I Neocatecumenali, a conquista da Ásia, graças ao braço armado de seu “idiotas úteis”, Eles ganharam a batalha, no entanto, continua a ser uma questão: dúvidas razoáveis ​​sobre a validade das ordenações sagradas …

- notícias Church -

EU NEOCATECUMENALI, A conquista da Ásia, graças à sua ARM ARMADO "idiotas úteis", Eles ter vencido a batalha, Mas permanece UMA PERGUNTA: Dúvida razoável quanto à VIDA ÚTIL DA ORDEM SACERDOTAL …

.

O que eles têm inventado, Kiko Argüello e sua família, contando com o braço armado de seus "idiotas úteis"? Em deferência à verdade, é preciso admitir que Kiko Argüello venceu a batalha. E não apenas um, porque ele ganhou cem. Podemos também dar-lhe a merecida honra de armas, porque no geral ele também merece. Mas seja claro: venceu a batalha, não ganhou a grande guerra. Porque a vitória da grande guerra, já foi atribuída a Cristo, o Senhor, pelo Abençoado Apóstolo João, que nos disse com avanço profético no Livro do Apocalipse. E se eles realmente não convertem, Kiko Argüello e seus "idiotas úteis"; se eles realmente não pedem perdão, para o imenso dano que trouxeram e que eles continuam a suportar a Igreja, para a sua, após a grande guerra vencida por Cristo Senhor, infelizmente, haverá choro e ranger de dentes. O que isto que os verdadeiros crentes estão com medo animado pelo santo temor de Deus, o “idiotas úteis”, non so …

.

Autor
Ariel S. Levi Gualdo

.

.

PDF artigo formato de impressão

 

.

.

O lendário Mary Poppins, que desce do céu com seu guarda-chuva e o chapéu …

os Sacramentos, exceto para o Batismo, onde o bebé está apresentada para o dispensador de Matriz de graça para ser lavada a partir da mancha de pecado original, produzir a sua acção eficaz de poupança primeiro encontro com a liberdade do homem. Apenas por exemplo, pensar no Sacramento do Matrimônio, cujos ministros são o próprio casal, que é baseado em consentimento livre [CF. Catecismo da Igreja Católica, NN. 1621-1632].

.

Há apenas Sacramento que é exigido por outros para o benefício de um recém-nascido, e é batizado. Portanto, a não ser para pedir o batismo não é um adulto, a pergunta feita aos pais que têm a criatura é o seguinte: "O que pedis à Igreja de Deus?». responder os pais: "Batismo".

.

batismo É, portanto, que a ação da graça que os pais pedir a Santa Igreja para seu filho, de modo que é purificado a partir do mancha de pecado original. batismo, É uma decisão tomada por outros em uma criança incapaz de compreensão e dispostos? É, talvez, uma imposição feita pelos pais na criança, vêm em idade adulta, poderia decidir, exercitar seu raciocínio gratuito, em vez de não pertencer à Igreja Católica? Não seria melhor - como agora eles suportam pais diferentes - que é ele, da adulto, para decidir se quer ser batizada ou não, evitando assim que os pais tomem as decisões por ele como um adulto pode não gostar, por isso não reconhecem?

.

Estas perguntas, aparentemente razoável, na verdade, eles dependem de sua total falta de razoabilidade. É fácil de dizer porque: as decisões que os pais assumem um recém-nascido ou uma criança, Eles são realmente muito. incidentalmente, Os pais também são amarrados e obrigados a tomar, estas numerosas decisões, muitos dos quais se destinam a afetar a vida futura da própria criança.

.

Com um exemplo concreto e peregrino agora nós tentamos deixar claro tudo: para o aparecimento de uma doença grave, há o problema doloroso de ter que amputar um membro para um bebê de poucos meses. O membro não pode ser salvo e se você não fornecer amputar, Haverá uma gangrena inevitável. razoavelmente: o pai iria responder que, antes de amputar um membro, é bom que o bebê crescer e adquirir as habilidades cognitivas necessárias, em seguida, decidir se deve se privar de um membro ou não? Qual pai responderia afirmando que não pode correr o risco de se encontrar amanhã na frente de um filho adulto que o repreende por ter consentido na amputação de um membro contra sua vontade?

.

O pecado original, para nós Fideles Christi é algo que deve ser cortado para evitar gangrena da alma. Por esta razão, os pais pedem à Igreja de Deus o Baptismo.

.

Os outros sacramentos em vez disso, eles implicam vontade e consentimento deliberado, mesmo quando se trata de crianças. Na verdade, se uma criança se recusasse a receber a Primeira Comunhão, ou se um adolescente não deseja receber a confirmação; se o primeiro manifestou que não acreditava na Eucaristia e o segundo no Espírito Santo e suas ações de graça, ou o sacerdote ou o bispo iria obrigá-lo por não receber estes sacramentos, na verdade, dissuadi-los de receber o seu, se eles são, respectivamente, um padre e um bispo católico. Quantas vezes eu mesmo - e como eu muitos dos meus irmãos que consideram real e substancialmente os sacramentos da graça para o que são - temos dissuadido o jovem cristão tinha nada, de celebrar o casamento sacramental, considerando que eles não acreditavam conta própria para Sacramento, eles achavam que a igreja apenas uma palco, eo sacerdote que tinha recebido o seu consentimento e abençoou o casamento nada, mas a aparência de uma esquete teatral? E quantas vezes aconteceu que esses padres respeitosas dos Sacramentos, que exigia o mesmo respeito pelos sacramentos mesmo dos não-crentes, eles tiveram que sofrer a reprovação do bispo clássico “árido oficial”, quem mais ou menos os atacou dizendo-lhes: “Não seja tão rígido!»?

.

O Sacramento da Penitência, confissão sacramental, a fim de tornar efetiva a ação da graça nele contida, requer um requisito fundamental essencial: arrependimento. Um padre também pode recitar a fórmula sacramental da absolvição dos pecados cem vezes, mas se o penitente não está arrependido, essas palavras valem exatamente tanto quanto a canção infantil mítica babá Mary Poppins cantando para as duas crianças: «Supercalifragilistichespiralidoso» [veja, Quem].

.

Agora chegamos ao Sacramento das Ordens Sagradas, já que hoje seria bom fazer algumas perguntas terríveis que, até sessenta ou setenta anos atrás, Eles constituiriam trabalhos acadêmicos com base em elementos considerados per se absurdo, tanto em termos de sacramental dogmática e na da Disciplina dos Sacramentos regulados pelo Código de Direito Canônico.

.

Mesmo para o sacramento da Ordem, Os requisitos são mínimos. Mas, estes requisitos mínimos devem ser cumpridos. Mesmo neste caso, procede-se com um exemplo: um bispo pode levar o aluno a um yeshivah Judaica - isto é, uma escola rabínica -, ou o aluno de uma escola teológica Calvinista, organizado por vários motivos e razões para receber a Ordem Sagrada, e sacerdotes hallow?

.

Primeiro de tudo, não vamos ser batedores, ou como está na moda dizer nos dias de hoje: "legalistas Áridas". É verdade que o primeiro destes dois assuntos, o judeu, não acreditam na divindade de Cristo, enquanto o segundo, calvinista, Ele não acredita que o sacerdócio apostólico e da Sagrada Eucaristia. Mas, Se, por razões de vários tipos - que nada têm a ver com a sua adesão à fé católica;, Eles decidem e concorda em ser sacerdotes consagrados, onde está o problema? Ou talvez nós não devemos ser "aconchegante" e "incluindo"?

.

Certain, o "fariseu sombrio" contemporânea pode perguntar: sem o fundamento da fé e plena adesão à verdade da fé católica;, estes dois, foram verdadeiramente sacramento da Ordem? Portanto: são dois sacerdotes em todos os sentidos, Depois que o bispo, na observância dos livros litúrgicos ea Disciplina dos Sacramentos, impôs as mãos e rezou sobre eles a oração de consagração?

.

Se esta pergunta alguém quer dizer sim, afirmando que a ordenação é válido porque ocorreu de acordo com todas as regras previstas, de modo que os dois, eles são crentes ou não, sacerdotes foram consagrados, então, nesse caso, poderíamos dizer: o Senhor que durante a celebração usava na cabeça um cocar chamado mitra, e empunhando uma chamada equipe pastoral, na verdade era Mary Poppins com seu chapéu na cabeça, Ele está exercendo seu guarda-chuva nas mãos e cantando e dançando alegre: «Supercalifragilistichespiralidoso».

.

Para o padre recém-ordenado ajoelhou-se diante dele, entrega Bishop dados em boa fé, o pão eo vinho para a celebração do mistério sagrado. Entregando-lhe as ofertas dizer estas palavras:

.

"Recebe o Espírito Pessoas oferece o sacrifício eucarístico Entenda o que você vai fazer, imitar o que você comemora, confirma a sua vida ao sacrifício da cruz de Cristo " [De Rito de ordenação de sacerdotes].

.

Pergunta para a qual não tenho respostas para dar, por que os outros a ter poderes para responder, do Prefeito da Congregação de Propaganda Fide, que é creditado por ter feito mais um trabalho de devastação, como veremos em breve ... eis a questão: Qual é a percepção da Santa Eucaristia, infundido e transmitido durante todo o ciclo de formação para os seminaristas de Seminars mãe, que vêm de famílias neocatecumenais que foram criados e educados no Caminho Neocatecumenal em que o sacrifício eucarístico é relegada, os dois fundadores da seita, com "um elemento ligado Eucaristia para apadrinhar a mentalidade pagã", que "quebrou depois de Constantino" e garantir que "a massa de pessoas pagãs viu a liturgia cristã, com seus olhos religiosos, enfrenta com a ideia de sacrifício "? [CF. Orientações Kiko Argüello e Carmen Hernández catequistas do Caminho Neocatecumenal, em uso desde o ano 1972 e reeditado em 1988, pp. 321-323].

.

Os dois fundadores do Caminho Neocatecumenal, Eles não passaram por décadas uma concepção deformada e deformando da Missa, negar abertamente o elemento de sacrifício na forma de doutrina calvinista herética, desestruturação todos os próprios fundamentos da dogmática sacramental?

.

Está tudo documentado. Mas não é só: Você talvez nunca tenha corrigido publicamente com os erros? nada: eram sua, gangrena em suas heresias, que têm repetidamente declarado erro bispos, Sacerdoti , teólogos e fiéis leigos ao dogma e obsequioso Depósito da Fé, como se costuma dizer "ainda não aberto e pronto para verdadeiro mistério da Páscoa».

.

Na falta de quaisquer requisitos uma percepção correta e depois da adesão plena de fide o dogma da Santíssima Eucaristia; possivelmente faltando a percepção correta do que realmente é realmente o sacerdócio católico, incluindo o fato de que ele é sério e genuíno Heresy erro, como ensinado Kiko Argüello, que "todos somos sacerdotes" [CF. Orientações, pp. 56-57], como, podemos falar de validade plena e perfeita da Ordem são conferidos às pessoas, sem dúvida, mais digno, em termos humanos, mas na verdade o "não-crentes", do espiritual? Em um elemento deformado antes da família, em seguida, a partir de neocatecumenais catequese, em seguida, por um neocatecumenale seminário, em cuja alma foi inculcado e enraizada essas heresias não abjurou e nunca corrigido dos dois fundadores, como eficácia objetivo Bishop pode entregar as ofertas do povo de Deus dizendo:

.

"Recebe o Espírito Pessoas oferece o sacrifício eucarístico. Saiba o que você vai fazer, imitar o que você comemora, confirma a sua vida ao sacrifício da cruz de Cristo ".

.

percebemos, que estamos lidando com um absurdo, um verdadeiro paradoxo? Que este sacerdote primeiro foi formado pela família e mega-catequistas, em seguida, em um seminário para comemorar o "jantar" Neocatecumenal de acordo com todas as armadilhas piores infusões heréticas em Movimento por Kiko Argüello e Carmen Hernández; infusões e, Repito, Nunca abiurati e correcta. Como pode o bispo dar-lhe oferece para o "sacrifício eucarístico", considerando que esta palavra é definitivamente proibido, no Caminho Neocatecumenal, porque a massa não é um sacrifício, mas a renovação da refeição da Páscoa, durante o qual os irmãos estão tendo uma festa em torno da bagunça alegre? Queremos perceber, a prova provada e documentada dos fatos,Kiko e Carmen fez formação catequese aos seus catequistas-zombando de mega por décadas o conceito de transubstanciação eucarística [CF. Orientações, uma vez. 325], up call com desdém irônico "Sacramento" os adoradores do Santíssimo Sacramento? [CF. Orientações, uma vez. 317]. Em conclusão: se um candidato para as ordens sagradas tinha uma percepção Católica é da Santa Eucaristia é o Sacerdócio, não seria capaz de se tornar um padre, um seminário Neocatecumenal, nem nunca poderia ser um padre, nas Comunidades neocatecumenais. Exatamente como poderia não ser um padre em uma das várias igrejas ortodoxas, se ele considerava o Romano Pontífice dotado com o Potestas completo e absoluto sobre toda a Igreja, e se considerado válido e apenas o conceito de filioque inserido em bandeiras da Igreja Católica.

.

E foi assim que descobrimos, durante as ordens sagradas, em um canto da capela-mor, não muito longe do bispo ordenante, Kiko Argüello com sua apaixonada canto da guitarra: «Supercalifragilistichespiralidoso».

.

Dito isto, é claro, estamos fazendo um legítimo acadêmica especulação teológica, para que ele não é nem para pleitear ofendido, nem para declarar prejudicado em sua cardeal majestade, nem fazer o suficiente para que eles não são de forma alguma exigida para descer de sua Olympus para abaixar os níveis dessas respostas que procuram. Na verdade, é para dar respostas a esta pergunta, que é simples e fácil de fugir: onde falta a plena adesão aos princípios da Igreja Católica, uma percepção correta da Santa Eucaristia e do sacrifício eucarístico da missa e uma percepção correta do sacerdócio católico, podemos falar de validade inquestionável de ordenações sacerdotais de assuntos deficiente destes fundamentos básicos da fé, uma vez que induziu a rejeitar-se como errados estas fundações, a partir da Eucaristia entendida como um sacrifício de graça santificante? É tão difícil, responder a uma pergunta como?

.

O Cardeal Fernando Filoni, Eu reconheço que não sou um padre e teólogo, mas um vagabundo que acamparam na Praça de São Pedro e pissing e defecou sobre o mármore sob colunata de Bernini [CF. Quem], porque talvez, nesse caso, Considero bastante digno de resposta, pelo contrário: à noite também vai correr Cardinal Konrad Krajewski para me trazer café, se não for cometido, é para se juntar a luz em algum centro comunitário ocupado [CF. Quem].

.

Desde que se diz que o pior não é apenas sem fim, assim como eu estava me preparando para fechar o esboço deste livro, veio uma notícia desanimador para dizer o mínimo:

.

"A Congregação para a Evangelização dos Povos estabeleceu oficialmente o Colégio mãe para a evangelização na Ásia, com sede em Macau, confiando sua gestão para Caminho Neocatecumenal. A faculdade foi estabelecida por um decreto assinado pelo Cardeal Fernando Filoni, prefeito da Propaganda Fide, o 29 Junho, após uma audiência com o Papa Francis. A "faculdade mãe para a Ásia "vai abrir as suas portas em Setembro, com um grupo de estudantes de diferentes países do mundo. A iniciativa pretende responder ao apelo de João Paulo II, na carta encíclica a missão, Ele marcou o continente asiático como uma área geográfica, "Para que deveria ser principalmente o missão de nações" (n. 37)» [L'Osservatore Romano, edição 29 Julho 2019, texto Quem].

.

Para entender melhor é necessário salientar que o atual Prefeito da Congregação de Propaganda Fide, Cardeal Fernando Filoni, antes de ser consagrado bispo participou como um sacerdote para os cursos de catequese do Caminho Neocatecumenal, assim como o atual arcebispo Giovanni Pietro Dal Toso, Secretário de Propaganda Fide e presidente das Pontifícias Obras Missionárias.

.

Aqui é o elemento perturbador: Seminário New Macau, Não é um dos seminários mais simples e muitas mãe gerido pela Neocatecumenal. Na verdade, é um seminário local sob a jurisdição direta da Congregação de Propaganda Fide. Ou para esclarecer: Ela não depende da jurisdição do bispo diocesano ou as directivas dadas pela Conferência dos Bispos locais para a formação de sacerdotes; este seminário vai depender diretamente de um dicastério da Santa Sé. A este respeito,, Cardeal Fernando Filoni, em sua entrevista relatado por L'Osservatore Romano, Ele descreve este trabalho como uma experiência real de "descentralização" de Propaganda Fide, fazendo isso:

.

« [...] Não é impossível, amanhã, nascido como aquele outro Boards, promovido pela Congregação, em outros continentes.

.

Este seminário em Macau Foi inaugurado sob a jurisdição direta do Dicastério competente da Santa Sé, após o Neocatecumenal têm repetidamente falhou em dar o embarque para o pequeno, mas rico Igreja Católica do Japão.

.

poderia ele, O "messias" Kiko Argüello, aceitar uma derrota, ele é Senhor de todas as coisas visíveis e invisíveis? Mas mais uma vez a corrida para conquistar o pequeno, mas rico Igreja Católica do Japão, novamente diferenciada. Aprendemos diretamente pelo Arcebispo Metropolitano de Tóquio, S.E.. Mons. Isao Kikuchi, que em agosto 2018 Ele disse ter recebido uma carta do cardeal Fernando Filoni informando-o da próxima ereção no território da sua diocese um seminário mãe empregado directamente pela congregação de propaganda fide. Ou dito em outras palavras: colocá-lo fait accompli. O arcebispo declarou-se muito confusa, antes que a carta, Nasceram-lhe, Nascido H.E.. Mons. Peter Takeo Okada, seu antecessor, Eles foram, de facto, sido consultado a esse respeito. Tendo esclarecido tudo em suma, é bom lembrar aqueles que estavam entre os 2008 e 2010 os eventos dolorosos em que os bispos japoneses se envolveu com o Caminho Neocatecumenal, que terminou com o fecho disposto no 2008 pelos bispos do Japão de seu seminário abertas em Takamatsu Diocese em 1990.

.

Mas desde que o Neocatecumenal, que parte da cultura delicado do Japão mudou-se como elefantes bêbados em uma vitrine de cristais, eles continuaram implacável para criar divisões e danos entre os fiéis, em 2010 Ele foi ordenado pelo Conference of Japan Episcopal de suspender qualquer tipo de seus negócios em todo o país. Em conclusão: na verdade, eles foram declarados "sujeito indesejável" e expulso.

.

Esta carta imprevidente do Cardeal Fernando Filoni, pelo orgulho Episcopado japonês ele foi recebido e sofreu como uma tentativa desajeitada de Lay Kiko Argüello e seus settaristi igualmente ferozes leigos, a ter vencido todos os pronunciamentos japoneses nos custos, desta vez usando o amigo braço armado de uma figura, na linguagem política, tem sido usado para indicar com termo técnico e não em todos ofensiva "idiota útil".

.

Qual será o próximo passo, destinada a destruir através neocatecumenalizzazione forçado Igrejas asiáticas, alguns dos quais, seu profundo amor dedicado em Roma, que muitas vezes paga ao preço de perseguição e derramamento de sangue? como será, de curvar-se da seita de neocatecumenalesimo? Graças ao meu amigo "idiota útil" é, talvez, colocar seminários neocatecumenais abertas para funcionários e explodiu diretamente de Roma, dados os resultados anteriores de elefantes bêbados caminhando para a delicada Japão copos, evitando mais encerramentos e expulsão promulgadas pelas bispos? Em terras de missão asiáticos, Talvez ele vai continuar a erguer o vicariato apostólico confiado para colocar Neocatecumenal, que irá gerir os bispos e padres neocatecumenais neocatecumenais assados ​​no seu serviço a este herética multinacional, você pode usar a "Fábrica de sacerdotes" de Seminários mãe, concedido a eles com prudência questionável pelo Sumo Pontífice João Paulo II? As decisões administrativas e pastorais que - bem em lembrar esse imenso exército de ignorante -, Eles não se enquadram no âmbito do exercício do magistério infalível nem são dogmas que requerem, como tal, adesão plena de fé. Deus não permita que o reconhecimento oficial da seita Neocatecumenal fez em 2012 pelo Conselho Pontifício para os Leigos, foi colocado, em um nível dogmático, portanto, como uma obrigação para os crentes de aderirem totalmente à fé, entre o dogma da Imaculada Conceição e o dogma da Assunção ao Céu da Bem-Aventurada Virgem Maria! Se então João Paulo II foi canonizado, como gritam alguns neocatecumenais, então elevado às honras dos altares, é bom lembrar que a Santa Igreja não canonizou todos os seus pensamentos, decisão, escolha e suspiro; a partir da infeliz concessão que fez à seita neocatecumental para abrir o protótipo de seu primeiro seminário mãe em Roma em 1988.

.

O que eles têm inventado, Kiko Argüello e sua família, contando com o braço armado de seus "idiotas úteis"? Em deferência à verdade, é preciso admitir que Kiko Argüello venceu a batalha. E não apenas um, porque ele ganhou cem. Podemos também dar-lhe a merecida honra de armas, porque no geral ele também merece. Mas seja claro: venceu a batalha, não ganhou a grande guerra. Porque a vitória da grande guerra, já foi atribuída a Cristo, o Senhor, pelo Abençoado Apóstolo João, que nos disse com avanço profético no Livro do Apocalipse. E se eles realmente não convertem, Kiko Argüello e seus "idiotas úteis"; se eles realmente não pedem perdão, para o imenso dano que trouxeram e que eles continuam a suportar a Igreja, para a sua, após a grande guerra vencida por Cristo Senhor, infelizmente, haverá choro e ranger de dentes. O que isto que os verdadeiros crentes estão com medo animado pelo santo temor de Deus, o “idiotas úteis”, non so …

.

a Ilha de Patmos, 31 Julho 2019

.

A MENSAGEM AOS LEITORES: PUBLICAÇÃO UPCOMING

Informamos que imediatamente após 15 Agosto o livro de Ariel S. Levi Gualdo na seita Neocatecumenal. É uma totalmente construída em documentos de texto positivas e testemunhos autênticos igualmente documentados. em cerca de 280 páginas de texto é antes de tudo feita uma análise histórica rigorosa, Teológica e jurídica desse fenômeno, Embora mergulhada heresias sempre graves, Ele poderia proliferar como uma seita intra-eclesial perigosa, infelizmente, contando também com a fraqueza dos papas recentes, condicionado contra a sua vontade por uma igreja e situação eclesiástica gerenciável, derramando agora em um estado de declínio profundo e, infelizmente, irreversível. O trabalho de Ariel S. Levi de Gualdo foi dedicado à memória de dois padres veneráveis ​​e teólogos romanos: o Servo de Deus Pier Carlo Landucci [1900-1986] e Pai Enrico Zoffoli C.P [1915-1996], quem primeiro denunciou com previsão profética, embora desnecessariamente, a heresia grave e perigosa do Caminho Neocatecumenal.

.

 

.

.

Visite nossa loja Librario e apoiar o nosso trabalho e comprar nossos livros publicados: Quem

.

.

 

.

.

«Você saberá a verdade, ea verdade vos libertará» [GV 8,32],
mas trazer, difundir e defender a verdade não só de
riscos, mas também os custos. Ajude-nos a apoiar esta ilha
com as suas ofertas através do sistema Paypal seguro:









ou você pode usar a conta bancária:

a pagar a Editions A ilha de Patmos

IBAN TI 74R0503403259000000301118
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ isoladipatmos@gmail.com ]





Acerca de Pai de Ariel

Ariel S. Levi di Gualdo Presbitero e Teologo ( Clique no nome para ler todos os seus artigos )

133 thoughts on "I Neocatecumenali, a conquista da Ásia, graças ao braço armado de seu “idiotas úteis”, Eles ganharam a batalha, no entanto, continua a ser uma questão: dúvidas razoáveis ​​sobre a validade das ordenações sagradas …

  1. Boa noite eu diria uma noite de reflexão
    Eu sou um católico romano e também eu com minha esposa após muitos anos de cuidado pastoral paroquial e organização de várias atividades paroquiais como responsável, entramos no NC mesmo que com muitas dúvidas, vindo do nosso treinamento, Eu acólita esposa graduada ensina religião.
    A relação com o pároco neocatecumenal, muito bom porque um dos poucos conhecidos aberto a tudo e com ele a relação de esclarecimento sempre esteve lá, e ele entendeu quando Kiko e quem para ele estava falando bobagem.
    A paróquia que naquela época estava aberta era uma das que estavam em Roma que estava se recuperando segundo o bispo da época.
    Assim que o pároco foi mudado, as comunidades entraram em um novo estado…uma seita! E daquele momento em diante não pude deixar de apontar o absurdo que os vários catequistas diziam e replicaram vigílias pascais da série A neocatecumenal paroquial série B para deixar claro que o valor da Eucaristia é imenso, independentemente de ser celebrada pelo padre sozinho em um canto do mundo ou pelo pontífice! O fato é que sobre 4 anos atrás depois 15 anos quando ficou claro que agora era apenas uma seita …Eu deixei.

  2. Massimiliano C e seu parceiro Averroe ', você é patético, você mudou o cristianismo para seu próprio uso e consumo.
    Você ataca o padre Ariel porque sabe que ele está falando a verdade, uma verdade que está perto de você que contradiz a maioria de suas mentiras de mais de cinquenta anos.
    Seu plano evidente é desacreditar o homem e o padre a fim de desacreditar as verdades que ele conta.
    Isso faz o caminho de 50 anos, quando você diz a ele verdades desagradáveis, ele não entra no que você diz, mas tenta destruir a pessoa.
    É a sua distorção do conceito neocatecumenal de verdade.
    A verdade é apenas o que afirma o caminho neocatecumenal, na pessoa de seu fundador e em cascata toda a hierarquia dos catequistas neocatecumenais.
    O que os catecúmenos dizem são apenas julgamentos.
    o “idiotas úteis” eles são apenas servos inúteis, escravos deficientes para dizer a verdade.
    A Igreja denuncia e combate o pecado, mas ame o pecador,no caminho que você ama o pecado e louva o pecador.
    Você não faz nada contra o pecado, pelo contrário, obrigue quem sofre a aceitar as desculpas de quem o faz e obrigue a vítima ao silêncio, sem reclamações mesmo em…

  3. (por correspondência Romana Roberto de Mattei 20 Junho, extrair).
    Evangelização segundo o atual pontífice e o passado
    …O documento insiste que a "cosmovisão" amazônica contém uma "sabedoria ancestral, reserva viva de espiritualidade e cultura indígena " (n. 26). Portanto, “Os povos originários da Amazônia têm muito a nos ensinar. (...) Os novos caminhos da evangelização devem ser construídos em diálogo com estas sabedorias ancestrais nas quais se manifestam as sementes da Palavra ”. (n. 29). A riqueza da Amazônia é que ela não é monocultural, mas para ser «um mundo multiétnico, pluricultural e plurirreligiosa " (n. 36) com o qual é necessário dialogar. Os povos da Amazônia, “Eles nos confrontam com a memória do passado e as feridas causadas durante longos períodos de colonização. Por isso o Papa Francisco pediu “humildemente perdão, não apenas pelas ofensas da própria Igreja, mas pelos crimes contra os povos indígenas durante a chamada conquista da América ". Neste passado, a Igreja às vezes foi cúmplice dos colonizadores e isso abafou a voz profética do Evangelho " (n. 38).
    Burro carregando relíquias

  4. Caro pai Ariel , Eu realmente acho que você atingiu o alvo.
    Com certeza vou comprar seu livro , na esperança de ser mais informado sobre isso, a fim de levar esses fatos ao conhecimento de outros fiéis.
    Infelizmente, porém, só pode ser escondido no grande barco da Igreja Católica , existem outros grupos ou movimentos no odor de heresia, se não pura apostasia.
    Neste momento triste da Igreja, tenho grandes dúvidas e tormento interior …como posso me confessar… ou receba a Eucaristia …por um clérigo deste tipo ….um falso sacerdote e provavelmente também inválido do ponto de vista sacramental ? O mesmo quando eu poderia me encontrar na frente de um padre gay ou mesmo um pedófilo ?
    E se eu acho que existem até bispos e cardeais desse tipo, me sinto mal.

    Eu sinto que estou vivendo em um grande circo …onde todos nós tiramos sarro de nós mesmos .. ….e’ uma tentação eu sei …..

  5. Obrigado Pai Ariel

    Eu estive 25 anos no caminho, acabado, foi para Jerusalém, bebeu leite e mel…. e então saiu. Eu redescobri a importância da Eucaristia de um pecador público que humildemente se absteve de receber a Sagrada Comunhão, mas continuou a ir à missa em que acreditava, apesar de sua situação.. quanta humildade quando olhou para a Eucaristia: ele foi movido.
    Eu fico com lágrimas ao pensar nisso e espero que o Senhor o encha com seu amor.
    Vou ler seu livro.

    Carinhosamente…. pelo que vale a pena.. Eu te saúdo

  6. Como um estranho, tanto no que se refere ao tema tratado como no que diz respeito ao”humildade”, Don Ariel te fez preto.
    Alexandre parecia dolorido,
    Averro é patético.

    eu devo admitir, mas, aqueles sites “Religioso” eles são divertidos.

  7. Uma grande tristeza. É o que se sente ao ler a escrita do Padre Ariel (por como somos reduzidos), e ainda mais lendo certos comentários de autointitulados cristãos ... Como foi possível ir tão longe? Quanto ao outro problema de inadequação (de vários pontos de vista) de muitos padres, Tenho medo que seja só medo. Medo de que os fiéis diminuam (então está tudo bem e o oposto de tudo, qualquer movimento, carisma, contanto que ele se declare católico); medo de perder jovens (e, portanto, qualquer excesso é aceito na liturgia); medo de não ter mais padres (então todos aqueles que pedem são ordenados, se eles são apropriados para o ministério ou não). O medo tira a clareza, te faz fazer escolhas ruins, isso leva a compromissos inaceitáveis. E se tentarmos confiar no Senhor em vez disso? Se ao invés tentarmos ser fiéis a Ele, mesmo que isso implique uma redução da Igreja? As dietas são saudáveis ​​e depois de uma dieta você está de volta em melhor forma do que antes. Alberto está certo, Pai Ariel! Você continua escrevendo, este blog é seguido por muitos padres. Mas não perca tempo respondendo àqueles que não querem entender: não vamos jogar pérolas para porcos.

  8. E’ interessante que, enquanto muitos artigos da revista permanecem sem comentários, quando Don Ariel fala do Movimento Neocatecumenal, o 100 Comentários, da qual uma parte escrita por membros do mesmo Movimento. Essas pessoas não deveriam ir a esta revista de forma alguma, exatamente porque está tão longe de suas posições; como é que eles surgem do nada toda vez que você fala sobre eles? Não vai ser assim, como em qualquer comunidade que cuida da seita, existem alguns adeptos que têm a tarefa de visualizar sites adversos para se lançar imediatamente contra eles sempre que houver uma oportunidade?

    1. Não “Sara”, gentil Don Ettore, “é”. Na Wikipedia, a entrada relacionada ao Caminho é operada 24 horas por dia e alterações indesejadas são corrigidas imediatamente. No site do Observatório, não há neocat Trolls tentando atrapalhar as discussões. Preste atenção ao seu modus operandi. tudo, mas todos sempre se comportam da mesma maneira: eles nunca respondem a nada, eles se defendem de acusações nunca feitas contra eles, insulto, maldição. O único argumento que eles têm é: “não é verdade porque nunca aconteceu comigo”. Em outras palavras, eles demonstram os efeitos típicos de pertencer a uma seita: doutrinação resultando em perda de pensamento autônomo, defesa a todo custo da organização, mesmo em face das realidades mais óbvias, considere aqueles que criticam como um inimigo, raiva latente e frustração exalada contra aqueles que não pensam como eles. Você tem um pequeno exemplo disso nesta discussão também, mas eu garanto que eles são todos iguais, O tempo todo, no entanto e em todos os lugares. Típica “fruta” do caminho.
      Atenciosamente.

  9. Eu ainda falo e peço desculpas,Prometi não fazer de novo,mas não posso ficar calado sobre a maravilha que experimentei ontem à noite. Participei da Eucaristia dominical da CN ,em uma paróquia,não é meu,absolutamente maravilhoso e reconfortante, em um período ,em que as igrejas estão vazias e ainda mais desoladas do que de costume. Ontem à noite estavam presentes cem irmãos,incluindo muitos jovens,casais com filhos ,etc. Havia uma atmosfera de oração,cantando, parecia uma antecipação do paraíso. E pensar que existem paróquias que,nos dias de hoje,dada a ausência de fiéis,As Missas Tridentinas também fecham,pelo menos na minha cidade,eles estão suspensos até setembro. Na noite passada, porém, havia uma igreja lotada e para nossa grande alegria, o pároco anunciou que também celebrará a Eucaristia na véspera da Assunção de Maria,o 14 Noite de agosto. Com certeza será maravilhoso e enquanto todos estiverem de férias,incluindo sacerdotes,haverá alguém que irá honrar a Bem-Aventurada Virgem Maria’ maravilhoso participar de uma eucaristia,tão bem vivido e participado,na quebra geral das linhas de verão. Deus seja louvado,porque ele provê e ajuda sua Igreja e lhe dá carismas,sempre novo,para mostrar seu amor a…

  10. Gentio p. Ariel,
    mas vale a pena discutir a teologia dogmática em 1200 personagens com leigos não competentes? Sabiamente, na época dos cátaros, a Igreja proibiu disputas públicas com eles, porque o simples fiel, testemunhando, eles não entenderiam e representariam mal: e de fato não foram os inquisidores que derrotaram a heresia medieval nos séculos 12 a 14 (poucos: por exemplo. na Toscana eles eram 2 Frades menores) que condenou e às vezes converteu o “Bispos” e “perfeito” catari (tanto que alguns se tornaram frades), mas a maior parte dos frades mendicantes (Franciscanos, Dominicanos, Eremitas agostinianos, servido, Carmelitas ...) que pregou sistematicamente aos leigos NÃO provando o erro das heresias (o que era impossível para um público que não tinha as ferramentas para entender do que estávamos falando; isso acontecia nos sermões ao celro e aos confrades) mas de forma POSITIVA, isto é, quais eram as coisas fundamentais para acreditar, tais como conduta etc..
    Eu não me rebaixaria: Você escreveu um livro e quem puder lê-lo, o lerá. As disputas teológicas seriam entre clérigos, nas universidades pontifícias e nas PREGAS ao clero (incluindo altos prelados)?
    Uma saudação querida
    Alberto

  11. querido irmão, Espero em cristo, no sentido da fé comum, mesmo se você estiver cometendo um erro grave, porque, para colocá-lo como seu chefe e fundador, você não lavou na piscina, você não comprou a vista para. Na minha opinião você fez a catequese errada, desculpe piscina, talvez você devesse virar.

    Você fez uma lista dos pecados dos paroquianos, que poderia estar lá também. O que quero dizer é que existem alguns entre nós, que vão pescar nas freguesias, então onde você diz que é uma merda, e além disso eles procuram (entre aqueles que você julga) obediência e poder terreno, fingindo ser enviado pelo Espírito Santo. que, para colocar melhor, aqueles que decidiram dizer que foram enviados, eles vão entre os outros enviados (cada pessoa batizada está com Cristo, obviamente se ele se comporta de uma certa maneira) e eles dizem que eles devem obedecê-los, porque os últimos não são, mas realmente apenas os primeiros são, e para o qual este último será em um futuro próximo, com base no julgamento das partes e na conveniência das primeiras.

    O primeiro enviado, eles decidiram dizer a este último que até agora eles não entenderam nada, e que agora eles vieram com pandeiros e canções, palmas de mãos, gritos, guitarras, aplauso, e dance. Pelo que, sempre falando sobre os primeiros enviados, eles dizem que estão trazendo a nova evangelização, isto é, formando novos cristãos, que eles dizem que são os reais, como eles se referem ao núcleo primitivo, é para aquele núcleo que vemos escrito na Bíblia. E para qual, baseado em tudo isso, podemos ver que San Paolo alle Tre Fontane o tocava com um pandeiro na mão e com um violão, e é dito que este nosso fundador da Igreja, o apóstolo dos gentios, ele andou com sua banda marcial, e quem dançou e cantou, na verdade, no Tre Fontane ele morreu por dançar muito.

    Pelo que, o primeiro enviado, na minha opinião, são pessoas que devemos considerar muito por causa de sua capacidade de compreender a realidade dos fatos, passado e presente.
    De fato, veio um homem muito especial, Eu diria divino (no verdadeiro sentido do termo), pouco antes de São Paulo, ele disse:

    Naquela ocasião, Jesus contou a seus discípulos uma parábola: 'Pode um cego conduzir outro cego? Ambos não vão cair em um buraco? O discípulo não é mais do que o professor; mas cada bem preparado será como seu professor.

  12. Orenzo
    Eu cuspiria na minha cara sozinho e de boa vontade se você quisesse ser mais claro em suas críticas. Eu amo profundamente os povos nativos e estudei um pouco a opressão ocidental sobre eles e ainda leio com consternação e dor que queremos erradicar a figura central do xamã, também do que resta da Amazônia, para fazer desta terra uma imensa plantação e se quer fazer tudo isso, no pagamento de “usual”, quem é fotografado ao lado da estátua da Virgem, como se a Virgem paradoxalmente aprovasse a destruição da natureza virgem para substituí-la por uma imensa plantação de hambúrguer. Se você me permitir ( e mesmo que ele não me deixe) eu não sou assim!
    estou esperando, sem trepidação, quaisquer esclarecimentos
    B. As casas

    1. Ele quer que eu fale mais claramente?
      São eles que pensam como ela, que eles fazem “fotografia ao lado da estátua da Virgem” ou que consideram a Virgem uma superstição preconceituosa, que estão ajudando a destruir a Amazônia.
      Ele quer saber por que?
      Porque ela acusa a Igreja dos pecados do mundo e ela, como de fato muitos que em palavras afirmam ser da Igreja, é funcional para o mundo e, portanto, é corresponsável pelo que o mundo faz.

      1. Você notou que Massimiliano C. E seu parceiro Averroe’ eles respondem apenas ao Padre Ariel e algumas dicas raras para Riot?
        Eles respondem de certa forma porque escrevem muito, mas eles NUNCA dão respostas direcionadas às muitas perguntas direcionadas solicitadas pelo Padre Ariel e por muitos ex-neocatecumenais.
        Por outro lado, eles reclamam dos poucos personagens disponíveis, como se escrever mais comentários para definir um argumento fosse uma restrição intransponível.
        Esses dois senhores são neocatecumenais muito estranhos, porque quando estão em seu ambiente dizem que quem não vive o caminho neocatecumenal não pode falar porque se você não sabe não pode entender, e, em seguida, neste espaço, os comentários respondem apenas ao Padre Ariel e Rejoice, que não fizeram o caminho neocatecumenal..
        Eu sou um ex-neocatecumenal, Eu fiz 17 de caminhar , aqui outros ex-neocatecumenais escrevem com 20-30 -35 anos de caminhada, nós conhecemos bem o caminho Neocatecumenal, por que você não responde sobre o que escrevemos e pergunta a você CONTINUAMENTE?
        Porque te conhecemos bem?
        Porque seus jogos não funcionam conosco?
        Porque é verdade que você tem medo de enfrentar aqueles que sabem a verdade?

  13. Pai Ariel Caro,
    Eu tenho , infelizmente, um grande ignorante nas coisas da Igreja e também um pobre católico, mas, porque aqui eu vi a boca de todo mundo dar ar, Eu só me permito lembrar: mas se a árvore for julgada por seus frutos , como você julga este CNC que consegue trazer ódio e divisão por toda parte? Por séculos e milênios, a Igreja foi atravessada por divisões, seitas e cismas (muito mais sério do que estes) que tinha o único propósito de enfraquecê-lo e destruí-lo. Não o suficiente ainda?

  14. Eu confirmo o que escrevi ontem,minha paróquia é povoada por muitos não-cristãos, há raras exceções, é claro. É inútil ficar ofendido,esta é a verdade sagrada,afinal, eu frequento diariamente, Eu a conheço muito bem há anos. Você acha que eu tive que limitar minha frequência porque estava incomodando um patológico, elemento psicopata,não do caminho,quem manda,ele é uma espécie de faz-tudo, valentão, mercado, despótico, tolerado pelo pároco,Não entendo por quê. E então você acusa o Caminho de assumir as paróquias,tornar-se distante,não conheceste paróquias como a minha. A divisão certamente não conduz o Caminho, mas é fiel como este senhor. Não fazes ideia de porcaria,assédio moral, fofoca,cafetões que testemunhei. A paróquia está vazia,os fiéis fogem e frequentam outras paróquias e não agora que é verão,mas sempre,é habitada geralmente por pessoas não cristãs,mas pagãos, eles vêm para a paróquia por interesse,porque você paga ou porque eles querem algum prazer do pároco,valentões,etc. De ambientes como este, você só precisa escapar,muito menos se as pessoas distantes se aproximam. Não é um exagero, é a verdade.

    1. Averroes, uma vez que seus paroquianos são uma fonte de vícios, por que você não pede ao Signor Argüello para exorcizá-los? Deve ter sucesso, aquele que se gaba de exorcizar cidades inteiras. Ou você não acredita nele?
      Cumprimente seu demônio mudo por mim, que também trabalha em agosto. E’ conseguiram não fazer você comentar sobre o loop de dinheiro ultrassecreto de neocat, sobre o exorcista auto-intitulado Sr., sobre a violência asquerosa dos catequistas nas urnas.
      eu informo você, se você não sabe, que o Caminho NÃO prospera, está em queda livre. Compare seus próprios dados e você notará. As únicas comunidades formadas são de crianças neocatas que partem após alguns anos. Há fusões após fusões mesmo nas paróquias mais neocatecumenalizadas. É por isso que seus mestres pedem dinheiro cada vez mais insistentemente. Com a desculpa de evangelização é claro. Exceto mais tarde para descobrir que eles compraram outra terra em Israel pela modesta quantia de 5 milhões de euros.
      PS. Ninguém prometeu “para destruir o caminho”. Já está se autodestruindo, graças a Deus.

  15. Muito obrigado Don Ariel.

    Você está indo muito bem com seu trabalho. Sua coragem em denunciar as distorções na Igreja é louvável. Obrigado a você e seus colaboradores, muitas pessoas estão recebendo uma luz nesta noite muito escura da Igreja. Eu conheço o caminho e confirmo tudo o que ela está expondo sobre ele. Eu compartilho plenamente seus pensamentos sobre o fato de Kiko ser uma pessoa que alcançou muitas vitórias (explorando suas habilidades como um manipulador). Mas ele também está ciente de que depois dele o caminho corre o risco de implodir e se dissolver com o tempo. Já agora é difícil criar novas comunidades NC e se as pessoas serão capazes de ler seus escritos, vários vão abrir os olhos e começar a ver o caminho pelo que é, como eu fiz.

    Ps. Permita-me dizer que em uma Igreja normal você já teria sido feito bispo pelo menos, Mas este não é o caso. Em vez disso, temos o Paglias, e Galantino, e Coccopalmerio, e opinião etc. dirigindo e, portanto, estamos prestes a bater no pilar de uma rodovia, esperamos não nos machucar muito…

    1. Você disse a mesma coisa com todos os outros escritos de tantos padres e não começando com o Padre Zoffoli, Don Elio Marighetto, Don Marcello Stanzione,etc, ainda assim, o Caminho está ficando maior e se expandindo mais e mais,pela mesma admissão de Don Ariel.

      Há dúvidas de que nessas críticas, essas cruzadas deixam o tempo que encontram e são de pouca utilidade, talvez apenas para fortalecer ainda mais o Caminho? Você tem a menor suspeita de que há algo errado com sua fala? Talvez alguém esteja sendo persuadido, mas posso garantir que é uma rara exceção, a parte esmagadora dos participantes do Caminho ignora você e não se deixa enredar em nada.

      Você também pode dizer, como alguém,que somos plagiados,manipulado etc.,pense como quiser,Quem se importa,mas você não irá longe.

      Muitos prometeram destruir o Caminho, mas não tiveram sucesso,o Caminho está vivo, bem e próspero. Vai ajudar muito a Igreja e paróquias como a minha. Tenha um bom dia e este é realmente o último,Eu não vou intervir mais eu juro.

      Tenha um bom dia

      1. Aplicando seu princípio numérico e expansionista, O nazismo e o comunismo soviético devem ser reavaliados após a revolução de 1917.

        Ele conhece aquela alemanha, depois de ser derrotado, e injustamente e perigosamente humilhado pela Primeira Guerra Mundial, quinze anos depois, tornou-se uma potência mundial e após a invasão da Polônia em 1939, nos primeiros dois anos da guerra, invadiu e comeu quase todos os países da Europa?

        É a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, por setenta anos, quanto se expandiu e quantos países tem sob seu controle?

        Portanto, o nazismo de Hitler e o comunismo de Stalin precisam ser amplamente reavaliados, aplicando seu próprio princípio.

        Seus são argumentos e discursos baseados na lógica radicalmente anticristã. Não há passagem do Santo Evangelho – a menos que você possa apontar – em que essas lógicas de magnitude e expansão são aplicadas. Na verdade, o Santo Evangelho prova o contrário: que Cristo o Senhor acabou com “quatro gatos”, os doze apóstolos, que em face do perigo o abandonou e fugiu.

        Incidentalmente: o padre de sessenta e oito anos esbofeteado na sacristia antes da Santa Missa por um megacatequista, sempre espera uma pérola, seu valioso comentário, já que ele afirma que tal episódio, em sua diocese, só tinha ocorrido sessenta anos antes, em 1943.
        E só Deus sabe quão verdadeiro é o fato: existem atos canônicos internos e atos judiciais criminais. Mesmo que o padre não nomeie publicamente sua diocese para não reabrir uma ferida dolorosa.

      2. Caro Averroé, se ele tem que dizer tantas e tantas imprecisões, que ela não intervém mais, desejo mais para ela, mas também para todos nós.

        Eu não sei em que estágio você está no Caminho, mas, de como ele fala, especialmente se você acredita no que ele diz, ainda não foi logo após o seu início, essa é a hora em que os catequistas, por meio de filmes e várias atualizações antes dos anúncios (pipponi sem fim chato), eles se gabam para os crédulos de tudo mais.

        Ele vai abrir este seminário em Macau, talvez não seja da mesma forma que o anunciado em Tóquio.
        No entanto, isso não significa que o caminho está vivo e bem, indague bem.

        Eu estive lá desde o começo e vi: hoje em dia só as crianças entram na comunidade (numeroso) do NC, muitos então também vão embora. Em freguesias históricas onde quase lá estiveram antes 30 comunidade, hoje haverá 23 ou 24. Eles gostam de camarão. Quase em todos os lugares.

        E considere que Espanha e Itália são de longe os mais prolíficos. No exterior, apesar de várias missões e anúncios de voos, eles sempre foram uma ninharia. Um pouco’ melhor américa latina.
        Então não seja ingênuo, indague bem: os poderosos estendem a mão para espalhar isso, decantar e impor, o senhor o impede.

        Acrescento ao comentário acima que a invenção do "casal solidário" nos últimos anos foi necessária precisamente porque já há muitos anos as comunidades de recém-nascidos são compostas quase exclusivamente por jovens. (crianças) e não há mais ninguém que possa ser responsável. Então, eles colocaram esta invenção em ação, colocar um pequeno pedaço: eles levam um casal, geralmente pela comunidade de catequistas, e eles apóiam até que as crianças que permanecem cresçam e possam fazer isso por si mesmas. Alguns casais de apoio estão bem além da segunda etapa, essa seria a hora em que eles deveriam sair.
        É isto, querido Averroé, acontece EM TODA PARTE.

        Eu estava lá, Eu vi os tempos em que duas comunidades tiveram que ser formadas após a catequese, o alfa e o ômega, porque havia muitas pessoas.
        outras vezes, bons velhos tempos para CNC ...
        Se você realmente acredita que o caminho está vivo e bem e não mente, Eu só posso ter pena dela. Ele é um crédulo muito bom.

        Porém um vírus, quando entra no corpo para matá-lo, causa danos mesmo que seja muito pequeno ...

  16. Caro e apreciado Don Ariel.
    É apenas pelo histrioning em espanhol que você está esquecendo o Holocausto americano , o canadense (um gigantesco Bibbiano ante litteram), a porcaria feita na África (Lanternari: Oeste e terceiro mundo) e na ásia (Gian Giuseppe Filippi e outros). Vê uma estudiosa perene respeitada, Ananda K.. Coomaraswamy que tem um filho sacerdote (Rama cred é chamado) estabeleceu a porcentagem de atrocidades entre o Cristianismo e outros, afirmando que a relação é 1 uma 10.000.
    Você vê que o próprio Padre Ariel se diagnosticou, foi reservado 2000 anos de purgatório, porque o cristianismo é um “religião de salvação”.
    Doutrinas ocidentais (e não estou falando sobre crenças populares) orfismo-pitagorismo-platonismo não ofereceu “teologia” para os profissionais, mas formas filosóficas de natureza operacional, “cognitivo” que pressupunha a capacidade de separar a alma do corpo a “prazer” . Então, no Oriente, o da salvação , com licença, mas é isso, eles não sabiam o que fazer com isso porque significava trazer o estado individual para a dimensão sutil, De que Eckhart e Silesius seu verso e também Lnfranco Rossi foram acusados…

    1. Erro ou quase todos aqueles que fizeram “o holocausto americano , o canadense ... a merda feita na África…” eles eram cristãos como ela e não como o padre Ariel?
      Você pode argumentar que nem mesmo é um crente: informá-lo que, culturalmente, ela é muito mais cristã do que muitos soldados seguindo Cortes ou os belgas no Congo?
      Desde então as atrocidades por ela apontadas foram cometidas por “Cristãos” como ela, olhe no espelho e cuspa na sua cara.

    2. Senhor antonio, Eu falo com você como uma pessoa que, antes do recente Baptismo recebido na idade adulta, ele vivia de pão e guenon, criada em um ambiente onde a verdade absoluta é tudo o que ela diz. Eu não vou aqui entrar no mérito das faltas da igreja, que certamente terá todas as falhas do mundo e ainda mais (conceda apenas que ele não tenha aqueles inventados do zero, talvez dessas mesmas pessoas que o trouxeram para o Ocidente, em uma versão devidamente adoçada para agradar a um determinado público, Cultura filosófica e religiosa oriental). Eu só quero te dar alguns conselhos do coração: desistir de homens como Ariel não é fazer um favor à espiritualidade humana, só contribui para o declínio do nosso mundo. Não foi ele quem matou os índios, mas tenho certeza de que é ele quem tem ajudado tantas pessoas com sua direção espiritual. Nas rotas sem o incômodo de “salvação”, Atrevo-me a trazer a minha experiência, que seguindo a versão ocidental dos caminhos orientais ou presumidos místicos, eu não estava me tornando um iluminado, mas um idiota, antes que algumas dúvidas me abrissem para aquele mínimo de humildade que me levou a Cristo

    3. Rama Coomaraswamy…Bah…e todos nós sabemos o que isso alimentou entre os tridentinistas, ele provavelmente era um infiltrado.

      Sr. A.B. mas o que ela quis dizer ( omitindo o sviolinata para a orientalidade e os apegos pagãos misturados com a faceta usual sobre a diferença entre a liberação / reintegração que com a Salvação , tanto, nada tem a ver com isso)?
      A única coisa sensata que pode ser deduzida, ligando-o aos neocatecumenais é que, usar seus termos, eles não são nada mais do que uma pseudo-iniciação. Isto é, porque eles eram realmente o que afirmam ser, às vezes judaizante e às vezes gnosticizante, isso seria um problema ( ou melhor, uma vantagem, do seu ponto de vista ).
      Então, se é isso que ele está tentando apontar, os chefes dos Kakos então revelam-se mundanos e, de uma maneira, espiritualmente inofensivos, tanto quanto vivem nos ombros de outros, ferindo profundamente suas almas.
      bem dito.

      P.s. Pobre Eckhart…rico Calasso!

      P.p.s é singular o fato de que ele sai tanto para reiterar o “realização” mas no final ele está sendo um moralista. Ele ainda precisa demais de consolos psíquicos?

  17. Querido Pai Ariel, os neocats que intervieram representam o adepto Kikiano típico. Em muitos anos no Blog do Observatório (como a Riot sabe melhor do que eu) NINGUÉM NUNCA respondeu nada, nem discutindo nem com respostas secas como sim ou não. Suas reações sempre foram as mesmas: insultos, tenta desviar as discussões, mentiras, acusações ad personam, respostas a disputas nunca feitas. Eles não podem dizer mais nada. Seus catequistas, como o Sr. Arguello profetizou, “eles são inspirados e perspicazes”. Se fosse verdade, eles teriam fechado nossas bocas há muito tempo! Mas nunca nada, de alguma maneira. Essa chamada aprovação foi domada por alguns “amigo” fica claro pelo fato de que o Estatuto se baseia na chamada catequese. Porém, quando o Estatuto foi aprovado, as catequeses ainda estavam sendo consideradas.. Um pouco absurdo, eu diria. Seria como se você quisesse abrir uma empresa antes de saber se o objeto social é legal ou não. Mas estes são os frutos envenenados do Caminho: pessoas cheias de raiva, ignorante, incapaz de raciocinar e dar um passo sem seus catequistas. Penosi. Obrigado pai gentil pelo seu trabalho.

  18. Caro Don Ariel,ela sabe o que eu digo a ela?Que se os padres, em vez de fazerem o seu trabalho, começarem a brigar na internet, a gente fica muito mal.,que ele teria tantas coisas para fazer, ele passa dias em um blog, seu verdadeiro propósito é vender livros?Escreva sobre inteligentes e úteis às almas e teremos o prazer de comprá-los,Mas poupe-nos dessa comédia dolorosa. Se os livros forem como posts ,Me desculpe por dizer,mas prevejo que ficarei feliz sem isso. É muito o lixo que temos que aguentar da TV,Internet etc de manhã à noite. Se você quiser aproveitar as vantagens da anti-administração ,como um trampolim,Eu realmente acho que veio tarde demais,outros já pensaram sobre isso,abrindo caminho, um fim bastante inglório. Irmãos da CN não sejam ingênuos,esta postagem é claramente ,uma operação de marketing, Esqueça. Dedique-se a coisas mais úteis e inteligentes. Este é o meu último comentário,Eu te saúdo,Vou orar por você. Desejo muitas coisas boas.

    1. Ele quer saber o que eu fiz hoje:

      noite passada fui dormir às 2 porque trabalhei até tarde, esta manhã em 7 Eu acordei, logo depois de recitar os louvores e fazer a meditação, então celebrei a Santa Missa, levando mais de uma hora e meia para tudo, porque para celebrar uma Santa Missa nos dias de semana eu uso em média 40/45 minutos.
      Saí de casa tomando um cappuccino na hora e fui visitar um bispo idoso e doente logo depois 9.
      Sobre 10 Eu encontrei um padre que precisava confessar, então, mais tarde, conheci outro de quem sou diretor espiritual para uma conversa bastante séria.
      Ao meio-dia recitei o Angelus com meu irmão.
      Parei em uma clínica onde dei a unção de enfermo para a mãe de uma amiga minha cirurgiã que está encerrando lucidamente seus dias de vida terrena.
      Não tendo tempo para almoçar, tomei um cappuccino e um croissant, então, em uma esquina discreta da rua, recitei a meia hora, usando o telefone celular em que tenho o breviário.
      Cheguei em casa por aí 14 e eu fui trabalhar, e também para responder a várias mensagens, alguns dos quais eu já havia respondido durante um intervalo de alguns minutos.
      Chegando muito tarde para o almoço, Eu comi uma banana e tomei um café.
      Todos 16 Eu conheci alguns jovens que vão se casar, junto com um de seus pais, e juntos fomos ao reitor da igreja onde seu casamento será celebrado.
      Depois de ter concordado, enquanto conversavam com o reitor, Fui à capela do Santíssimo Sacramento para recitar as vésperas.
      O casal me deixou na frente da casa ao redor 17,45, eu fui fazer alguns’ de despesas, enquanto recita o rosário durante a viagem e os movimentos entre duas lojas.
      Retornou para a casa em 18.30 sobre comecei a trabalhar e a responder a várias mensagens.
      Agora está quase 22, logo tenho uma consulta telefônica com um padre que está com problemas graves e depois da entrevista, que vai demorar, vai me dizer quando me encontrar amanhã, porque ele provavelmente precisará confessar.
      Ainda não jantei, no entanto, eu comi um pacote de biscoitos e bebi um litro de água, hoje estava muito calor.
      Depois de falar com este padre, talvez ao redor 23 Eu vou jantar.
      Então vou recitar o ofício de leituras, Vou fazer compline e exame de consciência. Depois disso, vou trabalhar enquanto puder ficar acordado.

      Aqui está o que eu fiz: Visitei um velho doente, Eu confessei um padre, fez direção espiritual para outro, dado a unção dos enfermos a uma mulher moribunda, acompanhou dois cônjuges para a igreja onde eles terão que se casar, voltou para casa para uma entrevista tarde da noite com o padre … e finalmente trabalhar até tarde da noite.
      Eu fiz isso: emérito e insolente Cretinkiko!

      PS.
      veja a que horas minhas respostas foram publicadas hoje: tudo de 20 em, exceto por uma única mensagem do telefone durante um intervalo por volta 13. Todos os outros comentários do dia, aqueles enviados por leitores, os colaboradores da Ilha de Patmos os publicaram.

      1. há pouco!Ele vê quantas coisas boas ele pode fazer?Porque ele perde seu tempo incitando e instigando outras pessoas?Ele se sente o salvador da Igreja?Pense que você é o único que a ama?Olha, nós fizemos tantos sacrifícios ,perdi minha vida por amor à Igreja, se eu contasse a ela minha vida,talvez ele chorasse, e ainda,Apesar de tudo, Eu fico e amo a Igreja. Apesar do péssimo exemplo de muitos de seus confrades e leigos da paróquia e não quero generalizar. Se eu dissesse a ela o que é minha paróquia,o que são os fiéis leigos,não do caminho,que eu conheço e frequento causaria nojo dela,e não quero dizer que aqueles que fazem a jornada são melhores que os outros,você mente. Não sei se mora em freguesia e conhece a realidade da freguesia,mas acredite em mim é tão nojento e se eu te contasse certas coisas,a pele dela arrepiaria. Como é possível que pessoas que se dizem católicas vivam e sejam feitas desta forma?eu repito,Eu não quero generalizar,mas onde você vê a Igreja em certas paróquias?Talvez ele não perceba que,as pessoas com quem ela luta,eles amam a igreja,gosto e mais do que ela. Muitas vezes me pergunto,como um ateu,agnóstico,pode chegar mais perto da paróquia,dado o nojo presente.

        1. Sim, claro … todos eles são uma merda. Exceto você.
          Na verdade, você faz um pouco menos nojento.
          Você que tem catequistas que fazem tudo: psicólogos, liturgia, medici, direção espiritual.

          “Voce perdeu sua vida” pelo amor da igreja?
          Mas sempre que?
          No máximo você perdeu para Kiko Arguello que, sinto muito, mas não é imortal. Na verdade, agora também é difícil encher os pavilhões esportivos (ver última reunião em Gênova) e ele fica chateado se eles não o ouvirem para sempre: “Eu sou o fundador do caminho Neocatecumenal. Você não vai me ver de novo”

          “Não sei se ele conhece a paróquia”?
          Mas você sente enquanto fala? Você da paróquia terá visto os quartos no máximo.

          Que nunca seja. Melhor aprender pappardella de Kiko: “na igreja só há missa” “não há mais um cristão” (exceto ele e aqueles que o seguem obviamente).

          Então coisas como Guam e ele acontecem “E’ tudo uma perseguição”
          IDIOTA! E seus tolos com ele.

          Aquele que tentou obter a aprovação da liturgia em 2012 direto para Bento XVI.
          VERGONHA! Ele que na frente de suas palavras: “só há uma missa e você tem que voltar para a paróquia” ele se atreveu a dizer: “Estas são coisas que ele tinha a dizer”.
          DUPLA VERGONHA.

        2. que nojo? Não gosto? Tendo um excelente Averroe, ela lê nos corações dos cristãos no domingo ou é deles confessor leigo como os catequistas do Caminho? Então ele diz quem “faz o caminho” não é melhor do que eles. Mas então para que diabos é isso “faça o caminho” se você permanecer nojento e nojento?

          Você pergunta (freqüentemente! bom passatempo!) “como um ateu,agnóstico,pode chegar mais perto da paróquia,dado o nojo presente”. Mas então por que você sempre e apenas coleta seguidores entre os paroquianos com o “catequese para adultos”? Você não vai querer me dizer que você faz adeptos ateus e agnósticos com falências centopiazzato onde só eu apareço neocat como um público falso. E a maldita rodada secreta de dinheiro no Caminho, ele nos conta?

          Ame a igreja? Então, por que ele desobedece a eles? começando a partir de “comunhão & Manducazione” violações do seu próprio Estatuto.

          Sem esquecer o Sr. Arguello, exorcista autoproclamado que se orgulha de expulsar demônios, algo muito proibido pela Igreja. O que você acha, o Kiko obedece ou não?

          Para acabar na merda das freguesias, Recordo-vos que Nosso Senhor assegurou a assistência do Espírito Santo apenas à Igreja, e não para movimentos mais ou menos obcecados …

          1. Caro Averroé, não vamos lutar uma batalha de merda.
            Se eu estivesse com disposição para polêmica, Eu listaria páginas inteiras de coisas ruins que vi na minha 35 anos de comunidade.
            Para falar a verdade, foram eles que me fizeram começar a fazer tantas perguntas e muitas dúvidas, até a decisão de deixar o caminho, toda a parte central da minha vida, todas as decisões feitas na loucura, todo o conhecimento que eu tinha (Eu só tinha aqueles, porque no caminho você é de alguma forma instilado a interromper aqueles que não fazem parte da turnê).
            Comecei a me perguntar por que, algo que se autodenomina igreja, pode ser tão doloroso, tão repetidamente pecaminoso, mesmo de pecados muito graves, sem ninguém jamais intervir.
            E considere, irmão Averroé, que eu completei todas as etapas, também o “casamento espiritual”. E tu?
            Muito decepcionante ver a degradação miserável de todas as promessas iniciais: ele tinha aprendido a falar neocatecumenalês, mas no coração havia mais divisão, inveja, injustiça, ganância, mentira… do que no começo.
            Esperei pacientemente que a comunidade mostrasse novas atitudes cristãs.
            Nunca aconteceu.

        3. “Se eu contasse a ela qual é a minha paróquia,o que são os fiéis leigos, não do caminho, que eu conheço e frequento causaria nojo dela”

          Na série: quanto é demais é demais!
          Agora o nojo que eu causo a ele, em Averroé, capaz de se opor a tudo e o oposto de tudo, exceto para responder às perguntas claras e precisas feitas a ele; mas eu sei que ele não será abalado no mínimo.

          Hoje sou um presbítero de 78 anos da diocese de […]
          Em 2009, quando eu tive um 68, na minha qualidade de pároco, proibi os neocatecumenais de celebrar a missa no sábado à noite nas salas da paróquia, não só e nem tanto porque às vezes terminavam às duas da madrugada, mas porque eles praticaram todos os abusos litúrgicos proibidos pela Igreja, recordado por vários de seus documentos e pelo próprio Papa Bento XVI.
          É particularmente grave que isso tenha acontecido na paróquia que me foi confiada, sendo na época eu era mestre de cerimônias episcopais, diretor do escritório litúrgico diocesano e professor da sagrada liturgia no seminário inter-regional próximo.

          Enquanto eu estava na sacristia já vestida de paramentos esperando o 17,30 para a celebração da missa, os dois principais catequistas chegam para fazer perguntas. Respondi que estava para ir celebrar a missa e que naquele momento não queria ser distraído e adoecido., no entanto, já havia providenciado para que os corredores paroquiais não fossem celebrados “messe neocatecumenali” tudo 21.30.

          Um deles levantou a voz e me empurrou pelo ombro, quando eu disse a ele como ele ousou colocar as mãos sobre um padre prestes a celebrar a missa, o outro companheiro disse as palavras exatas “sim, é, belo padre de merda!”. Eu disse a ele para sair, e este segundo, com um sorriso satânico, ele me deu dois tapas. Estavam presentes dois coroinhas da primeira comunhão, um dos quais começou a chorar e o outro correu para a igreja aos gritos.
          Evito mencionar a confusão que irrompeu na igreja.
          Não consegui nem comemorar missa.
          De, tipo Averroé, esqueci: eles eram dois super catequistas, se alguma coisa ele não tinha entendido.

          Meu bispo (o então) ele aceitou mal, proibiu todos os grupos neocatecumenais presentes na diocese da catequese e especialmente das celebrações da noite de sábado, então impôs a excomunhão canônica ao agressor nos termos do cân.. 1370 c. 3.

          Obviamente, todas as implicações judiciais do caso seguiram, mas não há necessidade de insistir nisso.

          Não tenho mais nada a acrescentar, exceto o fato de que, apesar de ter enviado ao Padre Ariel uma carta assinada (além do fato de que nos conhecemos desde 2011), compreensivelmente e com prudência, evite colocar “na vitrine” minha diocese, onde o caso do único padre que foi atacado e espancado ocorreu em um passado distante 1943, e para vencê-lo foram os S.S.
          Isso nunca tinha acontecido desde.

          Não Há De Quê, Averroé, a palavra é toda dele.

          1. Também a Jesus Cristo na Via Dolorosa e depois na cruz, Eu “Neocatecumenal” era, tiraram o mijo dele enquanto ele estava dilacerado e sangrando na cruz, exatamente como ela está fazendo agora, Neocatecumenal moderno perfeito e humano, com um ALTER Christus quem teve sua parte na cruz.

          2. "Demência senil? Pode estar lá…". Este é o amor pela Igreja que te ensinam no Caminho, portanto? Um presbítero, sênior além disso, ele apenas escreveu que foi agredido verbal e fisicamente e ela não encontrou resposta melhor do que o insulto: Eu não conheço ela, já que eu não a conheço, mas sempre fui ensinado a respeitar as pessoas mais velhas, ainda mais se forem presbíteros que dedicaram suas vidas pela Igreja. Não acredite, Também tive discussões animadas com padres, mesmo discutindo, mas eu nunca sonharia em insultar ou esbofetear um presbítero. Um episódio como o narrado pelo padre acima mostra como aqueles dois não eram nem um pouco cristãos., mas mais, denota em que nível de baixeza eles estavam falando humanamente, e isso não é julgar, mas tome nota de um fato, por que bater e insultar um padre, à frente nos anos para mais, é para pessoas mesquinhas e miseráveis.

      2. Depois de Ariel, Quero dizer que lamento que você perca seu tempo respondendo a Neocatecumenais do calibre daqueles que escrevem aqui com insultos, crítica de baixo grau e afins. Este é o método deles, acusar o interlocutor independentemente. Ela não precisa se defender dessas cobras. Eles são seres maus, perverso, eles são inspirados pelo diabo, não há um pingo de cristianismo neles. Os poucos honestos que ainda estão a caminho (e eles são muito poucos, ameaçadas de extinção) eles não escrevem aqui. Também gostaria de dizer que aprecio muito seu trabalho e que vou comprar e ler seu livro com grande interesse e divulgá-lo a todas as pessoas que conheço.. Eu concordo com você, eles ganharam uma batalha, mas eles não vão ganhar a guerra porque Deus vê de cima e Deus é mais forte que o diabo. Deus fará justiça, como ele fez com Sodoma e Gomorra.
        Um pensamento e uma oração por todos os párocos reféns desta seita católica.

  19. Com o Requerimiento eles evangelizaram! Você deveria ter vergonha até o fim dos tempos pelo que você fez, você aplicou a herm a todas as latitudes, todas as terras (de outros) eles se tornaram suas terras, tanto que agora por nêmesis ou karman você vai choramingar na Amazônia com cinzas na cabeça
    Vergonha eterna para os opressores, para assassinos e ladrões
    Bartolomeo de la Casas

    1. Por quê, do trabalho de Bartolomeo de las Casas, não menciona os escritos em sua totalidade? Copiar e colar é fácil!
      Ela leu toda a historiografia do “conquistadores” e missionários nas novas Américas no século 16?
      Ou talvez ela apenas leu relatórios anticatólicos?

      Faz meses, quando ela um comentário semelhante, Eu perguntei a ele se ele considerava “conquistadores” e os missionários culpados de terem evitado o sacrifício humano e a prática do canibalismo.
      Eu também expliquei que as culturas “Maravilhoso” e “florescente” ao qual ela aludiu, estavam em sério declínio no século 16.
      Ele nunca me respondeu.

      Agora, ela faz as mesmas perguntas novamente.

      Suas são questões baseadas na falta de conhecimento histórico e preconceitos anticatólicos..
      Se ela estudar história você entenderá que está errado.

  20. Reverendo Padre Ariel, a própria existência dos Neocatecumenais dentro da Santa Igreja também pode, talvez, em qualquer caso, ser lida através da notação que você fez: aqueles que eles formaram não são necessariamente padres.

    A esmagadora maioria dos tridentinistas católicos se concentra na intencionalidade do padre, mas na verdade a questão não se coloca se estes, realmente, padres sempre foram.

    Não que eu queira exagerar, mas um simulador, um infiltrado, publicamente, ele pode parecer mais piedoso e justo do que qualquer outro ortodoxo: hierarquia, padre, seja secular ou religioso (para o sábio…).
    Certamente não será o caso com os seminaristas neocatecumenais, mas é precisamente em relação a eles que continuamos a evitar com habilidade enfrentar o dilema..

    Eu também acredito que os verdadeiros padres fizeram as suas. Eles são os leigos que esquecem que devem levantar as mãos como Deus ordena, mas é evidente que um novo Skanderbeg se levantou, ele seria isolado e certamente condenado como um criminoso contra a humanidade pelos próprios católicos …

    Bom dia para você e obrigado pelo seu artigo.

  21. Egregio Don Ariel, constantemente exibe que estudou, mas ofende como os ultras do estádio. O SC não é uma constituição dogmática? Mudar pouco, ele entendeu o que eu quis dizer, na verdade, ele tem o cuidado de não responder e se esquiva do assunto. Ele conhece as sutilezas, mas então ela parece perder a coisa mais importante que SC havia encomendado, isto é, a revisão geral do Missal de Pio V. E’ Então sim ou não?Lembre-se do que o Papa Francisco disse no sexagésimo oitavo dia da Eucaristia sobre a reforma litúrgica?Ele disse que é irreversível. Isso está de volta,não há retorno ao Missal de Pio V porque foi reformado,ela pode negar isso, mas acima de tudo ela compartilha desse discurso?Se ele compartilhar,por que usar o Missal de Pio V novamente? Se a reforma é irreversível é para toda a Igreja,sim ou não?E, de fato, São Paulo VI havia proibido o uso do missal de Pio V, estipulando que todos deveriam usar o aprovado em 1970, mas alguns preferiram desobedecer, causando até cisma.?estou a mentir?

    1. … Eu "iludo"?
      Eu mostrei a ela em três / quatro respostas que ela, Teimosamente:

      1. perguntas a Motu Proprio do Sumo Pontífice Bento XVI, que também poderia ser de São Paulo VI, São João Paulo II ou o pontífice reinante, pequenos assuntos, por causa de quem ele é e do que quer que seja, é um ato de autoridade suprema do Romano Pontífice que, como tal, não está sujeito a discussão, mas apenas por aplicação;

      2. ele demonstra com óbvia ignorância que não conhece os fundamentos da história da Igreja e do direito eclesiástico.;

      3. prova que nem mesmo sabe o que é o Concílio Vaticano II e, depois de ter definido a constituição dogmática CONSELHO, em vez de ter a humildade de dizer “Eu estava errado”, ou não responder, continuou a responder com arrogância sem precedentes, afirmando que “dogmático ou não dogmático” – ouvido, ouvido!” – «Pequenas mudanças»;

      4. continuou intrépido a não responder às objeções feitas a ele, para fugir dos argumentos e mudar de assunto, insistindo como um disco quebrado em um erro que foi amplamente demonstrado teologicamente, eclesiologicamente e juridicamente, mas não porque eu acho, mas porque a doutrina católica diz assim, lei eclesiástica, os documentos do magistério supremo.

      Sua teimosia não é diabólica, porque o diabo é puro concentrado de inteligência; sua obstinação é a manifestação mais cega e arrogante do orgulho mais tolo que pode existir.

      Ela tenta, de uma forma falsa, mistificar uma história da Igreja que ele não conhece, um magistério que não conhece e uma eclesiologia que não conhece. E, em seguida, tenta distorcer os discursos dos Sumos Pontífices, fazendo-os dizer e afirmar o que nunca disseram.

      O ódio de tudo foi instilado nela neocatecumenal-kikiano para a chamada liturgia Trent e o Missal de São Pio V, um ódio fruto da ignorância e da falta de conhecimento. Isso é porque ela, ignorante como seu falso profeta, ignora que a partir do século XVI a seguir, com aquele Missal, continentes inteiros foram evangelizados por cinco séculos, ele entende? Continentes inteiros! Não menos por isso, os Sumos Pontífices Paulo VI e João Paulo II, após a reforma litúrgica, pastoralmente completamente necessário, eles apontaram e chamaram aquele missal “Santo” e “venerável”.

      Ele sabe porque, o Concilium Sacrosactum foi o primeiro documento publicado pelo Vaticano II? simples: porque estava pronto. Porque embora Kiko e Carmen tenham mostrado em suas catequeses que não sabem, para iniciar a reforma litúrgica foi o “' tremendo” e “principesco” Supremo Pontífice Pio XII, foi ele quem começou com a reforma de vários ritos, começando com aqueles da semana santa. Já na época do Sumo Pontífice Bento XV se falava de uma reforma litúrgica necessária, mas a eclosão da Primeira Guerra Mundial obviamente levou a pensar em outras coisas muito mais sérias.

      Com aquele missal, San Filippo Neri trouxe gerações inteiras de crianças romanas abandonadas a si mesmas de volta à igreja e à fé; com aquele Missal, Santo Inácio de Loyola enviou seus missionários para evangelizar os povos da Ásia; com aquele Missal, um exército de Dominicanos e Franciscanos evangelizou a América Latina no século XVI; com aquele Missal os Frades Menores Capuchinhos, no final do século 16 eles evangelizaram o Congo, etc. … etc. …
      Então em 1968 vieram os falsos profetas e maus professores Kiko e Carmen, que gostam dela cheios de ignorância, eles explicaram que até então, A Igreja, ele não entendeu nada, que "engarrafou o Espírito Santo" e relegou a missa a "conceitos pagãos de sacrifício" (!?).

      Esse Missal foi "substituído", mas nunca foi “abolido” e “revogado”, nem nunca foi “Entrada” por Paulo VI: mentira! Paulo VI convidou a aplicação da reforma litúrgica, ele nunca declarou o Missal anterior caducado e abolido. E eu não explico isso, o Sumo Pontífice Bento XVI explica isso em seus documentos … ignorante !!! E’ Bento XVI que explica que "o rito de São Pio V nunca foi abolido pela Igreja". estudos, Educação, Educação … ao invés de perder tempo desprezando – de neocatecumenal testado – ciência e conhecimento: Educação!

      Em conclusão:

      1. ela insiste em inventar histórias que nunca existiram;
      2. não inclui os atos e documentos da Igreja;
      3. atribui a um conselho afirmações nunca feitas e decisões nunca tomadas;
      4. atribui afirmações aos Sumos Pontífices, decisões e proibições que eles nunca fizeram e tomaram.

      E isso é um fato comprovado, e para provar isso é o que ela escreveu e o que ela reiterou quando seu erro foi provado a ela.

      1. Ariel Caro, querido irmão na Ordem Sacerdotal: Obrigado!
        I neocatecumenali (e você sabe disso muito bem) na prática, quase destruíram a Diocese de Roma.
        Com este artigo e suas respostas, você fez justiça acima de tudo a muitos padres que, como eu, eles devem sofrer a arrogância dos neocatecumenais, porque como o confrade napolitano bem explicou acima, nós os encontramos em paróquias para as quais fomos enviados, e em que eles eram de 20, 30 anos.
        Fale sobre os graves problemas que criam nas paróquias com os bispos auxiliares do setor ou com o próprio cardeal vigário? Nas salas fechadas, eles acenam com a cabeça e reviram os olhos, mas então eles não fazem nada, porque eles permitem que eles se tornem um poder.
        E nós párocos, nós somos deixados sozinhos, frequentemente reféns indesejados dessas pessoas.

        Ariel caro, Eu tenho 73 anos e fui pároco em várias paróquias de Roma durante 35 anos, depois de ter sido pastor assistente por oito anos.

        você sabe, na minha idade precoce, quantos “crianças pequenas” Estilo Maximilian C. e Averroé aponta o dedo para mim e levanta questões como as que foram levantadas para você aqui?
        E você sabe, e você entende isso, nesta situação, não só sozinho, mas na triste e dolorosa companhia de muitos outros párocos romanos.

        Carta Assinada

        1. Sou o primeiro pastor assistente do padre romano que acabou de postar o comentário acima, Acabei de adicionar este meu: … e esqueçamos o que temos que sofrer dos padres neocatecumenais e deles (como nosso querido pai Ariel diz) “neocatecumenalizzati”.
          Eu vou deixar você imaginar porque neste caso, a coisa, é tão doloroso que prefiro não me demorar no discurso.
          Obrigado, cardeal Ruini, obrigado Cardeal Vallini pela neocatecumenalização da Diocese de Roma: obrigado!

          Carta Assinada

  22. Pasquale Troise, do distrito de Traiano, em Nápoles, Área de Fuorigrotta (com nik Massimiliano C.). Mas você ainda não descobriu com quem está lidando?

    Mas você ainda pensa que é seu (não-argumentos triviais) você pode colocá-los na base de um discurso multidisciplinar de alta cultura sobre assuntos teológicos com quem, infelizmente para você, ele é um estudioso desses assuntos?

    Você é como um filho de 3 anos no primeiro ano do jardim de infância tentando explicar a fórmula da relatividade para um professor universitário de física.

    Caro Pasquale, dizer pasqualone: você não percebe que está literalmente fazendo muitos leitores deste blog rir (mesmo ateus) e chorar tantos neocatecumenais que, para agora, eles estarão se perguntando quem é este c…aquele que está nos fazendo fazer uma figura de barbina de proporções imensas?

    Pasquale, você é de Nápoles e eu também sou, ma un po’ você está me deixando com vergonha de ser!

    1. Caro Joseph,

      sabido que vários napolitanos navegam naquela bela ilha de Patmos.

      Certamente saberá que o Caminho Neocatecumenal está muito presente e enraizado na Arquidiocese de Nápoles.. Muitos, entre nós, párocos, eles vivem em situações verdadeiramente terríveis.

      Ou na paróquia onde há grupos neocatecumenais há um padre neocatecumenal, ou, como o Padre Ariel diz com razão, um padre “neocatecumenalizzato”, ou, a vida de nós, párocos, se transforma no inferno, mas realmente no inferno.

      Ninguém nos apóia e nos apóia, para nós, párocos não neocatecumenais, não porque o Caminho aproveita tudo “dogmático” Aprovações de igrejas, mas porque as situações eclesiais e diocesanas são tão complexas e muitas vezes muito sérias e incontroláveis ​​que, vá e toque nesse caldeirão, isso criaria enormes problemas e, talvez, também inútil, mas acima de tudo, e, em seguida, realmente difícil de gerenciar.
      Então o que acontece?
      Párocos não neocatecumenais, que os neocatecumenais os encontraram e que devem ser submetidos a eles, procuram levar a vida paroquial da melhor maneira possível e depois vão embora, esses grupos, faça o que eles quiserem nos corredores paroquiais, desde que não interfiram na vida da freguesia e nas escolhas das juntas de freguesia.
      não será uma coisa boa, mas nada mais pode ser feito, por enquanto.

      A falta de respeito do neocatecumenal médio para com o padre é realmente impressionante, nós não conversamos, e, em seguida, de catequistas.
      Os abusos litúrgicos continuam como antes e, no nosso país, pior do que antes. Quem nega, Receio que ele esteja falando o falso.

      Eu também gostaria de apontar algo que não é secundário: ao abuso, devemos adicionar o elemento emocional-passional. Nós, napolitanos, somos conhecidos, pela nossa paixão, mas também pela nossa teatralidade, não é por acaso que também somos famosos por um gênero teatral e literário conhecido apenas como “Esquete napolitano”. conseqüência?

      De, a conseqüência é muito séria: pessoas que jogam com as emoções, em nossa terra, eles tiveram um jogo fácil, daí a emocionalidade, e com ele o abuso litúrgico verdadeiramente impensável e imaginativo, em nosso contexto sócio-cultural e eclesial acaba sendo elevado à potência máxima..

      para mim, Eu sou um dos vários párocos napolitanos que, pai Ariel, forneceu testemunho sério e doloroso e evidências para esse efeito, tudo rigorosamente demonstrado.

      Para a posteridade, dê-nos então, para todos, de mentirosos e odiadores.
      Faça uma oração por nós, párocos, deixado sozinho como refém dessas pessoas.

      1. Querido confrade napolitano,

        orações garantidas, verdadeiramente e sinceramente.
        Talvez você tenha me feito entender porque em muitas áreas do nosso frio norte, os neocatecumenais não criaram raízes como nas áreas do centro e do sul da Itália.
        na realidade, pelo que sei em Nápoles e arredores (mas também na Calábria e na Sicília), eles estão muito presentes.
        Eles também estão presentes aqui, no entanto, em proporções e números muito menores.
        Quando um pequeno grupo deles apareceu anos atrás na minha paróquia, Eu disse que não os queria.
        Aqui eu tenho que dizer … pai Ariel docet! Na verdade eles começaram … “nós somos aprovados … somos estimados pela Igreja … somos chamados pela igreja …” Então no final, quase como uma ameaça: “São João Paulo II nos aprovado, e João Paulo II é um santo, e ela certamente não irá contra a Igreja e contra um santo, verdadeiro?”.

        Eles então foram reclamar com o bispo, pelos mesmos motivos. Mas quando eles disseram ao bispo que este pastor era contra a Igreja, não obediente à Igreja e às decisões de São João Paulo II, Bispo (do tempo e do tempo) ele respondeu: “nos últimos três anos eu morri 14 Sacerdotes, na mesma quantidade de tempo que eu só pedi 2, e no seminário interdiocesano (o nosso está fechado há quase 30 anos) nós temos apenas 3 seminaristas. Entre você e o pastor, eu tenho que escolher o pastor, mesmo se o pároco estivesse errado, porque se ele vier até mim e me disser que quer sair da paróquia, Eu realmente não sei quem colocar no lugar dele, também porque não tem só a freguesia onde foi bater, mas ele também é pastor de duas outras pequenas paróquias próximas, onde não há pastor há vinte anos, e não há pároco porque não tenho padres”.

        Caro confrade napolitano, nossa situação é muito diferente. Minha diocese tem aprox 200.000 fiel e tem, entre o clero secular e regular, cerca de 90 Sacerdotes , você é uma das maiores arquidioceses da Itália, você tem mais que 1000 padres para alguns milhões de habitantes.

        Mas eu percebo, Eu entendo e sinceramente tenho pena de você e de outras pessoas nas mesmas situações que você. Na verdade, esses assuntos estão seriamente enraizados em grandes contextos, então a situação se torna incontrolável assim como você a descreve, e se eles conseguirem colocar seus próprios padres, ou para atrair alguns dos nossos padres diocesanos deles, então, nesse ponto, as rupturas irrompem, problemas e feudos reais dentro dos presbíteros, como se esses assuntos fossem feitos para dividir e desintegrar as paróquias de dentro, abaixo das próprias dioceses.

        Desejo-lhe um ministério feliz e frutífero.

        Don Angelo

  23. Você diz que a aprovação do Caminho seria um ato administrativo?Acho que não ,mas mesmo se fosse, me serviria,no entanto, continua a ser uma aprovação oficial da Igreja. Nem tudo na Igreja é aprovado e examinado diretamente pelo Papa. Os órgãos do Vaticano existem.,que colaboram com o Santo Padre,entre os quais,no que se refere ao SP havia a Ecclesia Dei que mais tarde se incorporou à Congregação Doutrina da Fé. Eu lembro que a aprovação de 2008 é a conclusão de um processo que começou muitos anos antes e teve uma fase intermediária com o’ aprovação, experimentar,de 2002 2008 então foi a conclusão do processo, não o seu início e o Cardeal Ratzinger também participou , então ele certamente não estava no escuro, nem pode ser dito que ele foi contornado,como ela parece sugerir, se ela afirma o contrário,Provar e documentar. É verdade que o Papa Paulo VI proibiu o uso do Missal de Pio V,no dia seguinte à aprovação do novo Missal,em 1970, não há dúvida sobre isso,mas alguns desobedeceram ao Papa. Quem desobedeceu,ele faria bem em não ensinar os outros. Essa desobediência não adiantou nada.

    1. Eles não entenderam que tirar uma carteira de motorista não significa o que eles acreditam, e então eles inflaram como balões. Eles não conseguem entender que eles têm que dirigir bem e respeitar as regras, o código da estrada, e mais. E se eu dirijo um carro, não posso me colocar no comando dos outros, acho que você é melhor, caluniar os outros por acreditar que estão falando pela boca de Deus, e fazer muito mais negativo.
      E’ como se eu estivesse andando por aí, depois de receber a sagrada comunhão, e comecei a dizer palavrões e blasfêmias.
      Estes não entenderam que parte do Povo de Israel, Pessoas Eleitas, eles colocaram na cruz, naquela hora, (em conformidade com o Concílio Vaticano II), vamos falar sobre os culpados, o Senhor.
      Eles não entenderam que todos os dias há uma luta dura contra o Mal, e não apenas para ser pessimista, há também um grande consolo que o Espírito Santo dá.
      Eles só sabem: aprovação,para. número de seminários, o papa nos disse ( eles apenas listam o que é conveniente), etc..
      Então eles se auto-aprovam, isto é, eles se lembram do evento, eles pensam que estão vivendo isso no momento, como se fosse propriedade deles, e eles começam a impor e perseguir, pensando em…

  24. Caro Massimiliano mas que defende as pessoas de pessoas como você e seus associados?
    Quem defende as pessoas dos catequistas ignorantes, linda, arrogante, presunçoso, mesquinho, desonesto, enganadores, abietti, hipócritas,falso ?

    Quem defende as pessoas desses personagens horríveis que exigem obediência absoluta e total ao seu povo?

    Quem defende quem se aproxima do caminho porque pensa que é a Igreja e é levado a uma realidade paralela que nada tem a ver com o Cristianismo, com a Igreja e com Jesus Cristo?

    Quem informa as pessoas sobre o “ser” realidade do CNC que usa um catecismo próprio diferente da Igreja e sempre a manteve segregada?

    Quem defende as pessoas de uma realidade que tem um estatuto que nunca respeita?

    Quem defende os cristãos de um grupo de pessoas que nunca responde a perguntas, eles não aceitam nenhuma crítica, eles não têm regras precisas e estão ligados ao culto do fundador Kiko Arguello que é absolutamente autorreferencial e reina como um monarca absoluto sobre alguns milhares de pessoas mantidas no escuro sobre tudo o que acontece no topo do movimento?

    LUCA

  25. The Way é acusado de trazer divisão em paróquias,mas gostaria de salientar que os grupos da Messa Tridentina,eles são compostos de elementos que vêm de,principalmente ,de diferentes paróquias ou mesmo dioceses e se reúnem e assistem apenas à missa de Pio V ,não participam de outras iniciativas da paróquia e da Diocese que os acolhe.,como já escrevi,na diocese,o liturge é o bispo,seria mais justo que isso, a concessão da Missa de Pio V,voltou sob a autoridade dos Bispos. Também porque nos perguntamos quais os benefícios pastorais que a aplicação de Pio V trouxe,dado que, no entanto, a Fraternidade Pio X permanece cismática,os tradicionalistas continuam sozinhos. Acredito que o SP será revisto no futuro, reformado,também porque parece estar em contradição com as disposições da Constituição Dogmática Sacrosatum Concilium,que previa a reforma do Rito Tridentino,não a coexistência dos dois ritos. Mas também as Missas Tridentinas,pelo menos na minha parte,eles não são muito populares. Na verdade, para falar a verdade, eles nem são celebrados,ninguém pede e o Bispo não está inclinado a conceder,E é bom para você. Por favor, leia a Constituição Apostólica Pastor Bonus.

    1. Bunda, bunda, bunda! Quem se levanta para a cadeira e finge ensinar quem, por toda a vida, ele estuda teologia dogmática e os documentos do magistério da Igreja. E eu repito: bunda, bunda, bunda!

      O O Conselho não é um “constituição dogmática”!
      As duas constituições dogmáticas do Concílio Vaticano II são as Dei Verbum e Lumen Gentium.

      Você está rejeitando e contestando abertamente um ato de magistério dado na forma de Motu Proprio pelo Sumo Pontífice Bento XVI.
      Eu a desafio publicamente: encontrar, em todos os meus escritos públicos, um único suspiro no qual questiono, uniforme e apenas velado, uma Motu Proprio do Papa Francis I.
      Eu a desafio publicamente: você encontra!
      Porque só vai encontrar o oposto: minhas ligações e minhas explicações, dirigido a qualquer pessoa que levantou questões, sobre o fato de que quando um Romano Pontífice promulga um Motu Proprio, e cale-se, é obedecido e executado.
      Só este vai encontrar.
      Bunda!

  26. Caro Don Ariel, não respondo a sua resposta,Acho que não vale a pena, porque seria um esforço inútil,não há pior surdo do que aquele que não quer ouvir. Minha referência ao Summorum Pontificum foi apenas para evidenciar a contradição em que cai em seu raciocínio. Ela afirma que o Caminho seria imposto de cima. Francisco na Missa de Pio V?Bem, então você prova suas afirmações,documentos que o Caminho é imposto de cima. Quem então faria essa imposição?Por favor, diga os nomes. Você está se referindo ao Papa Francisco por acidente?Incomoda-a que o Caminho seja eventualmente imposto de cima,mas eu pergunto a ela,não aconteceu e o mesmo acontece com Summorum?A maioria dos bispos continua contra o SP e os grupos de missa Pio V. Alguém observa ,Eu concordo totalmente,do que o liturge ,a nível diocesano é o Bispo,portanto, caberia a ele conceder, possivelmente, a celebração do Rito de Pio V. Na verdade, porém, ele é contornado, e obrigado a conceder missa. Além disso, o NC é acusado de dividir as paróquias, mas o que esses pequenos grupos de Pio V estão fazendo?Eu sou…

    1. Ela não responde, não porque é “tão superior que não cede”, mas porque ele não tem sabedoria, conhecimento e argumentos; e está provando isso, obstinadamente, linha atrás da linha.
      Já lhe respondi na parte em que as constituições dogmáticas do Concílio Vaticano II que não existem são inventadas de raiz..

  27. Pai de Ariel, não sou eu um “cale a boca dela”, como você diz, mas a igreja com seus mais altos representantes. Eu nunca pude, porque como seu admirador diz com razão, Eu não poderia fazer nada contra sua grande cultura, sua exibição de grego, aramaico e ebraico. Você lança as citações em hebraico e sua cultura, como um sistema de contra-medidas anti-mísseis “palha e fogo”, lança seus elementos “enganadores” . Eu só me importo com uma coisa: Cristo e sua Igreja e este ama o Caminho e além 50 anos ela cuida dele e o defende de pessoas como ela. Só isso eu sei, “Cristo e estes crucificados”, todo o resto está sozinho “palha e fogo”.
    Ao aceitar a proposta do amigo acima, Eu não vou mais intervir nesta discussão, então não se preocupe em responder se quiser e se quiser, sei que você não vai receber minha resposta. Não devo o caminho neocatecumenal e não poderia defendê-lo de pessoas como você e seus companheiros, mas Cristo pensa sobre isso através de sua Igreja.
    Atenciosamente
    Massimiliano C.

    1. Mas por que você não está sendo honesto consigo mesmo desta vez. Você não é que não “você quer responder” … VOCÊ NÃO SABE E NÃO PODE responder.

      1) porque toda a sua sabedoria está encerrada em mamotreti e ai se “vire à direita e à esquerda” e isso apesar de São João Paulo II (cujo nome você ostenta…hipócritas!) disse claramente aos catequistas PARA ESTUDAR.
      Você ouviu isso? Acho que não.

      2) Porque você sabe que ele está certo. E não é necessário um mestrado em teologia. Uma criança do primeiro ano de catecismo seria o suficiente. A diferença entre um “pecado venial” e um “mortal” você sabe?
      Ah não, porque “o consentimento deliberado” (ou a vontade’ de fazer algo errado sabendo que é errado) você não conhece ele. Por que Kiko disse isso: “NÃO PODE SER FEITO’ NÃO PECE.

      “A IGREJA defende o caminho de 50 anos?”. Então, por que Kiko reclamava repetidamente que “eles queriam tirar a massa e FORÇAR VOCÊ (coitadinhas que atormentam) para celebrar na igreja em vez de nos quartos?”

      Eu sei que este ano muitas dioceses (tipo palermo) eles PROIBIAM você de ter vigílias de Páscoa privadas. Eu sei que VOCÊ ESTÁ ESFREGADO.
      É assim que você ama a IGREJA …

    2. Massimiliano, você nem mesmo está discutindo. Com as frases terminadas, nenhum diálogo real começa. Até porque vejo que não há interesse em fazê-lo.
      O problema do movimento é muito grande, tem implicações muito importantes, que todos entendam bem. Mas o fato histórico concreto é que hoje a Igreja está cheia de grandes problemas, veja as heresias andanti sobre a liberação do adultério, homossexualidade, A reabilitação-santificação de Lutero, a clara tendência neopaganística do sínodo da Amazônia, e, Por último, a questão da liquidação do Instituto João Paulo II, com as questões éticas conhecidas conectadas.

      Pela minha parte, Eu sou da opinião, que, alguns, havia desvios ideológicos generalizados na Igreja desde os tempos do Concílio Vaticano II, mas que todo este pacote recente foi endossado e fomentado pelo Pontífice Reinado.

      Portanto, Eu gostaria, mesmo sem esperar soluções milagrosas, como Robert Spaemann disse, que um próximo papa realmente começa a esclarecer, e juntar as coisas.

    3. O leitor que assina Massimiliano e diz para não mentir, mente. Não é verdade que nas Missas Neocatecumenais os fiéis consomem a Eucaristia IMEDIATAMENTE APÓS o presbítero. Eles consomem TUDO SENTADOS JUNTOS, exatamente como antes da aprovação dos Estatutos. O que mudou na Missa Neocatecumenal após a aprovação dos estatutos? desse, a partir da aprovação fantasma da mamotreti (que na verdade nunca existiu) muito foi dito e documentado no blog neocatechumenali.blogspot.com
      Tendo seguido o caminho neocatecumenal antes e depois da aprovação dos estatutos, de cor as mudanças na massa são: reintrodução do Credo recitado (isso veio primeiro “entregue” só depois de passar a fase de redditio) e foi proclamado cantado apenas após esta fase, reintrodução do Cordeiro de Deus, reintrodução da fórmula “Ó Senhor, Não sou digno de frequentar a tua mesa, mas de’ apenas uma palavra e eu serei salvo” antes da comunhão; levante-se para receber o pão da comunhão em suas mãos e sente-se imediatamente a seguir. Como agora até as paredes sabem, O hospedeiro (pedaço de pão ázimo) é comido todos juntos.

  28. Eu concordo com averroe, que o caminho não precisa ser defendido, muito menos de nós, já que Jesus Cristo cuida de defendê-lo, através de sua Igreja que em 50 por anos ele supervisionou o Caminho Neocatecumenal. Mas uma coisa me fez pensar, que eu acredito ser uma realidade comprovada, que existe uma equação entre “anti-administrativo” e “sedervacantismo” ou mesmo anticlericalismo. E isso também faz sentido, porque se a igreja quer o Caminho e diz que é um dom do Espírito Santo, mas eu odeio o caminho… Então a igreja é injusta e o Papa é um canalha. Pode Ser (e eu digo talvez), este não é o caso com p. Ariel, mas quase todos os comentários no fb e no blog, relatar esta equação.
    Enfim padre Ariel, se é verdade como você diz, que terá que passar milhares de anos no purgatório, Eu não acho que será pelos motivos que ela disse, mas por sua presunção e pouca humildade para com a igreja e seus ministros que aprovaram o caminho.

    1. Serei ensinado humildade pelos megacatequistas do Caminho Neocatecumenal, que repetidamente mostraram que não conhecem os rudimentos da história, da filosofia, teologia fundamental e a lei da Igreja, mas apesar disso eles sentem que são mestres indiscutíveis, destruindo um pobre Espírito Santo reduzido ao mesmo nível do Mago de Merlin. E quando na frente de suas expressões eles eram, como neste caso – apenas leia essas linhas – diante de seus erros óbvios, devido sobretudo à falta de conhecimento do Catecismo da Igreja Católica, nesse ponto, como último recurso, não sabendo mais o que responder, eles fecharam com um convite patético à humildade. Qual humildade é uma virtude fundamental, não é uma maneira de dizer: “Estou certo contra qualquer evidência clara dos fatos”.
      Nem ela, nem seu companheiro Averroé, você respondeu quando eu apontei seus erros um por um, que são todos erros graves no Catecismo da Igreja Católica.
      E isso é um fato.
      Embora a humildade seja uma virtude, não é uma maneira de calar a boca quando você não sabe mais o que e como responder, como e onde anexar.

      1. Eu sou um médico especialista em psicologia clínica da Suíça italiana, nativo de Como e portanto italiano.
        Esta discussão é interessante e o meu é apenas um breve comentário puramente científico.
        A discussão demonstra isso:

        uma) por um lado temos um lutador experiente (Pai Ariel) dotado de uma cultura poliédrica enciclopédica indubitável, que varia com competência e facilidade da filosofia à história, da teologia ao direito, tudo com argumentos rigorosamente racionais e com habilidades oratórias diante das quais pessoalmente não iria ser arrogante em um confronto público face a face;

        b) por outro lado temos pessoas que não conhecem as regras da luta, eles parecem carentes de cultura, eles não têm ferramentas para debate, eles não respondem com base no mérito, eles fogem das respostas e são incapazes de enfrentar tal adversário, mas, eles acreditam que estão certos com base em argumentos irracionais baseados inteiramente em suas próprias esferas emocionais.

        O observador externo, como no meu caso, mas também acredito em muitas outras pessoas, sentir atração e estima pelo assunto “uma”, e ao mesmo tempo desconforto para os sujeitos “b”.

        Não sou de religião católica e sempre segui muito pouco, mesmo aquela a que pertence a minha família, mas leio A Ilha de Patmos há alguns anos precisamente porque, a nível científico, sinto-me atraído e fascinado pelas agudas exposições do Padre Ariel, contra o qual uma criança de dez anos pode se lançar com veemência da mesma maneira que pode se lançar contra um campeão de boxe no qual, obviamente, só posso ligar para idiotas à distância e com garantia de anonimato, certamente não entrando no ringue com ele e dizendo a ele “agora eu vou te separar”.

        Tudo isso é cientificamente interessante para mim, mesmo que eu não saiba quem são os neocatecumenais, sobre o qual eu nunca poderia expressar julgamentos de qualquer tipo, não conhecer seus membros individuais e não conhecer seu grupo / associação católica.

  29. Por favor, o Caminho não precisa ser defendido por nós. Esqueça essas disputas desnecessárias. A anti-administração é altamente considerada no mundo tradicionalista. Dom Ariel também sabe muito bem que seus argumentos são plásticos e arcaicos, ele não resistiria a uma discussão séria.

    Falando de coisas na Igreja desejadas de cima,Eu pergunto a Don Ariel quem ele queria Papas?
    Os bispos foram e são principalmente contra,Papa Francisco incluído. O povo não havia pedido nenhuma missa tridentina,exceto os grupos mais baixos do mundo tradicionalista. Certamente foi uma decisão tomada de cima,sem mesmo consultar os outros bispos,com um sínodo ou cardeais,com um Consistório. Na verdade, para dizer a verdade, a missa de Pio V foi proibida por São Paulo VI e permitida apenas a alguns padres.
    Mas ele desobedeceu e alguns continuaram a festejar Dois pesos e duas medidas Don Ariel?

    1. Você é um comediante extraordinário.
      em primeiro lugar, antes de afirmar que "Eu não resistiria a uma discussão séria", deve fazer essa discussão acontecer. A última vez que tive que lidar em público com um megacatequista neocatecumenal que se dizia um estudioso da Bíblia, Eu pisquei o texto hebraico de Gênesis sob seus olhos na frente de todos e disse a ele: "Eu apenas discuto com base nas fontes originais". Então eu perguntei a ele: "Este, que livro da bíblia é?».
      Ele entende isso por si mesmo, a figura que ele fez na frente de todos, ou eu tenho que explicar para ele com legendas para surdos?

      Você me pergunta quem queria o Papas? Eu vou responder imediatamente: Sumo Pontífice Bento XVI, o mesmo que em 2012 permitiu ao Pontifício Conselho para os Leigos aprovar o Caminho Neocatecumenal, sem qualquer menção nas entrelinhas deste decreto à augusta pessoa do Sumo Pontífice.

      Em geral, há, portanto, uma diferença legal não formal, mas substancial, que no entanto escapa dela: o documento que concede o uso de a velha ordem da Missa, é um Motu Proprio e é assinado por Bento XVI, sua aprovação de 2012, que ocorreu sob seu pontificado, é um ato administrativo do Pontifício Conselho para os Leigos, em que – Repito – o Sumo Pontífice absolutamente não é nomeado, como muitas vezes é mencionado em vários outros decretos dos Dicastérios e Secretariados Pontifícios.
      claro? Ou ela também quer negar a evidência de fatos comprovados e documentados?

      Bem, já que segundo ele seria eu quem "não suportaria uma discussão séria", ela que é tão comicamente séria, nós queremos explicar, do ponto de vista canônico e eclesiológico, Que diferença isso faz, de jure, entre um Motu Proprio do Romano Pontífice e o ato administrativo do Presidente de um Conselho Pontifício?

      De, o que eu daria, estar na frente de uma audiência de canonistas, para ouvi-la explicar isso para mim!

      Então me conte: se o presidente de um secretariado pontifício aprova os neocatecumenais com um decreto administrativo, este decreto passa diretamente para a Congregação para a Doutrina da Fé para que um novo dogma de fé possa ser formulado, enquanto que, se de Motu Proprio (que significa a própria autoridade suprema) o Sumo Pontífice estabelece qualquer coisa, você pode zombar dela da maneira culta dela, como ela está fazendo nas entrelinhas?

      Quem lhe disse, que o Santo Padre Francis, é contrário? Onde ele afirmou isso? Onde está documentado? Como Arcebispo de Buenos Aires, ele foi o primeiro em toda a América Latina a comissionar imediatamente dois padres para celebrar com a velha ordem em duas igrejas diferentes em Buenos Aires, um dos quais na época era um destacado acadêmico de língua latina na Universidade Católica.

      Depois disso, ela afirma que tomar tal decisão, Bento XVI deveria ter convocado um sínodo … um consistório (!?) É isto, que lei eclesiástica o impõe, visto que ele é o Romano Pontífice, o legislador supremo e contra suas decisões não cabe recurso. Se eu fosse – por exemplo – sancionado canonicamente pelo meu bispo, quem é obrigado a dar claramente as razões de sua disposição, a partir dos cânones e leis eclesiásticas violadas por mim, se eu considerar essa sanção injusta, Eu poderia apelar contra o bispo para o Supremo Tribunal da Signatura Apostólica; em vez, se a sanção foi dada a mim – sempre por exemplo – pelo Romano Pontífice, Eu não poderia apelar para ninguém, e o Romano Pontífice, contrário ao bispo, não é nem mesmo obrigado de forma alguma a justificar suas decisões.

      Mas ela, está por acaso confundindo a autoridade hierárquica da Igreja com uma república parlamentar onde as leis são aprovadas por maioria? Nesse caso, não devemos ter o Vigário de Cristo na terra, mas o presidente eleito da Igreja Católica, eleito e, se necessário, desanimado e demitido do cargo, a série … a soberania da Igreja pertence ao povo que a delegou ao papa-presidente e aos bispos-presidentes.

      Ela está finalmente me acusando de seus pecados óbvios, afirmando … "Dois pesos e duas medidas".
      Não, é ela quem o usa descaradamente, que, na frente de todos, dois pesos e duas medidas, ou seja,: em um ato de autoridade (Motu Proprio) Bento XVI, e discutir – e é você mesmo quem faz isso e prova isso -, enquanto o que não se pode discutir é a aprovação administrativa do Caminho Neocatecumenal pelo Pontifício Conselho para os Leigos.

      Mas ela, percebe, em que níveis, sua comédia é verdadeiramente grotesca e hilária?

  30. No estatuto aprovado a celebração eucarística é descrita e tornou-se (do estatuto em diante), uma missa pastoral paroquial, aberto a todos. eu não “desvio” para as perguntas, mas embora ela não tenha limitações de caráter, tenho alguns 1200. Sobre a Oração Eucarística, o que você diz que aconteceu antes do estatuto, agora é sempre diferente e corresponde ao tempo litúrgico. Os confrades que ele pediu, eles provavelmente estão de má fé como a maioria dos odiadores. Apenas ler júbilo é suficiente para entender o que quero dizer com ódio, mas vejo que ela também está aprendendo rápido.

    1. E chega de reclamar do 1200 caracteres: sabemos bem que os kikos não podem esperar para inserir páginas intermináveis ​​de copiar / colar. Desnecessário, já que era para ser caciara em vez de clareza, silenciar ao invés de explicar.

      Por exemplo, seu irmão Massimiliano, deitado, afirma que o Estatuto descreveria a liturgia carnavalesca do Caminho. Que na realidade nunca foi aprovado e sempre foi contrário ao Missal Romano e às normas litúrgicas válidas para toda a Igreja, ambos “antes” que “depois” o estatuto.

      A carta da Congregação para o Culto Divino de 1 de dezembro 2005 (a firma del cardinal Arinze, contendo as "decisões do Santo Padre" contra as liturgias neocatecumenais, "Decisões" que o Santo Padre nunca retirou), é parte integrante do Estatuto do Caminho (artigo 13, Nota 49): citando documentos já normativos para toda a Igreja, esta carta proíbe os principais erros litúrgicos do Neocatecumenal (“comunhão sentado”, “homilias” laicali, etc.) mas até hoje os kikos sempre desobedeceram (por exemplo, com o respingo hipócrita no momento da comunhão).

    2. As Missas Neocatecumenais são abertas a todos apenas em teoria. Em todos os anos de caminhada, encontrei apenas um caso de uma pessoa que participou da Eucaristia da Neocat por iniciativa própria., sem ser convidado por ninguém. Era um homem na casa dos quarenta que assistiu à Eucaristia comunitária durante meses (às comunidades Neocat reunidas por falta de padres) da paróquia onde fiz a jornada ao longo dos anos 2005-2010. Busca’ o homem foi convidado para a catequese, mas ele disse que não tinha vontade de participar e estava feliz por poder acompanhar aquela animada Eucaristia na noite de sábado. Bem algum tempo depois, pelo chefe da freguesia e dois dos seus comparsas foi-lhe dito para não voltar a aparecer no sábado à noite, que ele não poderia mais participar da Eucaristia das Comunidades. Lembro que ele estava muito mal, ele não entendeu os motivos de sua saída, ele também tentou * se justificar dizendo que não havia feito nada de errado…. Mas diga-me como alguém pode definir-se como um cristão que impede uma pessoa de ir à missa em uma igreja sujeita à diocese.? Ou seja, não sua capela pessoal…. Pessoas assim merecem perder tudo….

  31. Aqueles que insultam estão errados e não honram o Caminho,supondo que ele seja realmente um membro dessa realidade. Don Ariel provoca,saber fazer isso,portanto,na minha humilde opinião, errado acima de tudo. E’ um padre, e tem maior responsabilidade e consciência, mas com suas provocações instiga e alguns,em si já não é muito inteligente, levando-os à vulgaridade e à linguagem trivial.
    Eles jogam o jogo dele,realizá-lo,não são otários,abra seus olhos por prazer. Independentemente do absurdo que ele escreve e dos argumentos muito fracos, ao qual até uma criança saberia responder, evidentemente ele quer anunciar seus livros,Por favor,, evitamos dar visibilidade.

    No entanto, eu claramente me dissocio da vulgaridade e dos insultos, além disso, eles só se beneficiam do jogo de Don Ariel, esfregando as mãos pensando nos livros que vai vender’ Percebo que o mundo tradicionalista tem uma tendência para o anti-administrativo e dá adeptos desta corrente de pensamento, peso específico, e isso é tentador para aqueles que aspiram subir posições na hierarquia.

    Concluo convidando você a ignorar essas provocações,a Igreja decidiu definitivamente,é inútil continuar discutindo…

    1. Mas ela realmente acha que pode tratar um teólogo de 56 anos como um filho otário, do topo de sua quase total falta de senso crítico e, sobretudo, de ciência e conhecimento? Mas ele sabe o que significa, na linguagem teológica, afirme como ela acabou de fazer:

      «A Igreja decidiu definitivamente,inútil continuar discutindo ".

      Voce sabe o que “pronunciamento definitivo” Igreja, na linguagem teológica?
      Existem dois pronunciamentos:

      1. definitional;
      2. final.

      Com pronunciamento “definitional”, a Igreja proclama um dogma de fé; com pronúncia “final” a Igreja sanciona novas disciplinas e doutrinas que, embora não sejam novos dogmas de fé, no entanto, eles são baseados em revelação e dogmas, portanto, implica por parte do Romano Pontífice o exercício do magistério infalível e de todos os bispos, padres e fiéis são obrigados a aderir obedientemente à fé.

      O Santo Padre Giovanni Paolo II, interveio ainda mais com um de seus Motu Proprio para esclarecer estes “graus” de infalibilidade (Para defender a fé).

      O reconhecimento administrativo do Caminho Neocatecumenal pelo Pontifício Conselho para os Leigos não é um pronunciamento definitivo da Igreja.

      Então ela fala bobagem e faz como aquele menino que presumia ser capaz de dissertar com físicos sobre os sistemas mais complexos do universo, simplesmente porque tinha visto três filmes de ficção científica e não apenas sentiu que poderia tratar esses especialistas como otários pobres, mas acima de tudo saber muito mais do que eles.

      Você não é um caso isolado, ela é o triste paradigma de um drama: o tipo neocatecumenal.

  32. P. Ariel, obviamente com o meu 1200 personagens disponíveis, Eu não posso responder todas as suas folhas, mas posso dizer algo. Eu gostaria de responder ao júbilo, primeiro de tudo e diga-lhe que do fundo do seu anonimato, não pode pagar para “implica” as falas de seus interlocutores. A celebração não é um show, é uma celebração conforme aprovado no estatuto e eu seria mais cuidadoso em denegrir um rito da Igreja Católica. Agradeço a gentileza de ter descrito a minha como a ignorância daqueles que ignoram, mas neste ponto ele não acha que há muitas pessoas ignorantes, do que os espertos? Não parecem muitos cardeais, bispos e papas são tão ignorantes e apenas alguns de vocês são os “inteligente”? Lembro-me da história do louco na estrada. Oh yeah, esqueci, você estudou os escritos de pe.. Zoffoli, mas eu lembro a você que morreu sobre 25 anos atrás e seu conhecimento de c. é muito antes do estatuto. É c. é muito diferente de 25 anos atrás e se você realmente deseja publicar o livro, primeiro pergunte de perto e pessoalmente, caso contrário, ela vai fracassar como p. Zoffoli. Na oração. Eucar. É masculinoinform.

    1. Dada sua evidente e comprovada propensão aqui para evitar perguntas claras e precisas, Eu entendo que você tem que fazer perguntas muito secas e curtas.
      Você acabou de declarar:

      «[…] Eu seria mais cuidadoso em denegrir um rito da Igreja Católica ".

      Indique imediatamente o documento da Santa Sé que reconhece o Neocatecumenal como um rito próprio reconhecido pela Igreja Católica.
      Para responder a esta pergunta, você não precisa deles 10.000 caracteres, apenas me cite o documento.
      ________

      PS.
      Olhar, que consegui obter documentos da Santa Sé com os quais vocês nem sonham, se você, portanto, pensa que escrevi um livro baseado exclusivamente nos escritos do padre Enrico Zoffoli, ele está realmente errado.
      Mas não se confunda: a questão é a que está acima, claro e preciso, não me responda com um discurso sobre o padre Enrico Zoffoli

  33. Digo ao Sr. Massimiliano que também tenho andado bem 35 anos, dos quais sobre 25 como catequista de muitas pessoas.
    portanto, Eu conheço o caminho (ai de mim!) muito bem também.
    O que o padre Ariel diz é sacrossanto, é a igreja, e infelizmente eu também descobri depois de tantos, muitos anos. Ela, Massimiliano, ele nunca vai descobrir, simplesmente porque não há nada disso ao longo do caminho. Nós realmente não falamos sobre isso. Falamos apenas da interpretação Kikiana, que tem apenas a aparência de uma pregação católica, mas parece muito mais com o protestante.
    Ela diz que não ofendeu, e se sente ofendida porque foi chamada de mentirosa.
    Saliento que você usou o termo em vez disso “caluniador que não vai postar meu comentário”, referindo-se a um padre que não faz nada além de explicar a doutrina da Igreja. Ele não ofendeu, portanto?

    Eu então digo ao Marco, carlo e sasfc (minúsculo, claro, em todos os significados do termo), que eu também conheci pessoas neocatecumenais como eles, adverso a qualquer tipo de sacralidade, também ministerial.
    Diferente de você, isso contribuiu para o meu distanciamento do CNC em desgosto.

  34. Agradeço calorosamente ao Padre Ariel pelo que escreveu.

    Tive poucas dúvidas sobre o Caminho, no sentido positivo para os neocatecumenais. Ou seja, eu vi e experimentei situações lá (Tudo escrito no blog do Osservatorio, então eu não os reescrevo), mas uma pequena parte de mim estava me dizendo: eles estão na Igreja e João Paulo II os ajudou, então aí está, de qualquer maneira, algo. O que é aquilo, mesmo agora, porque Cristo quer salvar a todos.

    Mas lendo o que ele escreveu naquele comentário, isto é, sobre o sacrifício eucarístico, a hóstia divina, Jesus o Senhor que dá Seu Corpo e Seu Sangue, e que Kiko Arguello disse essas coisas, naquele ponto, todo um cenário se abriu diante de mim. Pelo que, já que a igreja é mãe, o Papa é o Vigário de Cristo, e a Igreja é Igreja se permanece inserida em Cristo, e o mesmo para o Papa, e uma vez que todos nós sabemos que aquele que governa todas as coisas é o Pai, o Todo-Poderoso, Aquele que governa a Igreja e também o Papa, e o Pai e o Filho são um junto com o Espírito Santo, Trindade, e então quem é contra a Trindade, é contra a Igreja e o Papa, aqui eu entendo: que estes estão em mau estado. Muito mal.

    Eles traíram Jesus Cristo, eles têm isso em seus lábios, mas seu coração está longe do Senhor. Eles se espremeram na Igreja para ganhar fama, dinheiro, e dinheiro. Eu pude ver essas pessoas em ação, na minha área, Eu não falo de todos. Enquanto você está entre eles, eles se aproximam de você, chamando-o de irmão, trocas de paz, etc., etc.. Tudo por interesse pessoal, no coração eles escondem outra coisa, na melhor das hipóteses, a intenção deles é colocá-lo em seu reino, então eles pegam mais uma pessoa. Uma pessoa para se submeter à sua vontade, e, portanto, destinado a perder dinheiro, espiritualidade, amor próprio, e fé em Deus.

    Eles se tornam os Mestres no verdadeiro sentido da palavra, eles reivindicam o direito, sob hipocrisia, como eles se mostram como profetas, dizer aos outros o que fazer e o que não fazer. Pode-se dizer que em outras áreas também é o caso.. Pode ser, mas se falarmos sobre áreas saudáveis, como quando você vai ao confessor, é a pessoa que sente a necessidade, e depois de raciocínio cuidadoso, autoanálise, discernimento, etc., aqui vamos nós para o confessor, e então o que sabemos acontece: nós nos livramos do fardo da morte. Com isso acontece como uma caça. Eles colocaram outdoors, na internet está cheia de anúncios, a notícia infla, vídeos falsos, etc., etc.. Eu pessoalmente participei do Hundred Squares, quase ninguém os ouvia seriamente. Eles colocaram seu compromisso nisso, mas, sabemos que mesmo os hereges estão empenhados em espalhar heresias, talvez mais do que os outros, como enganados pelo espírito que os mantém acorrentados.

    Pelo que, eles, eles gastam seu tempo querendo subjugar os outros, então são eles que vêm buscar e manipular você, você não vai com sua liberdade, são eles que ativam uma série de iniciativas, e, portanto, eles apertam o laço mais e mais.

    Recentemente, Percebi, que inventaram para colocar duas pessoas em comunidades recém-nascidas que atuam como megafone de manhã à noite, colocando a pessoa para acreditar que o Caminho é uma coisa santíssima e bela. Eles ampliam as passagens, antes da passagem eles elogiam, criar um ambiente, eles fazem você acreditar que será uma experiência linda e espiritual. Já que eu conhecia todos eles, e conhecendo os passos, aqui eu vivi a transição como era, uma refeição no hotel, com uma catequese de estômago cheio, poupança, você fuma, jogar cartas, risos, café, amaretto, mais nos quartos à noite, e também aprendi sobre drogas e álcool. Esta é a grande passagem de Deus, Deus passando entre as mesas do restaurante.

    Desculpe escrever a palavra Deus, neste contexto, mas espero que o Senhor entenda porque, mas peço perdão ao mesmo tempo. Fizeram catequese contra o blog, porque eu li isso, enquanto eu estava lá no meio. Portanto, a preocupação deles era acorrentar as pessoas ao seu caminho. Tudo focado no Caminho, não em deus, porque Deus era como um complemento, o caminho no centro de tudo. Invasati é um eufemismo. Mas é apenas uma fachada, também nomeando o Caminho, porque dentro, assim que você os provocar - porque eu fiz isso, mas não por minha própria iniciativa, porque há alguém que me enviou -, aqui está toda a lama que se alojou em seus corações saiu: julgamentos, falando mal, dupla face, calúnia, tributação.

    Que tal, você se vê como um hipócrita que proclama aos outros para se vestir de uma determinada maneira, e então você vê os filhos dela com calças rasgadas. Este é apenas um pequeno exemplo, muito pequeno. Atrás do podre está muito mais presente: fornicações, roubo, luxúrias.

    Eles julgam se uma pessoa faz coisas contrárias a eles, ou seja, ele não se submete à vontade deles, então eles começam a julgá-la de tudo, de quaisquer erros, pelo contrário, quem faz parte do círculo deles, mesmo que ele seja um pedófilo abominável, luxurioso, depravação, fornicador, herege, fanfarrão, hipócrita, etc., etc., aqui ele é bem vindo e querido. Porque? Por que nosso Senhor já disse isso, Vou colocar um traço nisso: «[...] eles não teriam pecado; agora eles viram e odiaram a mim e a meu pai. Isso é para cumprir a palavra escrita em sua Lei: Eles me odiavam sem motivo " [GV 15, 25].

    Você tem a confirmação com o arcebispo Apuro, Cardeal Theodore Edgar McCarrick, e afins. Como eles fazem parte de seu círculo, aqui vai tudo, se em vez disso eles têm a sensação de que você não está sintonizado, então você não os segue, aqui eles começam a perseguir de todas as maneiras. Calúnias do ambão, convicções, manipulação do evangelho, etc., etc..

    Acho que ouvi que o Deus do Antigo Testamento - isto é, os fatos descritos - são um conto literário, como de fantasias, porque houve guerras e extermínios lá, e para o qual sua mente não pode conceber que Deus pode punir severamente.

    Estes queridos, é um grande engano, porque a pessoa cria sua própria realidade de fantasia, não pode filtrar o mal, e para o qual não conseguir entender a profundidade do mal, aqui pode espalhar sem saber. Porque a realidade não pode ser entendida. Ou seja, eles são espíritos caídos e que os homens podem fazer as ações mais vis, até que Deus intervenha.

    1. Pai de Ariel,

      com meu coração em minhas mãos e meus olhos inchados de lágrimas eu acabei de dizer a ela uma coisa: OBRIGADO! Seu compromisso, seus esforços pela verdade, sua bela e concisa fé, sua maneira de lutar contra a apostasia e a condição herética e corrupta do homem na verdadeira e única religião, eles não fazem nada, mas me dão força além do que eu constantemente peço ao Espírito Santo!

      Na minha forma modesta e humilde procuro lutar contra o movimento neocatecumenal do meu país que vai ganhando terreno e se firmando apoderando-se de todas as paróquias existentes..

      Minhas tentativas de fornecer discursos aos padres foram em vão, razões,documentos relativos à viagem que atestam a deformidade e o cheiro luciferiano. Eles nunca vão considerar alguém como eu,sem um treinamento teológico, com poucas habilidades de fala… um pobre cristão dominical? Eles são cegos, corrupto, medo de não se comover por ter fechado as portas a esses personagens duvidosos da estrada? Mas quão fortes e influentes eles são! eu não desisto.

      E você continua com seu trabalho! Ela é uma guerreira de deus! Um guerreiro! Eu sempre a segui!Vou comprar seu tão esperado livro e, acima de tudo, vou rezar por ela!

  35. quando ariel fala…parece-me uma flor no radio2 falando com o eco….
    ha ha haaaaa

    1. Aquele que repete as expressões de Kiko falou, incluindo piadas.
      Tudo pronto com o estêncil. Em série. Mas o Senhor nos fez com impressões digitais, não com códigos de barras.

      1. Porque a receita do livro de Don Ariel não deveria ir para ele ou para a revista “Ilha de Patmos”? Vocês neocatecumenais ignorantes nem imaginam o que significa escrever um livro que é resultado de pesquisas sérias e documentadas. Na verdade, às acusações precisas de heresia pelo Padre Ariel, a única resposta que você pode dar é lançar insultos. Entre outras coisas, isso demonstra que você não é cristão. Onde está o famoso amor pelo suposto inimigo? Também aponto que os inimigos visíveis geralmente são amigos da verdade.

  36. Querido padre Ariel,
    se o livro será publicado em inglês.
    Muito obrigado

    _________________

    N.d.R.
    Pai Ariel Caro,
    Gostaria de saber se o livro será publicado em inglês.
    muito obrigado.

    1. Caro leitor,

      vamos tentar fazer todo o possível para traduzir o livro para o inglês e o espanhol.
      Infelizmente, custos de tradução são muito altos.
      Contudo, estamos trabalhando para que isso aconteça.
      Muitas felicidades.

      ___________________

      Caro leitor,

      vamos tentar fazer todo o possível para traduzir o livro para o inglês e o espanhol.
      infelizmente, custos de tradução são muito altos.
      No entanto, estamos trabalhando para realizar este projeto.
      Com os meus melhores cumprimentos.

      1. Querida ariel (minúsculas),
        não é que você seja uma referência científica sobre a validade do caminho; temos a Igreja que discerne sobre isso.
        Agora, Eu admito que você quer ganhar alguns centavos, Eu admito que você quer sair do seu anonimato, Também admito que você gosta de deixar os leitores pensarem que você é um "conhecedor culto e profundo das coisas da Igreja", mas por favor não quebre minhas bolas escrevendo essa besteira…você vai de férias…arranjar uma vida….tente fazer…o padre por exemplo…Está bem??
        PS: nós não somos gritadores; no máximo nós piramos de tanto rir quando (postagem após postagem) chegam discursos do Papa ou dos Papas que asfaltam todas as suas declarações, incluindo a da nossa pobre lésbica de Catânia

        1. Caro Carlo,

          … alguns, você "tem a Igreja que discerne sobre isso", mas acima de tudo você é um maravilhoso modelo de obediência à Igreja, verdadeiro? Basta ir a uma de suas liturgias em um sábado à noite, ver do primeiro ao último perceber todas as coisas que a Igreja proíbe com referências finas e documentos oficiais.

          Vamos continuar.

          Primeiro de tudo ela, Para mim, ele se dirige a mim chamando-me de Reverendo e dando-me o “Ela”, porque sou um distinto senhor de 56 anos e eu não sou um seminaretto de mãe para o qual o mega-catequista leigo aponta o dedo e censura.

          Tendo esclarecido isso, vamos mais além:

          1. Eu não preciso «fazer um pouco’ de centavos ", porque eu venho de uma família rica e que, quando eu me tornei um padre eu tive que vivê-la bem tão caro. Infelizmente para você, nenhum de minha família é neocatecumenal, para que você não poderia, menor deles, coletar dízimos realmente substancial, viram os seus rendimentos;

          2. Eu sou seis ou não um "estudioso e conhecedor das coisas da Igreja", Isso deve estabelecer uma comissão de teólogos nomeados pelo Eclesiástica, certamente não um Senhor anónimo comigo, perante uma audiência de estudiosos competentes, Eu duvido que seria capaz de manter cinco minutos de debate, para que ela se manifesta entre as suas fileiras;

          3. onde ir, seja em férias ou em outro lugar, Isso só pode dizer-me meu bispo, não um leigo que fala com tanta arrogância a um presbítero “senior”, e da mesma forma, como "fazer" ou como "tentar ser padre", apenas o bispo a cuja obediência eu sou submisso pode me dizer isso;

          4. Não entendo a quem se dirige a frase desdenhosa sobre "nossa pobre lésbica de Catânia", Não sei quem ela é e por isso não tenho o prazer de conhecê-la, entretanto, por outro lado, de catania, Em vez disso, conheci o arcebispo emérito, S.E.. Mons. Luigi Bommarito, que procurou por todos os meios não deixar que se enraizassem nas paróquias de sua diocese e que apontou com horror para o seu “cédulas” declarou e reclamou em uma carta oficial escrita para você que: "O chamado" escrutini ", são, na verdade, confissões públicas que dão corpo às consciências com perguntas que nenhum confessor ousaria fazer ". Ele também "irritava" e "escrevia besteiras", como qualquer pessoa que não ousa pensar nisso como afiliados de setta kika?

          Eu desejo que você tenha, na vida dele, apenas uma pequena parte dos sucessos humanos e profissionais que tive antes de me tornar um sacerdote na idade adulta, até que decidi deixar tudo, certamente não para "sair do anonimato", mas precisamente para se tornar um servo devotado e anônimo de Cristo e sua Igreja, ser nenhum a serviço de todos.
          Porque ele vê: Para mim, a vocação, Cristo deu para mim, Kiko não me deu para impressionar o Sumo Pontífice João Paulo II com duzentos ou trezentos meninos e meninas que se levantaram ao apelo às armas do líder entrar no seminário e mosteiro.

          É por isso, ela e eu, falamos duas línguas diferentes, mas acima de tudo pertencemos a duas religiões diferentes: por exemplo, eu sou um católico.

        2. Parabéns pela sua última declaração. Você provou o que você é.
          Existem duas coisas: ou você estava antes de começar a jornada (e então o caminho é inútil)
          ou você se tornou (e, evidentemente, seus catequistas lhe ensinaram muito bem).
          Eu tenho uma pena sincera de você.
          Você é miserável: no sentido húngaro da palavra. Desejo que você conheça um Monsenhor Myriel que o fará recobrar o juízo.

        3. Carlo, mas quem te disse que Don Ariel não é um padre? Porque vocês neocatecumenais só podem insultar? Você deve ser grato a Don Ariel e a todos aqueles que expuseram as mentiras de seu chefe diante dele. Pense no dinheiro que a jornada roubou de você desde que você a começou, enganando você e dizendo que o Senhor lhe devolverá o cêntuplo.

          Além disso, quando comecei a viagem, há mais de trinta anos, lembro que os catequistas nos asseguraram que o cêntuplo já nos seria dado aqui nesta terra., não quem sabe quando. Mas a versão mudou por alguns anos; agora eles dizem que o cêntuplo não precisa ser necessariamente em dinheiro, pode estar em agradecimento, paz interior e intangíveis de vários tipos e não necessariamente nesta vida.

          Vemos que quem não recebeu o cêntuplo, ele foi reclamar com os catequistas: “…então o que, onde estou cem vezes mais?”.

          Mamma mia que decepção! Saudações Don Ariel.

  37. Eu só digo isso:
    a Congregação para a Doutrina da Fé EXPLICITAMENTE proibiu a comunhão simultânea do sacerdote com os fiéis, que não estão esperando com o anfitrião (Perdão, com pão. Porque para Kiko o hospedeiro é feito ” papel”) a fim de “comer” (mais hipocrisia) todos sentados juntos.

    Este caminho SEMPRE. E ai de não fazer isso. Kiko disse.
    A Congregação falou à Igreja Católica.
    O caminho faz parte da Igreja Católica?
    Se sim, adaptar.
    ponto.

    A Santa Mãe Igreja em sua sabedoria FAZ VOCÊ ESCOLHER se comunga com as mãos ou com a boca. No caminho você pode escolher?
    VAMOS FIGURA!

    ____________
    N.d.R. ver abaixo: Sacramentum, n. 88
    http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccdds/documents/rc_con_ccdds_doc_20040423_redemptionis-sacramentum_it.html

  38. Pergunta: desde que você ligou “charlatão” Pai Ariel…como você define alguém como Kiko Arguello, que vende seus livros para você ou os de Carmen Hernandez? Ou pedindo para comprar uma cópia dos estatutos de cada membro da família..

    Não me faça rir. Há para chorar.
    E vocês seriam os católicos maduros? Mapperpiacere.

  39. EEEEHHHHH OOOOPPPPAAAAAAA…..O LIBROOOOOOOOOOO

    NÓS NÃO dúvida de que escapamos (No entanto, outra) LIVRO!!!!
    ARIEL isso é um gênio….MAS idéia maravilhosa…….

    ARIEL EVVAI………..Agora você publicar que o produto NÃO É VOCÊ…..O QUE SÃO A gritaria NEO USUAL…..OLD STUFF…

    PS….QUACK!!!!…..E sobre a validade desta declaração desta vez não há dúvidas….

    1. Considerando a, a resposta, Você parece uma NC, é verdade que, para você, la S. Massa não é o sacrifício eucarístico Memorial em virtude das palavras da consagração do Priest?

        1. Por Favor: I fazer dela uma das sua bela ruminação “Neocatecumenal-kerigmatica” sobre esta passagem do Evangelho.
          Por um lado cheio do Espírito Santo, Deve ser mais ou menos um verdadeiro acéfalo …

          Em archῇ ​​era o Verbo,
          eo Verbo estava com Deus,
          Deus era o Verbo.
          ele não nos archῇ ​​a Deus.
          sempre por’ isso foi feito,
          e sem que foi feito nem em. o gegonen
          Na vida não aftῷ, καὶ ἡ ζωὴ ἦν τὸ φῶς τῶν ἀνθρώπων ·
          e a luz brilha sobre este skotiᾳ tῇ,
          e Escócia essa OU ultrapassado.

          E no final de sua ruminação, Então nós cantamos e dançamos Dayenu, Diane, Mas tomar tudo o que todo o texto em hebraico:

          Estes hutsyonu Egito
          E La Ash Bhm Sftim
          seu
          Alo Ash Bhm Sftim
          E La Ash Balhihm
          seu
          Alo Ash Balhihm
          E La Hrg No Bcorihm
          seu
          etc. …

          Eu, que não sou neucatecumenale e, portanto, não são cheios do Espírito Santo, eu posso facilmente fazer elecubrazioni em grego e hebraico, porque eu vou para as verdadeiras fontes … “origens”.
          muito fácil, atirar a palavra “kerygma” e cantar “Dayenu” mesmo sem saber o alfabeto grego e hebraico, só para provocar os outros … elucubrano.

        2. para Marco,

          Diz-se “ruminações”, não “eluGubrazioni”

          E Ariel, como Marco, Ele escreve com CAPITAL.

          Antes de aprender coisas muito alto para você, então fala.

        3. querido amigo, Eu responder-lhe se você permitir.
          O que a S. Missa para a viagem não seria o memorial do sacrifício de Cristo, É mais uma calúnia que corre no caminho. o padre, durante a celebração recita as mesmas fórmulas que qualquer outro conjunto. Use exatamente o mesmo missal de um sacerdote na Igreja Católica. Simplesmente o caminho é dada importância, bem como o aparecimento de sacrifício, que é acima de tudo, Além disso, o aspecto do banquete eucarístico. Obviamente, os caluniadores do Caminho Neocatecumenal vai dizer que não é verdade, ou talvez nem mesmo publicar o comentário, uma vez que não contém palavrões, mas eu garanto que não estou mentindo. Além das celebrações eucarísticas estão abertas a todos, assim qualquer um pode participar e fazer.
          Massimo.

          1. Caro Massimiliano,

            o seguinte são declarações textuais, documentada, gravado e, em seguida, publicada por Kiko Argüello, com a qual a mesma, por décadas, catequistas treinados. E eu vou dizer: Eu não só documentos impressos, mas também registros.

            Partimos da primeira em que Kiko Arguello afirma:

            «Porque eu entendo o que eu quero dizer-lhe, desde que você tem uma idéia melhor sobre o sacramento da Eucaristia, você acha que houve um tempo em que a Eucaristia foi visto quase exclusivamente a partir da perspectiva do sacrifício, tanto assim que nós chamamos a Eucaristia: o Sacrifício da Missa. Protestantes enfatizou outro aspecto. Agora, toda a vistoria de renovação é descobrir o centro do sacramento, e agora você vê a Eucaristia como memorial da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, como a celebração do mistério pascal de Jesus Cristo. Tendo descoberto o centro, o núcleo do Sacramento da Eucaristia, Isso significa que outros aspectos são iluminados, de modo que os contrastes estão desaparecendo com Protestante, porque ir para o centro, fundamentos, Nós coincideremo com eles».

            Após esta pérola óbvio herética, continua Kiko Arguello:

            «Então quando você coloca na idade média para discutir o sacrifício, basicamente eles estão discutindo sobre coisas que não existiam no início da Eucaristia. Por sacrifício na religião é "facere sacro", ao sagrado, contate a divindade através de sacrifícios sangrentos. Nesse sentido, não há sacrifício na Eucaristia: a Eucaristia é sacrifício em outro sentido, porque na Eucaristia existe, morte, mas há também a ressurreição dos mortos. A Eucaristia é a Páscoa, passagem da morte para a ressurreição. Para isto a dizer que a Eucaristia é um sacrifício que é certo, mas é incompleta. O sacrifício Eucaristia de louvor, Elogiar uma comunicação plena com Deus através da Páscoa do Senhor. Mas nesta época a idéia de sacrifício não é tão entendido no sentido pagão. O que eles vêem na Missa é que alguém se sacrifica, é chamado de Cristo. Na Eucaristia só ver o sacrifício da cruz de Jesus Cristo. E se você pediu que as pessoas hoje em dia algo sobre ele, Ele iria dizer-lhe que no comissionamento vê o calvário»

            Depois que Kiko Arguello deu a ele completude ao que a Igreja e seus conselhos dogmáticos não foram capazes de completar, sempre para seus catequistas ela fica dizendo:

            «Eu sempre digo ao Sacramentini, que construiu um imenso tabernáculo: se Jesus Cristo quisesse que a Eucaristia estivesse lá, ele teria se feito presente em uma pedra que não estraga. O pão é para o banquete, para nos levar à Páscoa. A presença real é sempre um meio para nos levar a um fim, que é a páscoa. Não é um absoluto, Jesus Cristo está presente em função do mistério pascal. Em vez disso, a partir de Trento, a missa será celebrada para consagrar e ter Jesus Cristo presente e colocá-lo no tabernáculo».

            Depois de exaltar o melhor do pior do pensamento calvinista, Kiko Arguello continua dizendo a seus catequistas:

            «Nesta era vir todas as filosofias sobre a Eucaristia. Quando você não entender o que é o sacramento, por causa da enorme desvalorização dos sacramentos como sinais, e quando você não entender o que é o memorial, começa-se a racionalizar, querer explicar o mistério do que está dentro. precisamente porque, o mistério transcende sua única explicação, não é um sacramento. O sacramento fala mais de raciocínio. Mas naquele tempo, porque você não entender o que é o sacramento, tentamos dar explicações filosóficas do mistério. E assim iniciar discussões sobre: "Como isso é?". Luther nunca negou a Presença Real, ele apenas negou a palavra "transubstanciação", que é uma palavra de filosofia que o treinador quer explicaro».

            Ignorando, como um herege ignorante que ele é, que “Palavra” a transubstanciação é confirmada por todo o magistério do Concílio Vaticano II e pelo magistério pós-conciliar de São Paulo VI e São João Paulo II, para concluir com um floreio, corrige os Padres do Concílio de Trento bem no seio da sua parte dogmática ligada ao Mistério Eucarístico, ensinando de forma confusa, para dizer o mínimo – Eu digo confuso para ser bom – para as catequistas:

            «Lutero não explica a presença real, mas tem um problema: ele viu que os sinais se perderam e quer recuperá-los. Então o Concílio de Trento diz: "Se alguém disser que os sacramentos são apenas sinais de fé, seja anátema". Um sacramento é feito de dois elementos: um é o sinal, esclarecimento do mistério, e a outra é a eficácia do signo, que percebe o que o sinal significa. Os protestantes queriam dar tanta importância ao primeiro elemento que o Concílio teve que destacar o segundo: os sacramentos dão a graça que significam. O concílio fala a verdade, mas aqueles que vieram depois, para se opor a Lutero, eles pararam na eficácia dos sacramentos, negligenciando o sinal. E então é o mesmo para se comunicar com o pão, ou com um hospedeiro que se parece com papel; é o mesmo que tomar um gole do copo ou todos beberem. O cânone disse: “Ele pegou o cálice,ele fez o agradecimento, e ele passou para seus discípulos dizendo: pegue e beba todos eles…. Na verdade, quem bebe é o único padre e todos os outros não fazem nada. Quanto à eficácia, o sacramento é cumprido, mas nenhuma importância é dada ao sinal. E’ importante insistir nisso. Dos dois elementos do sacramento, nós mantivemos a eficácia, que é o importante para uma mente racionalista; a essência das coisas . Fizemos isso sem saber o valor precioso do sinal».

            Em todos esses discursos, os aspectos fundamentais da fé são em parte ridicularizados e em parte deformados no nível histórico e teológico, tudo com a presunção típica de quem vem explicar-lhe o que os Padres da Igreja não compreenderam durante séculos e séculos.

            A questão é muito simples: Kiko Arguello, enunciar e instruir seus catequistas nestes termos, à luz do magistério solene e perene da Igreja: ele está certo ou errado?
            Não suba nos espelhos, a questão é simples: ele está certo ou errado?

            Nessas nossas colunas, ela já mentiu descaradamente no passado, sabendo muito bem que ela está mentindo. Em seguida, como o discurso é bastante articulado, minha pergunta é muito simples, apenas para evitar subir em espelhos, e é como se segue:

            quantas celebrações eucarísticas dos neocatecumenais, você pode afirmar na consciência e acima de tudo na verdade, esse uso foi feito de Primeira Oração Eucarística (chamado Cânon Romano) ou Terceira Oração Eucarística, em que a referência ao “sacrifício”?
            Parece-me que, apesar dos lembretes repetidos e inúteis, Os padres neocatecumenais e neocatecumenalizados usam única e exclusivamente a Segunda Oração Eucarística, em que o aspecto sacrificial não é enfatizado. Ela, este, ele pode negar isso publicamente, afirmando que as outras Orações Eucarísticas também são comumente usadas, nas Santas Missas celebradas por grupos neocatecumenais?

            Conte-nos aqui, antes de todos, que uma noite de sábado na missa celebrada pelos grupos neocatecumenais, já ouviste as palavras do Cânon Romano ou da Terceira Oração Eucarística em que a referência ao “um sacrifício vivo e sagrado”.

            Estas são duas questões muito simples: resposta.

          2. Massimiliano, quando você fala sobre o “memorial do sacrifício de cristo” O que você quer dizer?
            – O memorial de uma coisa sagrada realizada por Cristo?
            – A memória dolorosa da paixão e morte de Jesus vergonhoso, jó circuncisão despojado na cruz, apurada com uma lança que perfurou seu coração desde que saiu sangue e água?

    2. Se você me enviar seu endereço, Assim que o livro saiu eu enviar uma cópia gratuita, então eu colocá-los em total e livre colunas eliminação De A ilha de Patmos, onde ela irá publicar, sem qualquer tipo de censura, um artigo longo e detalhado desbancar peça por peça, a teologia dele, eclesiológica e jurídica, O conteúdo do meu trabalho, que é um trabalho puramente científico; mas a maioria terá de provar que todos os documentos em que o meu trabalho é baseado, Eles são estritamente falsa.
      Mais disponibilidade deste, Eu não saberia o que oferecer a ela.

      PS.

      O meu não é "mais um livro," chamado "gritando", É o livro de um padre e teólogo, Não desmontar o kikiano gritando "quack!», da mesma forma que eles não foram removidos no momento da análise do Servo de Deus Pier Carlo Landucci e o falecido padre Enrico Zoffoli.

      1. Querido Pai Ariel,
        Eu não ofendi, mas como todos podem ler em sua resposta, Ele me acusa de ter mentido no passado. Este é o seu julgamento, totalmente subjetivo. Eu nunca menti, muito menos neste blog. Você provavelmente não pode suportar a verdade, porque abala todos os disparates que cogitados e sobre o qual até mesmo escrever livros. Se as condições são tais, seu livro será uma condensação de absurdos no caminho neocatecumenal. Eu digo que kiko está absolutamente certo, porque diz o que eu havia previsto e isso é que antes a missa foi considerada, exclusivamente para o aspecto de sacrifício, com o Concílio Vaticano II, o aspecto do banquete eucarístico também é reavaliado, que em C é visível nos sinais de pão sem fermento, no vinho, a disposição da assembleia e o “manducazione” todos juntos do corpo de Cristo, IMEDIATAMENTE APÓS O SACERDOTE. O próprio sacrifício, presumir, com o Concílio Vaticano II, o caráter do sacrifício “em vista da ressurreição”. Estou a caminho de 30 anos e eu vivi o período anterior ao estatuto, que o próximo e eu garanto a vocês. Que o padre nunca faz a mesma oração, mas…

        1. Nota técnica: quando seu irmão Massimiliano diz neocatekiko “todos juntos logo após o sacerdote”, por isso mesmo está dizendo implicitamente que:

          – Kikos tomar a impunidade “apreendido” o Corpo de Cristo até que se encaixe no manducatorio sinal: o Senhor, presente no Sacramento, deve “esperar” de acordo com os conjuntos e conforto humano (para não mencionar que isso agrava muito o problema da “dispersão de fragmentos”);

          – que “todos juntos” Isso significa que Kikos intenção Comunhão como um gesto “comunidade” Em vez de “pessoal”, que tem sobre a cena que a eficácia; como se eles pensam que a Comunhão foi feito pessoalmente algo que ferir a unidade fraterna comunidade, ou seja, como se a Comunhão não teve que fazer muito com a salvação pessoal.

          Além de, Quando conversa sobre “pão ázimo”, implica que “pequenas anfitriões” em uso em toda a Igreja, eles não seriam – ou que seriam qualitativamente inferiores e inadequados para a celebração eucarística. Na verdade, a prática de “pão quebradiço” (chamadas maliciosas “pão ázimo” em contraste…

        2. Caro Massimiliano,

          ela é uma daquelas pessoas boas e sinceras que realmente acredita na validade histórica e na autenticidade, doutrinal e exegética do que foi ensinado a ela. Sua boa fé é tal que, ao contrário de mim, que passará dois mil anos no purgatório, ela vai me preceder por mil novecentos e noventa anos no paraíso, porque com certeza com dez anos de purgatório ele vai se safar.
          Tudo porque me foi dada a oportunidade de conhecer de maneira muito profunda a fé autêntica e a doutrina correta, mas não ela. Portanto, enquanto eu não sou de forma desculpável, e cada falta será contada com um certo peso pelo julgamento de Deus, porque 'A quem muito é dado, muito será exigido; para quem os homens cometeram muito mais, Ele vai pedir mais " [LC 12, 39-48], ela vai escapar com o benefício do “ignorância inevitável”, ou o assim chamado “santa ignorância”.
          ouça-me bem: Eu não estou chamando ela de ignorante de acordo com a língua falada. Eu uso o termo “ignorante” pelo que realmente significa, que é: alguem que – por várias razões, não devido à sua vontade – ignorar.

          Pelo que ela responde, Devo talvez notar que os Padres do Concílio de Trento, cuja montagem durou totalmente desde 1545 ao 1563, e dentro do qual também tínhamos santos doutores da Igreja, não entendi o conceito de “sinal sacramental”? Eles que foram os herdeiros da escolástica clássica e da metafísica e que em “Teologia” de “sinais” eles escreveram rios de páginas a partir de Sant'Anselmo d'Aosta e virão a seguir, eles ignoraram os sinais?
          Lei lo sa, do que na cultura filosófica, literário, artístico, religioso e também litúrgico, a idade média – que é dividido em três períodos históricos diferentes – foi precisamente a era dos sinais?

          Ou talvez tenhamos que acreditar – como Kiko ensina – que este “sinal”, antes do final dos tempos medievais, então os Padres do Concílio de Trento, eles o esconderam para se opor ao cisma luterano, portanto, para criar dívidas “diferenças” com hereges cismáticos e “acentuar obsessivamente o aspecto sacrificial”?

          Você talvez esteja me dizendo que no espaço de quatro séculos, do Concílio de Trento até antes do Concílio Vaticano II, a Santa Missa "tinha um aspecto puramente sacrificial", a tal ponto que apenas o último Conselho tem "re-avaliada a aparência do banquete eucarístico"?

          Pelo que tenho de concluir que não só Kiko, mas ela também com ele nunca estudou o Concílio de Trento e, com ele, a liturgia ea introdução, ou seja, as premissas gerais livros litúrgicos.

          Com efeito, deve saber que os termos ceia e convivium, Eles estão presentes como um conceito e como um sinal em toda a estrutura litúrgica e também nas orações e músicas que acompanharam a Santa Missa. E se a palavra ceia, Isso significa claramente Jantar, a palavra convivium, traduzida em italiano como “festa”, Significa apenas banquete.

          San Tommaso Aquino, no século XIII, Ele escreveu um famoso elogiar elogio a Santíssima Eucaristia e foi inserido “próprio” de o corpo de:

          O Holy Night!
          em que Cristo é:
          a memória de sua paixão:
          a mente se enche de graça:
          e um penhor da glória futura que nos é dado,.

          Que podemos traduzir literalmente assim:

          O sagrado banquete, em que Cristo é o nosso alimento,
          em que o memorial de sua Páscoa é perpetuado,
          nossa alma está cheia de graça,
          e recebemos a promessa de glória futura.

          Daí a exaltação mistagógica de “banquete” e “Páscoa”. De fato, a fim de “paixão“, neste contexto, queremos dizer exatamente a Páscoa. Para “convivium“, queremos dizer o sagrado banquete eucarístico. Autor: San Tommaso Aquino, proclamado pela Igreja Doutor Angélico e Doctor Communis.

          Você afirma que «O próprio sacrifício, presumir, com o Concílio Vaticano II, o caráter do sacrifício “em vista da ressurreição”».
          E primeiro, o que estava acontecendo: talvez com Trent parou no Gólgota?

          O padre, no corpo e sangue de Cristo, com o chamado missal “Trent”, sinta um pouco’ o que ele glorificou:

          Portanto, O, nosso servido
          tui, Mas também o seu santo, eiúsdem
          Cristo seu filho, nosso senhor
          apaixonado, e também de Sua Ressurreição dos mortos, Mas a ascensão para:
          concedido majestade de
          os presentes que você nos deu, esta vítima pura, Sacrifício
          santo, inoxidável, Pão da vida eterna, et Cálicem
          de eterno.

          [Por esta razão, em memória, o Signore,
          da santa paixão de Cristo seu filho,
          nosso Senhor, de sua ressurreição dentre os mortos e também de sua ascensão
          na glória do céu, nós seus ministros, e conosco
          seu povo santo, nós apresentamos a sua gloriosa majestade,
          escolha entre os produtos que você mesmo nós
          você deu, vítima pura, a vítima sagrada, o
          vítima sem mancha, o pão sagrado da vida
          eterno e o cálice da salvação perpétua]

          Então ele se glorificou, depois de sua paixão e morte, a ressurreição e ascensão para a glória do céu de Cristo, isto é, o mistério da Páscoa, o que algumas escolas teológicas costumam chamar o Cristo pós-pascal.
          A verdade é outra, e sempre foi conhecido, ou seja, que Kiko Arguello tem problemas com algumas palavras:

          1. Sacrifício;
          2. vítima;
          3. transubstanciação;
          4. presença real.

          Seus problemas óbvios e óbvios com essas palavras derivam do fato de que ele nunca as entendeu, no entanto, ele fingiu ao mesmo tempo tê-los compreendido tão bem como ninguém nunca antes e ser capaz de ensiná-los aos outros; mas acima de tudo, ele nunca teve a humildade de aprender com os mestres, como todos os erros autodidatas que se aceitam apenas como professores.

          Ou talvez você possa me dizer quem foram os mestres de Kiko Arguello nas ciências históricas, filosófico, teológico, bíblico? e, por favor, não me diga que seu professor era diretamente o Espírito Santo isentando-o de qualquer “vil” escola e aprendizagem humana e terrena!

          Kiko Arguello – e isso é um fato – ele então mostrou:

          1. não saber a história da Igreja;
          2. para se referir aos historiadores protestantes com tudo o que isso implicou em sua visão histórica e histórico-litúrgica;
          3. para se referir a um Concílio Vaticano II que não conhece, ou quem não entendeu, porque muitas de suas afirmações e catequeses, eles são precisamente negados pelos documentos deste Concílio, partindo precisamente de suas constituições dogmáticas;
          4. negar a percepção errônea da Santa Missa e da Eucaristia, certamente não eu, mas o magistério pós-conciliar de São Paulo VI, que está na missa, ambos na Eucaristia, tanto na transubstanciação quanto na presença real, diz exatamente o oposto do que diz e ensina Kiko Arguello.

          E eu vou parar por aqui.

          Em relação à minha pergunta sobre o uso exclusivo da Segunda Oração Eucarística nas celebrações neocatecumenais, Finalmente, ela afirma que "O padre nunca faz a mesma oração".
          Não me atrevo a dar-lhe um mentiroso, talvez ela fará parte de um comunidades neocatecumenais ultra-ortodoxo.
          Como sacerdote posso dizer-lhe que muitas e muitas vezes, encontrando-me celebrar a Santa Missa em algumas circunstâncias especiais em que eles estavam presentes o Neocatecumenal, estes foram totalmente espantado ao ouvir a Canon Roman, porque nunca tinha ouvido. O mesmo aconteceu quando celebrando o funeral Tomei a Oração Eucarística III, que contém uma oração muito bonita sobre os mortos.

          Todas as pessoas que cresceram no Caminho Neocatecumenal e até pouco tempo antes sempre viveram dentro dele., eles ignoraram completamente as I, III e IV Orações Eucarísticas.

          Ela também vai falar a verdade, mas posso assegurar-lhe que nem eu nem meus muitos irmãos somos mentirosos, assim como muitos que deixaram o Caminho não são, do que começar a participar de outras celebrações, eles descobriram após algumas décadas de “liturgie neocatecumenali” todo um mundo litúrgico que eles não conheciam de todo.
          Por favor, peça aos meus colegas padres uma confirmação imediata.

          Eu tomo nota embora, do que no sábado à noite, nas comunidades neocatecumenais, Missa é celebrada usando o Cânon Romano, as III e IV Orações Eucarísticas.

          1. Estou administrando uma grande paróquia em Nápoles, na qual eles estão presentes com enorme dificuldade 11 grupos neocatecumenais.
            Sou pastor desta paróquia desde 4 anos, os neocatecumenais estão presentes desde 22 anos.
            sábado à noite, em nossos salões paroquiais, a celebração relativa acontece 11 Messe. Nenhum dos celebrantes usa qualquer outra oração além da segunda oração eucarística.
            concordo, Eu que também sou o pároco?
            Não.
            Os neocatecumenais são um problema para mim e para a paróquia?
            E, enorme.
            Eu posso fazer algo?
            E, Só posso pedir para ser dispensado do cargo de pároco, o que fiz um ano após a nomeação, mas fui basicamente implorado para … oferece o sofrimento desta cruz a Cristo.
            Existem outros párocos, em Nápoles, não neocatecumenais em situações semelhantes à minha?
            Numerosas.
            Eles podem confirmar, todos eles, abusos litúrgicos de todo tipo e uso exclusivo da segunda oração eucarística?
            E, tudo.
            portanto: ou nós somos mentirosos, ou é o Sr.. Massimiliano, ou, Senhor. Massimiliano, pertence a uma daquelas comunidades neocatecumenais ideais que eu, e muitos dos meus outros irmãos, nós não conhecemos.

            Carta Assinada

  40. O primeiro seminário Redemptoris Mater foi erguido 14 Fevereiro 1988 em Roma pelo cardeal Ugo Poletti (P2 associação lodge de 17/2/1969, calouro 32/1425, “UPO”), por decreto “tre por meio de um teste do ano, ao” prot. n.218 / 88, publicado na revista diocesana Roma, n.29 (1988), p.909.

    Em 1º de outubro 1990 Poletti antecedência concluiu o período de três anos “experimentar”,
    por prot decreto. n. 913/90.

    O 17 Janeiro 1991 Poletti renunciou por motivos de idade. “Esse seminário s'aveva possuir a fazer”.

    http://www.geocities.ws/Athens/Delphi/6919/SEMINAR1.htm

  41. Do fundo do meu despreparo me permito fazer uma reflexão.
    Desde o CNC sempre disse aos quatro ventos “os bispos pediram para eles” em qualquer lugar do mundo e eles humildemente emprestou-se a tornar os seus serviços em muitas maneiras, incluindo também a abertura seminários Redemptoris Mater.
    Esta é uma das muitas mentiras, porque na realidade há muitas manifestações que são diferentes “viagem” vai apresentar-se e, mais cedo ou mais tarde, algum bispo desavisados ​​têm conquistado.
    E’ Este é também o que aconteceu recentemente nas ilhas da Micronésia, mas depois os bispos não gostou da experiência de Guam em deslocações em serviço e por agora as ilhas mais desejados são seguros.
    A consequente rejeição de “pacote Neocatecumenal” por muitos bispos, Isso me faz pensar em uma mudança de tática: i R.M.. não “depende” mais pelo Bispo, talvez nem mesmo quer que eles, mas diretamente pela congregação, que podem de alguma forma “impor” de recalcitrante.
    Se este fosse, Seria mais uma demonstração de que o CNC não é bem-vinda “a partir de baixo”, mas impôs “a partir de cima”, como o início, quando as paróquias não quer que eles em Espanha ou na Itália.

  42. querido pai Ariel

    obrigado ,coisas aqui são muito complicado e confuso,como uma situação toda eclesial,mas ninguém cuida de “rebanho”ao contrário, é abandonado ,cumprimentos

  43. querido pai Ariel

    Gostaria de pedir as acusações de heresia que ela se move para o Caminho Neocatecumenal cujo valor
    perdoe-me, pode ter, quando a hierarquia à qual ela presta obediência, não acusado, pronunciamentos da Congregação para a Doutrina da Fé não há nenhum.
    As coisas são 2: ou ela está errada ou o Papa ea hierarquia e eu acho que você está errado mais do que 50 anos que cometem erros, verdadeiro?
    obrigado.

    1. estas perguntas, respondi 280 páginas detalhadas e acompanhadas 180 regista com fundo lembrete da página para documentos.
      Porque à medida que sai não leu o livro, se ele quer?
      Ou talvez você realmente acredita que questões complexas, como as que aqui lugares, Eu posso responder com algumas linhas em um fórum, no final de artigos publicados?

  44. Pai de Ariel, em suma, atado, em que eles são hereges, especialmente na Eucaristia, i neocatecumenali?

    1. caro Orenzo,

      na sua opinião, Estou trabalhando há meses, estudou documentos e pesquisou, escrevendo um livro de 280 páginas, e então diga a ela "em breve resumo" como as coisas estão?
      Quando meu livro sair, pegue e você encontrará tudo dentro.
      Você entende que não pode perguntar, por exemplo, para um historiador da Igreja: “resuma-me em quatro palavras breves, dois mil anos de história da Igreja”.

      1. Sua: "Resuma-me em quatro palavras concisas dois mil anos de história da Igreja".
        progresso: «… Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela ... ".
        Isto é o que eu quis dizer quando escreveu “resumos concisos”: você pode tê-lo?

          1. “resumir em duas palavras todos os quatro Evangelhos”?
            encarnação, ensinamentos, paixão, morte e ressurreição da segunda pessoa da Trindade.
            Em relação ao “resumos concisos” coisas estúpidas Neocatecumenal, Lamento a falta de resposta, mas tudo bem também.

          2. Eu aprecio sua extraordinária capacidade de síntese, então eu peço ajuda.
            No fundo você vai encontrar o texto completo da encíclica Fé e Razão o Santo Padre Giovanni Paolo II.

            Em 2016, apenas para ilustrar, utilizados três lições de cinqüenta minutos cada, depois de se preparar por um mês e meio, trabalhando por horas todos os dias, também porque tive que me dirigir a uma audiência de padres, vários deles teólogos.

            Me levou todo esse tempo, para preparar as três aulas de 50 minutos cada, porque, como você vai entender, Eu sou uma pessoa muito limitada; e eu estou ciente, dos meus limites.
            Então eu aproveito, humildemente, de suas extraordinárias habilidades de síntese: minha palavra, em “resumos concisos” com “quatro palavras”, O que você quer dizer, St. John Paul II, a fim de “razão” no nível metafísico e teológico?
            Se ele tiver tempo, subseqüentemente, Eu também pediria que você explicasse – O tempo todo “stringatamente” em “quatro palavras” – o que Santo Tomás de Aquino entende por “corpo”.

            muito obrigado.

            http://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/it/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_14091998_fides-et-ratio.html

          3. Tanto quanto eu entendo, a razão é que a faculdade dada ao Homem, quando Deus o criou à sua imagem e semelhança, pelo qual é possível saber, amar e servir a Deus nesta vida para desfrutá-Lo eternamente na vida eterna: o fim no entanto, por causa do pecado original, não é alcançado (além de talvez algumas raras exceções) se não estiver de acordo com a fé no Apocalipse.
            A respeito de “corpo” de São Tomás, as sutis disquisições entre o lógico e o real, e outros semelhantes, eles levaram alguns a construir uma nova religião baseada na interpretação dos comentários e não no que eles queriam comentar.

          4. Caro pai Ariel,
            Lamento que para você tenha parecido impróprio meu pedido resumi-los em algumas linhas “besteira” neocat, mas, infelizmente, minha mentalidade está à vontade com estruturas que eu definiria como árvore e, portanto, Eu tendo a simplificar tudo como em um baú, a fim de seguir as várias ramificações.
            O fato de ela conseguir dar uma palestra sobre 50 minutos só podem despertar um sentimento de admiração em mim, porque costumo falar com uma pergunta e resposta de alguns minutos.

      2. Depois do pai zoffoli, don marighetto e don Villa também temos de Gualdo, para ter mais alguns leitores era inevitável escrever sobre o CNC, um discreto vaticanista também me apontou isso. Eu como um católico ignorante, Eu cumpro os pronunciamentos da Igreja, para o resto há os livros do teólogo de Gualdo. #estamos bem

        1. … o teólogo Levi di Gualdo nunca afirmou, escreveu e ensinou as heresias colossais que de 1968 Kiko Arguello e Carmen Hernandez ensinaram gerações inteiras de catequistas.
          E’ um fato.

        2. O que você escreveu e que eu disse, É a demonstração clara, tudo visível e todos também ver este, ela não respondeu a uma única das queixas que eu movi, na melhor das hipóteses, ele esquivou-se da pergunta e mudou de assunto.
          Eu digo assim, prova o que ela escreveu, qualquer um pode ver.

        3. Dado o respeito que brilha de suas palavras para os sacerdotes, Presumo que o catecismo não ter ainda falado do sacramento da Ordem eo que é: seis no primeiro ou no segundo ano de catecismo em preparação para S. comunhão?

  45. Coglioneeeee!!! Com sua língua de merda você nem é digno de lamber a bunda de um de nossos presbíteros da Redemptoris Mater.
    São João Paulo II os considerou os melhores seminários do mundo.
    Coglioneeeee!!!

    1. Eu acredito que alguém deve informar ao Vaticano que este padre possesso de demônios questiona publicamente as decisões de um santo, St. John Paul II (ótimo!). Eles reduziram cardeais e bispos ao estado laico, Não entendo porque não fecham a boca desse miserável mendigo

      1. Ela que é tão conhecedora, nos dizer: o arcebispo de Agaña, seu paladino, que neocatecumenalizou toda a ilha de Guam, com resultados desastrosos para dizer o mínimo, condenado em primeiro e segundo grau por pedofilia, enquanto o seu falso profeta Kiko Arguello o defendeu e gritou publicamente "à perseguição", eles o dispensaram do estado clerical?

        Quanto ao Santo Pontífice João Paulo II, usando todas as minhas modestas habilidades teológicas e jurídicas, eu expliquei, Como direi em todos os molhos, que uma canonização não implica o “dogmatização” de todas as opções pastorais e administrativas feitas pela Santa, nascido e lavado como todos do pecado original e sujeito por toda a sua vida ao erro e pecado.
        Por isso, informo que São João Paulo II, como todos os santos, não é a Imaculada Conceição, porque só a Palavra de Deus feita homem e a Bem-aventurada Virgem Maria nunca conheceu o pecado, todos os outros fazem, santos incluído.
        Para qualquer duvida, você deve pedir que eu seja teológica e juridicamente negado e, portanto, repreendido pela Congregação para as Causas dos Santos e, especialmente, pela Congregação para a Doutrina da Fé.

        passado: Considero o vosso Padre Mario Pezzi um autêntico receptáculo de heresias, ou pelo menos um padre que apoiou todas as piores heresias por décadas. Eu posso possivelmente chamá-lo de herege, mas eu nunca o chamaria de "mendigo" ou "idiota", como ela fez comigo e um pouco acima de outro irmão de seita digno dela. E isso pelo simples fato de que venero o sacerdócio, mesmo em padres pecadores e mesmo em padres hereges, porque com a ordem sagrada foram marcados por um caráter indelével e eterno, incluindo pecadores e hereges.

        Mas a razão como um católico, não agressiva neocatecumenal settarista.

        http://www.farodiroma.it/condannato-anche-in-appello-il-vescovo-di-guam-che-ha-stuprato-il-nipote-i-neocatecumenali-lo-difendevano/

        https://www.ilmessaggero.it/vaticano/papa_francesco_neocatecumnali_abusi_pedofilia_guam-4407789.html

        https://www.lastampa.it/vatican-insider/it/2019/04/05/news/guam-il-vaticano-condanna-il-vescovo-per-abusi-apuron-gruppi-hanno-voluto-distruggermi-1.33692775

          1. Assim, o Arcebispo hiper-neocatecumenal de Agaña é completamente inocente? Embora condenado em primeiro e segundo grau, removido e substituído por um arcebispo, que imediatamente fechou centros de formação neocatecumenale, É totalmente inocente?
            Não Há De Quê: resposta.
            Mas dizendo que não responde “Pierino é ruim”, Ele responde dizendo que é uma vítima inocente sendo caçado.

          2. OPPSS
            Então você está dizendo que em dois processos diferentes para a Santa Sé eo Papa Francisco primeiro Eles têm dado atenção a um molester? eles estavam errados? Mas como é que quando você dá errado sempre errado?

            Vamos: essas acusações são calúnias e mentiras, isso porque você é. Mentirosos e caluniadores. Você faz isso com qualquer um que vai colocar paus nas rodas.
            jornada Beautiful'm de fé. Vou recomendar.

            PS. Então eu me explicar como é que a maneira de Guam para as eleições apoiou o candidato com posições pró-aborto claras. Você não acha que porque é a irmã de um dos membros mais influentes da viagem e Guam ricos?

      2. mesmo endemoninhado? Deixe-me pegar… São João Paulo II decidiu abrir um seminário em Macau? Mas isso vai balbuciar???

    2. Eu os conheci o “sacerdotes” de mãe:
      pessoas que não poderia mesmo a diferença entre “pecado venial” e “pecado mortal”;
      pessoas que não se atrevem a fazer sentido espiritual e adia toda a catequista para transformar;
      as pessoas que o sacramento da Reconciliação tratou-o como uma simples lista de pecados;
      pessoas, nenhuma maneira na freguesia, ele nem sabia onde colocar as mãos.

      Melhor perdê-los do que encontrá-los.
      De, parabéns pelo idioma. Você se qualificou para quem você é.

    3. Querido pinuccio, que ótima maneira ele tem de apresentar suas teses. Você é de fato um exemplo esclarecedor de caridade cristã.

    4. Que fim!
      Se esses presbíteros formarem pessoas como você…o que nos escapa!

Os comentários estão fechados