, este frade estava ligado a grupos pentecostais onde isso e aquilo haviam sido previstos. Estamos em um clima de nova era, como é (do ponto de vista científico) a estética de Medjugorje.
    A realidade das aparições não importa para mim, Estou interessado na reconstrução histórica de eventos: pré-istoria (= Questão Herzegoviniana); novas experiências da era; experiência confusa das crianças (no começo eles são confusos); apresse-se para Medjugorje depois 4 dias, o 29 Junho de pe.. Vlašić, que assume tudo sob controle; sua influência. A sequela, dinheiro, hotéis, fofocas etc.. não é estranho, como radio-Maria, peregrinações (meus pais foram lá também), dança do sol. Coisas teológicas ou fofocas, mas os fatos são fatos.
    Ninguém estuda, comissões…

  18. De, apenas para apontar. L'exp. Tomislav não é apenas um herege e cismático, e, de fato, a diocese de Brescia alertou os seguidores que correm o risco de interditar (a questão seria que alguém está fora da Igreja e privado dos sacramentos). https://www.bresciatoday.it/attualita/ghedi-santuario-ufo.html
    Faça o seu (e eles; yo para você. Sou excomungado ipso facto pela Conferência Episcopal Alemã por não ter pago Kirchensteuer – 8 bilhões por ano – como contribuinte alemão: na declaração de imposto que eu riscou “religião nenhuma” x não pague; e eu não sou arrependido).
    Bastante (objectivamente) 1) ou op. Tomislav é ignorante da teologia, ou 2) ele e Nossa Senhora são, terceiros:
    Eu explico. O 6.05.1982 o frade escreve em sua Crônica (Verificado): um vidente perguntou à Madona se os abençoados no céu estão presentes na alma ou na alma e no corpo. Nossa Senhora teria respondido “o segundo que você diz”. Ele relata sem comentar. Até as crianças sabem que a ressurreição de corpos ocorre no final dos tempos., enquanto agora os abençoados têm a visão beatífica, mas são almas.
    Portanto, O:
    1) um vidente estava errado ao relatar (capita), mas o diretor espiritual teve que corrigi-lo ou pelo menos escrever que ele estava errado: não tendo feito isso, o próprio diretor é tão ignorante quanto uma CABRA (bom guia).
    Caso contrário:
    2) Nossa Senhora cometeu um erro teológico (!) e o diretor não percebeu: Madonna, visionários e diretor todos ignorantes como cabras.
    PS. Falo de elementos objetivos da teologia, não disquisisco: PESQUISA.

    1. Ele faz muito bem em não pagar Kirchensteuer, até que a Igreja Católica alemã continue se comportando como uma empresa.
      Obrigado pelo seu comentário.

    2. Todas as contradições que surgiram neste e nos artigos anteriores sobre a farsa da Medjugoria , eles são suficientes e avançam para fechar esse circo . No Vaticano eles sabem disso. Mas receio que eles não saibam lidar com a reação previsível dos milhões de fiéis gospari. . Don Ariel está certo quando destaca o fato de que deveria ter intervindo com mão firme desde o início . Em vez disso, eles deixaram passar e agora o fenômeno com seguidores mundiais é incontrolável. Não é um santuário, mas uma paróquia, mas "de fato" permitiu que funcionasse como um santuário. É um erro ter permitido a realização de peregrinações marianas oficiais, embora com a distinção de não conectá-las a pseudo-aparições. De fato, eles fizeram o idólatra gospari saltar para a frente . preocupante.

  19. Aqui também temos um padre que se comporta de uma maneira e seu bispo de outra (ao contrário de outros bispos fora da Itália):

    https://www.adnkronos.com/fatti/cronaca/2020/04/25/parroco-multato-mio-caso-coi-carabinieri-chiesa-finisce-parlamento_el23iURiE9ojgGr7W0HosN.html?refresh_ce

    No entanto, resta saber qual dos dois realmente dá o exemplo do testemunho cristão…
    Para Medjugorje, Observo que não era exatamente saudável inventar uma história desse tipo sob um regime comunista que já havia perseguido a Igreja de maneira sangrenta.. E é bizarro achar impossível prever guerras que realmente aconteceram quando ninguém as esperava. E acho irracional dizer: toda a culpa de Satanás, então Deus também converte pessoas. Por isso, zombamos do próprio Deus, que usaria uma farsa por tanto tempo. Aparições marianas sem reconhecimento formal são abundantes ao longo dos séculos. objeção: eles estão em Medjugorje há muito tempo. Então o que? Nossa Senhora também falou com Laus anos depois. Afinal, Não encontro nada satânico nesta mensagem: https://www.papaboys.org/medjugorje-messaggio-della-gospa-25-aprile-2020-a-marija-non-permettete-che-la-prova-indurisca-il-vostro-cuore/

    1. Um dos principais oradores da heresia modernista, o presbiteriano romano Ernesto Buonaiuti, mais tarde excomungado e finalmente descarregado do estado clerical, em 1930, três anos antes de Adolf Hitler chegar ao poder, previu o início de uma segunda guerra mundial pior e mais sangrenta do que a primeira e profetizou que a Alemanha seria a causa. E aquela guerra eclodiu, iniciado pela Alemanha, que em 1939 invadiu a Polônia.
      De acordo com ela, isso não basta para beatificar Ernesto Buonaiuti e com ele o modernismo?
      Eu apliquei exatamente o mesmo critério lógico que o seu.

Deixe uma resposta

seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

 caracteres restantes

Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.