Vendo punição divina no coronavírus? Reflexões sobre o fim dos tempos: medo ou esperança? Quanto a esse dia e essa hora …

- a Igreja eo coronavírus emergência séria -

VEJA NO CORONAVIRUS UM CASTIGO DIVINO? Reflexões no fim dos tempos: MEDO OU ESPERANÇA? A PARTIR DO DIA E DA aquela hora

.

Não é apropriado e respeitoso a Deus Pai ver o castigo divino em calamidades temporais, consumir intimamente um sentimento velado de vingança e satisfação em relação a todos aqueles que ainda não se converteram e se opõem a Deus. Esses dias são misteriosos e devem permanecer tão.

.

Autor
Ivano Liguori, ofm. Capp.

.

.

PDF artigo formato de impressão

 

.

LEITURA EM ÁUDIO DO ARTIGO

Os Padres des A ilha de Patmos incluíram em todos os artigos a leitura de áudio para uso dos leitores afetados por essas deficiências que impedem a leitura, ao mesmo tempo, prestando um serviço útil também àqueles que, viajando e incapazes de ler, podem facilmente tirar proveito da leitura de áudio

.

.

.

Masaccio, Capela Brancacci (Florença), Expulsão de Adão e Eva do Paraíso terrestre

Em uma passagem do Evangelho de San Matteo lemos uma frase aparentemente enigmática proferida por Cristo, o Senhor: Quanto a esse dia e essa hora, mas, Ninguém sabe, Nem mesmo os anjos do céu, nem o filho, Mas só o pai dela [CF. MT 24, 36].

.

No clima de medo e incerteza como o que experimentamos durante a quarentena por causa do Covid-19, alguém particularmente sensível começou a acariciar a idéia de que essa infecção viral era realmente um sinal dos tempos. Essa ideia toma forma nos perfis social de muitas pessoas, alguns deles crentes, é por isso que um pouco de clareza é necessária. Em vez de nos divertir com as várias mensagens de visionários, místicos e profetas de serviço, é correto dar prioridade à mensagem do Evangelho como revelação autêntica e definitiva.

.

A expressão "sinal dos tempos" não deve despertar nenhum medo e angústia na alma do crente, nem muito menos ser usado como sinônimo de fim do mundo, precisamente porque é atribuível ao ensino de Jesus e à sua obra evangelizadora. No Evangelho de Mateus no cap.. 16 verso 3 encontramos essas palavras: «Você não sabe distinguir - Jesus pergunta aos fariseus e saduceus - os sinais dos tempos?».

.

Na frente de seus ouvintes que exigiu um sinal que confirmasse sua identidade e autoridade divinas - algo que o diabo no deserto já havia exigido - O Senhor faz uma pergunta que direciona sua atenção para a obra de salvação do Pai através da mediação do Filho.

.

A mensagem está clara. Não é necessário produzir sinais externos para saber que Deus habita o tempo, Jesus é o sinal definitivo do Pai com o qual é possível ler os tempos. É curioso - mas se formos analisar bem o episódio do evangelho - percebemos como os fariseus e saduceus estão mais preocupados em puxar Jesus pela jaqueta e associá-lo ao clube de confiança, em vez de reconhecer que o Reino de Deus já começou a se revelar entre eles no poder e na liberdade do Espírito Santo.

.

Chegou a hora messiânica mas os mestres de Israel são incapazes de reconhecê-lo e - ainda mais embaraçoso - a hora da salvação chegou precisamente nos tempos em que a liberdade de um povo é desafiada pelo Império Romano que ocupa. Uma blasfêmia autêntica para todo israelita devoto!

.

Hoje não perdemos a liberdade por causa de um povo invasor, nos encontramos perdendo para um vírus. Falar sobre sinais dos tempos significa se referir à obra de Jesus no meio de seu povo, significa dizer que Jesus está me salvando agora, nesta época de epidemia, enquanto estávamos em casa tristes e desconsolados, enquanto nos preocupávamos com o futuro de nossos entes queridos.

.

Deus, nestes tempos de coronavírus, ele fala conosco através do sinal eloqüente de seu Filho ressuscitado, não através de outras línguas ou através de punições vingativas. Eu digo isso precisamente para tranquilizar todos aqueles que estão me ouvindo e que correm o risco de trocar essa epidemia como um castigo divino.

.

Tomo emprestado as palavras do Papa João XXIII despertar esperança em nossa vida cristã durante esses dias de exílio forçado do mundo:

.

«Gostamos de confiar muito no divino Salvador. […] que nos exorta a reconhecer os sinais dos tempos ", de modo que "vemos inúmeras pistas entre as trevas, que parecem anunciar melhores tempos para a Igreja e para a humanidade " [CF. A.A.S. 1962, p. 6].

.

Jesus não pressiona os homens a ter curiosidades mórbidas na data de seu retorno à Terra ou no prazo que tiver disponível. Não é apropriado e respeitoso a Deus Pai ver o castigo divino em calamidades temporais, consumir intimamente um sentimento velado de vingança e satisfação em relação a todos aqueles que ainda não se converteram e se opõem a Deus. Esses dias são misteriosos e devem permanecer tão. "Não é para você saber os horários e momentos que o Pai reservou para sua escolha ..." [CF. Em 1,7]. Comente esta passagem dos Atos dos Apóstolos São Jerônimo explica: «Por isso ele mostra que ele [Jesus] Sabe, mas não é apropriado que os apóstolos saibam, de modo a, sempre incerto sobre a vinda do juiz, viver todos os dias como se fossem julgados naquele dia ».

.

Vemos o sinal de que é Cristo, neste momento em que parece que um vírus está no controle de nossas vidas, na nossa fé, sobre nossas tradições religiosas, nós vemos Cristo, hoje que os dias da primeira grande emergência parecem ter passado, todos nós vivíamos tristemente com medo e perplexidade; jogamos fora a água velha, mas procurando água nova, isto é, a água viva do Evangelho, do encontro com Cristo que nos assegura: "O céu ea terra passarão, mas as minhas palavras não passarão " [Cf. Mt 24, 35].

.

Quanto a esse dia e essa hora … não vamos ficar chateados, nós vemos Jesus, somente no encontro de julgamento com seu amor tudo pode adquirir significado, tudo vai finalmente ficar bem.

.

Laconi, 27 Maio 2020

.

.

.

.

.

 

Apoie nosso trabalho comprando os livros das edições The Isle of Patmos

 

 

.

.

.

«Você saberá a verdade, ea verdade vos libertará» [GV 8,32],
mas trazer, difundir e defender a verdade não só de
riscos, mas também os custos. Ajude-nos a apoiar esta ilha
com as suas ofertas através do sistema Paypal seguro:









ou você pode usar a conta bancária:

a pagar a Editions A ilha de Patmos

IBAN TI 74R0503403259000000301118
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ isoladipatmos@gmail.com ]

.

.

.

Avatar

Acerca de isoladipatmos

6 thoughts on "Vendo punição divina no coronavírus? Reflexões sobre o fim dos tempos: medo ou esperança? Quanto a esse dia e essa hora …

  1. Always Matteo 24 ou Luke 21

    1 Enquanto Jesus, fora do templo, Ele saiu, seus discípulos se aproximaram dele para mostrar a construção do templo. 2 Jesus disse-lhes:: «Você vê todas essas coisas? Em verdade vos digo, aqui não ficará pedra sobre pedra que não será arruinada ».
    3 Então sentado no Monte das Oliveiras, seus discípulos se aproximaram dele e, à margem, eles disseram: "Diga-nos quando essas coisas acontecerão, e qual será o sinal da sua vinda e do fim do mundo ".
    4 Jesus respondeu: 'Olha, ninguém te engana; 5 muitos virão em meu nome, provérbio: Eu sou o cristo, e eles enganarão muitos. 6 Você ouvirá sobre guerras e rumores de guerras. Tente não se alarmar; tudo isso precisa acontecer, mas ainda não é o fim. 7 Pessoas se levantarão contra pessoas e reino contra reino; haverá fomes e terremotos em vários lugares; 8 mas tudo isso é apenas o começo das dores. 9 Então eles vão te entregar e te matar, e você será odiado por todos os povos por causa do meu nome. 10 Muitos serão escandalizados, e eles vão trair e se odiar. 11 Muitos falsos profetas se levantarão e enganarão a muitos; 12 porque se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. 13 Mas aquele que perseverar até o fim, será salvo. 14 Enquanto isso, este evangelho do reino será anunciado em todo o mundo, prestar testemunho a todos os povos; e então chegará o fim.
    15 Então, quando você vê a abominação da desolação, dos quais o profeta Daniel falou, fique no lugar sagrado – quem lê entende…

    1. Caro leitor,

      nesta mensagem, não há um comentário no artigo, nem uma pergunta ou pedido de explicações ou esclarecimentos.
      A menos que você acredite que os Pais de A ilha de Patmos, que também receberam da Igreja o mandato de anunciar e pregar o Santo Evangelho para o ministério sagrado que lhes foi conferido, não conhece o santo evangelho.

    2. Eu sei que você conhece o evangelho querido pai
      Eu nunca me permitiria dizer o contrário.
      Eu gostaria apenas do seu comentário sobre esta passagem
      Não estou me referindo ao Covid-19, mas a tudo o que está acontecendo.
      As tribulações começaram….

      Não sou controverso, só quero uma explicação

      1. Permita-me responder-lhe, mesmo que o artigo em questão não seja meu.

        Sugiro que você se conecte à Rádio Maria e ouça a catequese do padre Livio Fanzaga, ele é especialista em falar de catástrofes, punição divina, segredos trêmulos que pairam sobre a humanidade e assim por diante. E, em seguida, incluindo um discurso e outro, ela também fornece seu número de conta bancária, porque o que importa é fazer pagamentos antes que os terríveis dez segredos de Nossa Senhora da Medjugoria sejam revelados.

        De fato, quando estávamos em pleno coronavírus de emergência e em Bérgamo, ele morreu 800 pessoas em um dia, ele não encontrou nada melhor para fazer do que lembrar os anciãos, chegou a uma certa idade, com os problemas que estavam surgindo, eles também poderiam ter pensado na rádio meritória.

        Ele deve recorrer a ele para certas perguntas, não para nós.

        1. ???

          Eu acho querido pai que você é “trocando mentiras por lanternas”o grego “galos para lanternas”
          Eu entendo que a quarentena tem sido difícil para todos
          Cartão pessoal pequeno
          1)nunca seguiu radio maria
          2)Eu não sigo Don Minutella
          3)Eu não acredito em UFO ou terras planas
          4)Eu não sou um sedevancantista
          5)Papa Francisco é o papa legítimo (até prova em contrário)
          6)Não acredito em aparições, a menos que seja aprovado pela Santa Igreja Católica
          7)entre a Santa Imaculada Virgem e São José, sou mais gentil que São José
          8)Fiz a última doação para a ilha

          O pai escreveu no artigo
          Jesus não nos diz durante o dia ou a hora
          Nesta passagem do Evangelho Mateus 24
          Jesus nos exorta a ler os sinais dos tempos(Não sei se está correto. Não sou teólogo nem estudioso.)
          Gostaria apenas de uma análise católica para entender o período que estamos passando(eu gosto de ouvir mais sinos)

          Bom dia vou trabalhar

          1. querido amigo,o período que estamos passando é semelhante a outros momentos ,um católico praticante deve viver todos os dias confiando-se ao Senhor e aproximando-se dos sacramentos para o bem de sua alma!! …..Quem quer interpretar eventos naturais,(epidemia,terremotos) ,como desenhos divinos misteriosos,eles são aqueles que sentem vontade de ouvir coisas novas,eles negam a sã doutrina e se voltam para contos de fadas!!

Deixe uma resposta

seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

 caracteres restantes

Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.