LIVROS DE NATAL - Dois novos romances da série de ficção de A Ilha de Patmos: "A nova terra" e "Nonna não contava contos de fadas"

- edições Book Shop da ilha de Patmos -

LIVROS DE NATAL - DOIS NOVOS NOVOS NO NARRATIVA DE NECKLACE Ilha de Patmos: "A NOVA TERRA" E "AVÓ NÃO CONTAU OS CONTOS"

Às portas do Natal, as Edições L'Isola di Patmos oferecem aos leitores duas valiosas e edificantes obras de ficção de Emilio Biagini e Maria Antonietta Novara.

.

Autor:
Jorge Facio Lince
Presidente da Editions A ilha de Patmos

.

.

Emilio Biagini (Genoa 1941), ex-professor de geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Cagliari, ele é o autor de várias obras de não ficção e mais de cem artigos científicos. Ele passou longos períodos de estudo nos Estados Unidos, na Índia, na África do Sul, na Grã-Bretanha e Irlanda. Mas sua vocação sempre foi a literária. Ele publicou três romances: A luz (2006), Labirinto escuro (2008), A chuva de fogo (2012, com sua esposa Marie Antoinette co-autora), O gramado alto. História fictícia da Áustria (2019-2020, também com sua esposa, Marie Antoinette, co-autora), dois volumes de contos O homem ouvindoou (2008), Montallegro e outras histórias (2013) e vários volumes de quartos teatrais satíricos.

No limiar do Natal O Edições A ilha de Patmos eles oferecem aos leitores duas valiosas obras de ficção.

.

A nova terra, romance de Emilio Biagini, é uma viagem cheia de charme que começa na África do Sul e se concretiza com a narração magistral da vida e da história dos dois personagens principais, passando do antigo continente africano para o antigo e nem sempre acolhedor continente europeu.

Entre essas linhas, o drama de’apartheid não é narrado por um ensaísta ou cientista sócio-político, mas da vida vivida e da fé de duas figuras destinadas a deixar uma marca indelével no leitor.

… Além do tempo, a verdadeira realidade existe, onde o ridículo e amaldiçoado príncipe deste mundo, que quanto melhor ele consegue operar, mais tolos acreditam que ele não existe, não tem mais nenhum poder. Porque todas as coisas do passado não existem mais, onde a nova terra começa. Lá todas as lágrimas secam e todas as dúvidas e misérias apagadas para sempre.

.

.

Vovó não contava contos de fadas, romance de Maria Antonietta Novara Biagini, começa a partir de cenários do final do século XIX e início do século XX e, em seguida, leva o leitor para o mundo contemporâneo. O autor, com linguagem simples e direta, com habilidades de narrativa convincentes, retrai na memória uma sucessão detalhada e articulada de pinturas familiares vividas na antiga Gênova e nas cidades costeiras próximas, a ponto de fazê-los captar suas atmosferas animadas, seus velhos becos e os sentimentos de seu povo. Um século de memórias, de fato, de encontros ocasionais, de circunstâncias felizes e episódios trágicos que afetaram numerosos membros da família ao longo dos anos - alegrias, sofrimentos e dores de que a avó foi protagonista e testemunha -- vicissitudes pessoais e familiares fortemente interligadas aos eventos históricos italianos do século XX.

.

.

Maria antonietta novara biagini, genovês, depois de se formar no ensino médio clássico no Instituto das Irmãs da Assunção, ela se matriculou na Faculdade de Direito, sem alcançar o grau, preferindo cuidar de sua família, em vez de deixá-lo nas mãos de "tropas mercenárias". Isso permitiu que ela pudesse se dedicar a muitos interesses culturais, viajar por várias partes do mundo e ao mesmo tempo aprofundar uma sólida e contra-corrente formação católica. Ela é casada com o Prof. Emilio Biagini, autor de várias publicações. Ele publicou o volume de contos A árvore sagrada (2010), junto com seu marido o romance A chuva de fogo (2012) e um volume de sátira clerical (2014), composto de histórias e atos pontuais e ilustrado pela pintora Elena Pongiglione [cobertura: óleo sobre tela, obra romana do pintor Anna Boschini – Vitarte Studio].

Uma avó, o narrado pelo autor, quem não contou contos de fadas, como se pode acreditar.

.

.

.

.

.

Os livros estão sendo distribuídos, você pode comprá-los diretamente em nossa loja e recebê-los em sua casa no 72 horas sem qualquer postagem clicando abaixo:

.

LOJA BIBLIOTECA, Quem

.

ou encomendá-lo diretamente para Edizioni A ilha de Patmos: [email protected]

e recebê-lo em 5 passar dias sem que nenhum lugar

.

Próximas publicações saindo:

.

narrativa:

O CAMINHO DAS TRÊS CHAVES, Ariel S. Levi Gualdo

não-ficção:

Atos e crimes apóstatas, Esther Maria Led

 

 

.

 

.

.

«Você saberá a verdade, ea verdade vos libertará» [GV 8,32],
mas trazer, difundir e defender a verdade não só de
riscos, mas também os custos. Ajude-nos a apoiar esta ilha
com as suas ofertas através do sistema Paypal seguro:









ou você pode usar a conta bancária:

a pagar a Editions A ilha de Patmos

IBAN TI 74R0503403259000000301118
neste caso, envie-nos um aviso de e-mail, porque o banco
Ele não fornece o seu e-mail e nós não poderíamos enviar-lhe um
ação de graças [ [email protected] ]




Avatar

Acerca de isoladipatmos

Deixe uma resposta

seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

 caracteres restantes

Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.