Antonio Livi: «Enzo Bianchi, “o humanista de ateu” jogar fora a máscara»

ANTONIO Livi: «ENZO BIANCHI, L’HUMANISTA ATEU JOGUE A MÁSCARA »

 

[…] Bianchi, sempre se comportou como Bruno Forte, Gianfranco Ravasi e muitos outros que enfrentou minhas críticas teológicas [CF. meu tratado sobre Teologia verdadeira e falsa] eles nem mesmo tentam refutá-los, mas se contentam em me mostrar com orgulho suas insígnias episcopais ou cardeais. Eu só tenho que rezar, enquanto eu continuo a aconselhar a todos que não tomem para magistério o que absolutamente não é um magistério.

 

Autor da Ilha de Patmos Editorial
Autor
Redação
Ilha de Patmos

 

 

verdadeira e falsa teologia
A obra de Antonio Livi: Teologia verdadeira e falsa, é publicado pela Editora Leonardo da Vinci [veja Quem, Quem]

Recomendamos leitores Dell’Ilha de Patmos lendo este artigo de Antonio Livi publicado em O New Compass Diário [veja Quem].

Antonio Livi foi um dos membros fundadores da nossa revista online com a qual há alguns meses já não colabora. Em breve corrigiremos a página de “Editors” onde o cartão dele ainda aparece, enquanto o nome dele, com nosso prazer e honra, sempre vai ficar pagina inicial inicial como um lembrete perene desta experiência feliz nascida de nosso entendimento comum.

Escolha de postagem de Antonio Livi nunca afetou a fraternidade sacerdotal que nos une e a sincera estima por ele dos Padres de’Ilha de Patmos, que in toto compartilhe o conteúdo deste seu artigo e que continuará a apoiá-lo nesta e em outras suas batalhas baseadas na salvaguarda do dogma e da doutrina católica. Não Aleatório, em pouco tempo, os três membros fundadores da’Ilha de Patmos todos os três se reunirão como palestrantes em uma conferência de estudo.

 

Conferência de roma 30 Outubro 2015

Acerca de Redação

La Redazione de L'Isola di Patmos Articoli Redazionali ( Clique no nome para ler todos os artigos )

2 thoughts on "Antonio Livi: «Enzo Bianchi, “o humanista de ateu” jogar fora a máscara»

  1. Rotação. Pai de Ariel,
    aqui eles são sempre revisados ​​por S. Cecotti :
    o livro de S. Rapazes, Para. Livi, E. I . Radaelli, Dogma e cuidado pastoral. A hermenêutica do Magistério do Vaticano II ao Sínodo da família, editado por Antonio Livi, Casa publicando de Leonardo da Vinci, Roma 2015, PP. 214, Euro 20.
    http://www.vanthuanobservatory.org/scaffale/archivio-libro.php?lang=it&id=295
    e o livro de A. Di Cillo Pagotto, R. F . Vasa, Para. Schneider, Opção preferencial para a família. Cem perguntas e cem respostas em torno do Sínodo, prefácio de cartão. Jorge A. Medina Estévez, Edições de Suplicação Subsidiária, Roma 2015, PP. 61.
    http://www.vanthuanobservatory.org/scaffale/libro-settimana.php?lang=it

  2. O Arcebispo Luigi Bressan abriu e encerrou os trabalhos da Assembleia diocesana: “O ano pastoral – ele começou - ele pede a conversão de nós mesmos. Devemos aprofundar nossa fé para nos tornar um presente para os outros. As peregrinações são boas, mas as obras de misericórdia são necessárias, corporal e espiritual ". Bressan citou os lares de idosos como lugares para "traduzir" o jubileu da misericórdia, centros para idosos e deficientes, situações de sofrimento psicológico ". E não deixou de recordar o compromisso das comunidades paroquiais com os refugiados, coordenado com a Província: "Todos se sentem envolvidos em receber bem".

    http://www.webdiocesi.chiesacattolica.it/pls/cci_dioc_new/bd_edit_doc_dioc.edit_documento?p_id=950940&id_pagina=&rifi=&rifp=&vis=1
    o teor do artigo sobre:
    http://www.ladige.it/news/cronaca/2015/09/21/priore-bose-stato-riconosca-unioni-gay

    Depois de uma palestra inteiramente dedicada ao valor cristão da misericórdia, o “religiosos” aproveitou as perguntas feitas pelos ouvintes para falar sobre tópicos altamente atuais, como família e divórcio, homossexualidade e união de casais do mesmo sexo…

Os comentários estão fechados