A lei Scalfarotto-Zan sobre transomofobia? Os clérigos puritanos falam uma linguagem falsa que a sociedade não entende mais, Em vez disso, digo palavrões porque sou um padre que evangeliza

- notícias Church -

LEI DE SCALFAROTTO-ZAN SOBRE TRANSOMOFOBIA? PURITAN CLERICALS FALAM UMA MÁ LINGUAGEM QUE A SOCIEDADE JÁ NÃO ENTENDE, DIGO PALAVRAS PORQUE SOU UM SACERDOTE QUE EVANGELIZA

.

Um amigo ativista LGBT brincou: “Se depois da homologação já houver ocorrido na Câmara, esse projeto também passará no Senado da República, Informo que finalmente "seremos" livres para levar na bunda de acordo com a lei. Como se no passado, a lei italiana, tinha evitado, para quem quis e desejou, levar calmamente na bunda ".

.

Autor
Ariel S. Levi Gualdo

.

.Artigo incluído na coleção deste ensaio que você pode solicitar clicando na capa

.

.

.

.

 

«Você saberá a verdade, ea verdade vos libertará» [GV 8,32],
mas trazer, difundir e defender a verdade não só de
riscos, mas também os custos. Ajude-nos a apoiar esta ilha
com as suas ofertas através do sistema Paypal seguro:



ou você pode usar a conta bancária:
.1

a pagar Edições A ilha de Patmos

IBAN TI 74R0503403259000000301118

SWIFT DO CODICE: BAPPIT21D21
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ isoladipatmos@gmail.com ]

.

.

.

.

Acerca de Pai de Ariel

Ariel S. Levi di Gualdo Presbitero e Teologo ( Clique no nome para ler todos os seus artigos )

16 thoughts on "A lei Scalfarotto-Zan sobre transomofobia? Os clérigos puritanos falam uma linguagem falsa que a sociedade não entende mais, Em vez disso, digo palavrões porque sou um padre que evangeliza

  1. Peço desculpas antecipadamente por este comentário.
    Se Deus é (como todos nós acreditamos) o Criador do céu e da terra e de todas as criaturas, incluindo o homem, então conheça o “Operação” (Vou passar a palavra) de todas as criaturas, não é em si uma revelação de Deus ao homem? Em seguida, há décadas, a ciência afirma que a sexualidade não serve apenas para a reprodução, mas também para expressar fisicamente a afetividade.. Conseqüentemente, as práticas sexuais de homossexuais seriam perfeitamente legítimas e absolutamente não imorais. não é assim? Talvez não seja o próprio Criador que está nos dizendo isso? Isso significa que a Sagrada Escritura deve ser interpretada de uma maneira diferente, em particular o sexto mandamento, que, na verdade, às vezes vejo renderizado com “Não cometa adultério” e não como “não cometa atos impuros”. Jesus Cristo não disse “não existem coisas impuras, mas é o coração do homem que torna as coisas impuras”?

  2. Esta situação política deriva muito dos pecados de nossos predecessores.
    O fato de o papado nada dizer sobre frogi satisfaz a necessária prudência com respeito a Mateus 23 “E você diz: -Se tivéssemos vivido no tempo de nossos pais, não teríamos nos associado a eles no assassinato dos profetas-. Então dizendo, você testemunha contra si mesmo, que vocês são filhos daqueles que mataram os profetas! Você preenche a medida de seus pais! ” desde que o papado fez uso extensivo de castrati na capela Sistina em violação dos cânones ( do qual ninguém deu a mínima já que os exemplos a serem aduzidos sobre vários temas são múltiplos e uma simples praxeologia do poder será notada em vários campos ) tão bem então!
    E’ uma piada de certa forma, C BDI…mas também uma repreensão aberta contra aqueles que politizam a fé e esquecem as falhas de seus antecessores ( quais eles são…Pio X que ataca os inovadores ao destruir o breviário tradicional para “consertá-lo” a partir dos problemas que tinha no local, ele criou um desastre litúrgico e então abriu as portas para reformadores de cada resma ) : esta é uma batalha da lei natural e é isso.
    Direito, obediente, mas impiedoso permanece o julgamento daqueles que todas as trocas colocam a fé nele como se fosse uma ideologia , uma associação, un'estetica , embora seja desde a época romana que nossos pais e mães nunca fizeram reivindicações religiosas em um mundo talvez menos degenerado, mas tão pagão e idólatra.
    Bah. No entanto, veremos quem será bem disposto e quem permanecerá o canalha de sempre.

    cumprimentos

  3. Que tal…
    Como no tênis… jogos, jogos, reunião!

    Obrigado Padre Ariel pelo seu trabalho

  4. Boa noite padre Ariel. Uma questão. Segundo ela, como os muçulmanos europeus se comportarão?
    Estou perguntando isso porque um cliente sírio meu que estudou e trabalhou na Alemanha por mais 20 anos, uma noite, durante um jantar em Aleppo, muitos anos atrás, ele me disse (eles sempre falam sobre política e religião fora do trabalho) do que eles, os bons muçulmanos, relativamente à Europa, eles estavam simplesmente esperando a passagem de nossos corpos pelo rio. Nossa civilização estava praticamente acabada . Isto no 2005.

  5. Pai Ariel Caro,

    fique calmo, um político conhecido diria a ela.
    Na verdade, nossos bispos não sabem apenas como dizer popò e Billy bobo mas, usando a virtude da prudência (virtude não é à toa chamada cardeal), eles já tomaram medidas para não ter que colocá-la muito em conflito com o Abençoado Paulo ou ter que escrevê-lo como um conhecido “moralista de mesa” legalista e integrista.

    Na verdade, no que antes era a terra de Sant'Ambrogio e San Carlo Borromeo, eles seguiram em frente com seu trabalho e, com a conhecida eficiência milanesa, já colocaram a mão em “Palavra de Deus”, por exemplo, removendo cuidadosa e misericordiosamente os versos do Lecionário 26 e 27 do capítulo 1 da Carta aos Romanos.

    Quais versos, de fato, eles se chocaram um pouco não só com a nova lei Scalfarotto-Zan, mas também com muita exegese bíblica, por exemplo, no vergonhoso fim de Sodoma.

    Portanto, Pai caro Ariel, ele não deveria querer antagonizar o beato Paulo – por causa de alguns de seus (Quero dizer por Paolo) iniciativas não está claro o quanto autorizado – peça hospitalidade na terra ambrosiana.
    Ele será recebido de braços abertos porque, e para, “Milan al ga el coeur em homem“.

    Bom advento por enquanto, que começa conosco já no próximo domingo (Eu disse a ele não, que aqui você não fica parado? ?

  6. Que Deus proteja verdadeiros padres como você, Padre Ariel, que defendem a sã doutrina católica. Ela é um guia seguro para as almas. Louvado seja Jesus Cristo

  7. …Ha..ha..ha.. Pai de Ariel, eu ainda estou rindo… Devemos falar claramente como ela fez. Vittorio Sgarbi ficará feliz em ler o que você escreveu aqui, sem meios termos “politicamente correto”que só servem para esconder a verdade. A verdade é que grande parte da classe política é homossexual e por isso os desenhos aberrantes que você postou aqui (Obrigado) eles são apenas o começo… propaganda LGBTQI em massa continuará (e quem tiver mais letras, coloque mais) em favor do diferente. E, portanto, porque nós somos governados pela classe política majoritária, qualquer minoria política está destinada a perder. A lei Zan-Scalfarotto é certamente uma lei da mordaça. É visto e considerado que crentes ou não crentes, Cristão ou não cristão, em suma, toda pessoa é corrupta, ela é uma pecadora, segue-se que apenas alguns não aceitarão essas mudanças. A atual cúpula clerical está em escândalo porque é inadmissível promover “ficar com dois pés em um sapato” , no sentido de que, quem está interessado em permanecer na Igreja deve seguir a doutrina católica, e a doutrina não muda, quem se importa e quer se divertir fazendo o que passa pela cabeça, no que me diz respeito, ele pode permanecer com segurança fora da Igreja. Isso eu digo que não sou um bom cristão, mas estou tão lúcido e honesto que entendo. Você não pode pegar tudo, você não pode levar tudo! Dentro ou fora! Coloro che lo vogliono prendere dentro sono pregati di starsene fuori 🙂

    1. Caro Vittorio,

      Eu mantenho esta peça do Cardeal Giacomo Biffi de lado, apenas no caso de algum nova entrada da Conferência Episcopal Italiana torçam o nariz e convidem aqueles que exercem autoridade canônica legítima sobre mim a me obrigar a não jurar.

      Na verdade, a vulgaridade não é minha, que eu fiz uma piada sobre pegue na bunda, vulgar, na verdade, muito vulgar é o cardeal Matteo Maria Zuppi, que se atreveu a sentar-se a uma mesa para debater em público com Niki Vendola, que “casado” com um homem e que comprou um bebê encomendado de um útero alugado. Estes são os autênticos vulgares, não eu isso em um discurso impecável, também e acima de tudo no nível teológico, Eu faço a piada que se esta lei for aprovada:

      «[…] seremos livres para levar na bunda de acordo com a lei. Quase como se no passado, a lei, jamais impediu alguém de levar na bunda ".

      Se alguém ousasse se agarrar a uma expressão literária e provocativa, para não responder sobre os méritos do silêncio amedrontador, ou os meios suspiros do nosso episcopado fraco misericordista e includentista, enquanto houver um sério risco de que esta lei liberticida seja aprovada, Eu garanto que tornarei o inferno público, com qualquer clérigo que ousou ser um fariseu que segue a palavra, a fim de escapar da responsabilidade do horrível conteúdo verdadeiro do meu artigo.

      Não é uma ameaça, é apenas uma declaração real de “guerra preventiva”.

      1. Deus deve ajudar seu pai, ele deve ajudá-la, com razão, Deus certamente vai te ajudar. Infelizmente, vimos, no entanto, que aqueles que discordam e não cumprem o “Nova Igreja” está afastado, excomungada, em suma, ele é atingido duramente. Falar sobre essas questões pode desencadear a ira clerical do “Nova igreja sexy e politicamente correta”. Infelizmente, existe esse risco, isso deve ser levado em consideração. Aqui, você nomeou o cardeal Zuppi um dos favoritos do Papa Francisco (Estou ciente de que Enzo Bianchi também estava, no entanto). Na minha opinião, os sacerdotes que certamente continuarão a pontilhar os i's, mais cedo ou mais tarde eles serão forçados a deixar a Igreja, porque a Igreja se transformará cada vez mais apesar da doutrina, apesar do verdadeiro Evangelho, os verdadeiros sacerdotes serão necessariamente forçados a se tornarem todos deuses ” alias don Minutella 🙂 Laudetur Iesus Christus e Ave Maria.

      2. O vídeo do cartão. Seria melhor para Biffi salvá-lo em algum lugar, porque não vejo um grande futuro no YouTube…

  8. Pai de Ariel, a maioria dos padres, quando você lê a passagem que você citou, vai voar sobre, outros dirão que São Paulo não tinha nosso conhecimento científico, não poucos vão atacar. Se as hierarquias estão em silêncio agora, por que elas deveriam falar mais tarde se não para dizer que devemos obedecer às disposições da lei. A lei vai passar e a católica Mattarella vai assiná-la.

    1. Como outros católicos, eles assinaram leis pró-divórcio e pró-aborto!

Os comentários estão fechados